A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
15 de outubro de 2019
Anuncie Aqui
9028-->
Fomento ao turismo

Modalidade 'pesque e solte' resulta em imagens incríveis nos rios da região

Nesta segunda-feira, a imagem de um surubim de 50kg encantou os leitores do O Pantaneiro

26 SET 2019 - 19h02min
Redação

Nesta terça-feira (24) matéria do jornal O Pantaneiro chamou a atenção de milhares de leitores para mais um registro emocionante da pesca de um surubim de 50 kg. O peixe, que media cerca de 1 metro e meio de comprimento, tirou o fôlego dos amigos pescadores Rafael de Simone e Gabriel Simone, que estavam acompanhados pelo guia de pesca Rafael Paiatax.

Imediatamente após a publicação da reportagem, diversos leitores entraram em contato com a nossa redação para saber mais sobre esse feito que aconteceu no rio Miranda, mais precisamente no Passo da Ariranha, na última segunda-feira (23).

Como foi o encontro com o surubim gigante?

Segundo os pescadores, o trio estava à procura da pesca do peixe dourado. Os amigos ficaram espantados ao perceber que haviam pescado outra espécie de peixe. “Entrou esse surubim no meio”, conta Rafael Paiatax.

Qual tipo de isca foi usada?

Conversamos com o guia de pesca, Rafael Paiatax, para saber qual tipo de isca foi utilizada nesta modalidade pesca esportiva. “Usamos uma isca artificial Rapala Magnum”, descreveu o guia. Por ser rígida, ela é a primeira indicação de isca para utilizar em águas salgadas, já que possui velocidade de afundamento controlada, perfeita para pesca de peixes em suspensão ou quando há algas e enroscos no local.

Entretanto, os pescadores a utilizam efetivamente também para pesca de peixes de águas doces, como foi o caso da pesca deste surubim, já que permite a velocidade de afundamento controlada em profundidades mais consistentes.

Exemplar gigante de surubim, foi devolvido ao rio. Foto: arquivo pessoal

O peixe foi solto?

Após o registro magnífico, o exemplar de 50 quilos foi devolvido à natureza. A modalidade de pesca esportiva se enquadra dentro da pesca amadora. Por conta da legislação vigente que assegura a manutenção do ecossistema e impede a captura irrestrita de peixes dos rios do Brasil, o esporte se tornou o segundo mais praticado em todo o país, perdendo apenas para o futebol, segundo dados da Associação Nacional de Ecologia e Pesca Esportiva (ANEPE).

A captura do dourado está proibida em Mato Grosso do Sul. Há problema se pescá-lo e soltá-lo novamente?

Os personagens da nossa matéria estavam em busca da pesca do dourado, quando tiveram o encontro inesperado com o surubim. Mas a pesca esportiva do dourado é, de fato, permitida? No dia 11 de janeiro deste ano, o governador Reinaldo Azambuja sancionou a Lei que proíbe a captura do dourado por 5 anos, em vigor a partir da data da publicação oficial. O texto de Lei, de autoria do deputado Beto Pereira (PSDB), deixa claro que é proibida a captura, embarque, transporte, comercialização, processamento e industrialização da espécie Salminus brisiliensis ou Salminus maxillosus, conhecido como dourado.

Entretanto, a pesca esportiva dessa espécie foi liberada. Por se tratar de peixe bastante procurado pelos praticantes dessa modalidade, a Lei prevê a autorização para pesca-lo e soltá-lo. Além de contribuir para a manutenção da espécie, a autorização ainda incentiva o turismo ecológico dos pesqueiros nos rios do estado.

Pescadores esportivos procuravam o Dourado (acima) quando se depararam com surubim de 50kg. Imagem: divulgação Governo de MS

Mesmo na modalidade esportiva, a pesca do peixe não machuca o animal?

De acordo com estudos realizados pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente – Ibama/CPTA, em pelo menos 90% dos casos, os peixes soltos após a captura já estão totalmente recuperados dos ferimentos causados pela pesca.

Conforme publicação do portal Pesca Amadora, o estudo aponta ainda que, apesar das ocorrências em uma pescaria serem as mais imprevisíveis, quando o peixe é manuseado de forma a provocar um mínimo de agressão, a sua recuperação é mais rápida e, após a liberação, ele terá melhores condições para se defender contra os agressores com quem convive no mesmo ambiente.

A modalidade é capaz de desenvolver ainda mais o turismo local?

Pelo fato da região de Aquidauana e Miranda possuir rios com espécimes de peixes muito procurados por turista oriundos de diversas partes do país, a pesca esportiva proporciona uma experiência singular com a natureza local, promove a sua continuidade, gera emprego, renda e riqueza. Especialistas dão dicas sobre como começar essa modalidade que rendem registros fotográficos impressionantes e faz valer a verdade, deixando cair por terra as famosas e satirizadas “histórias de pescador”.

Rubens de Almeida Prado, o Rubinho do programa Pescaventura, dá, a seguir, alguns exemplos sobre como proceder quando for pescar.

  • Evitar brigas muito longas com o peixe.
  • Deixar o peixe descansar antes de embarcá-lo
  • Manter o peixe pouco tempo fora da água.
  • Nunca colocar a mão nas brânquias.
  • Não envolver o peixe com panos ou abraçá-lo para não retirar o muco.
  • Procurar pegar no peixe sempre com as mãos molhadas.
  • Deixar o peixe descansar antes da soltura.
  • Procurar um local de águas calmas e seguras para soltar o peixe.
  • Eliminar a farpa do anzol.
  • Evitar colocar peixes grandes em cima do barco.
  • Equilibrar o equipamento de pesca para não estressar o peixe.
  • Manter o peixe o menos possível na posição vertical, pois seus órgãos internos sofrem compressão.
  • Não deixar o peixe cair de suas mãos, entre outros.

 

*Com informações do portal Pesca Amadora

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Por ciúmes, homem dá soco no rosto da esposa durante a festa Pantanetta

2
Miranda

Vídeo: Pescador salva onça que ficou presa em anzol de galho no rio Miranda

3
Anastácio

Acidente deixa motociclista em estado grave, com possibilidade de amputação do pé

4
Aquidauana

Jovem é espancado por 10 rapazes em baile na Aldeia Água Branca

Vídeos

Bolivianos que levavam 15,9 quilos de cocaína em veículo são presos em Miranda

Eleição de Miranda

Empresário de 31 anos pesca Surubim de mais de 40 kg no Rio Miranda

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min22 max30

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min22 max30

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,33m
Miranda
1,75m
Paraguai
2,05m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Preciso...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: SER PROFESSOR (2)

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Em Harmonia Com a Vida

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Supermercados

Mercearia e Bar Toquinho

Marechal Mallet, 914 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-5525
Escolas Municipais

Escola Municipal Indígena Pólo Lutuma Dias

Aldeia Limão Verde, Aldeia Limão Verde - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Auto Escolas

Auto Escola Ativa

Rua Theodoro Rondon, 595 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-8282
Ver Mais
508110733