A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
26 de Junho de 2017
Anuncie Aqui
8463

Estuprada e ameaçada adolescente mata o Pai

10 FEV 2017 - 01h00min
Da Redação
Depois de violentar a filha, de apenas 14 anos, e ser flagrado pela esposa, um homem de 34 anos, residente em na zona rural de Tarauacá, distante 400 km de Rio Branco, no Acre, foi morto com um tiro de espingarda pela vítima. Segundo a menina, ao ser flagrado o pai disse que mataria todos, dentro da casa, para não deixar testemunha do estupro. Se apossando de uma arma que existia na residência, que fica na zona rural do município, ela reagiu a ameaça.  Desde os 12 anos ela estaria sendo abusada.

Segundo dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), órgão do Ministério da Saúde, mais de metade das vítimas de estupro no Brasil são menores de 13 anos. Elas representam 50,7 %, seguindo-se os adolescentes (14 a 17 anos) que representam 19,4 % e os adultos (acima de 18 anos), 29,9%. Quase metade dos estupros acontecem dentro de casa.

No caso da adolescente acreana, ela relatou a Policia que ?estava cansada de sofrer ameaças do pai?. Quase sempre a alegação era de que ?se ela não cedesse, todos da família seriam mortos?. Conforme a Policia Militar, que atendeu a ocorrência, a menor agiu em legítima defesa e não deve ficar em algum tipo de instituição correcional.  ?Mas ela vai precisar de acompanhamento psicológico. Vamos dar toda assistência!?, afirmou o presidente do Conselho Tutelar de Tarauacá, José Carlos Bezerra.

Veja também

Mais Lidas

Vídeos

Sepultamento de Sophia Rondon

Uno estoura pneu e capota com cinco pessoas a caminho do INSS

Veículo pega fogo no Centro de Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,14m
Miranda
3,99m
Paraguai
4,75m

Colunas e Blogs

Manoel Afonso

2018: Internet versus currais eleitorais

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: REVIRAVOLTAS

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

DIA 10 DE JUNHO...DIA DA LÍNGUA PORTUGUESA

Ver Mais Colunas
481710683