A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
25 de Março de 2017
Anuncie Aqui
8214

Adolescente de 16 anos confessa ter matado ex-amigo em tabacaria

Desentendimento entre grupo teria motivado o crime

20 JAN 2017 - 09h36min
Midiamax
Um adolescente de 16 anos confessou na manhã desta quinta-feira (19) ter assassinado Luciano Miguel de Jesus, de 20 anos, em uma tabacaria no Bairro Estrela D'Alva, na madrugada desta quinta. Conforme explicou a delegada da Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude) Aline Gonçalves Sinnott Lopes, ele apresentou-se na delegacia de forma espontânea, junto com a família e com o advogado.
 
Aline explicou a história que teria, supostamente, motivado o crime. O adolescente integrava um grupo de amigos, do qual faziam parte Luciano e Weslley Ribeiro Estigarrivio, de 20 anos - que também foi ferido pelos disparos -. O que relatou a titular da Deaij, é que teria se desentendido com um dos rapazes do grupo, após este 'cantar' a irmã dele, que estava grávida e casada. A briga, então, teria 'dividido' o grupo.
 
O adolescente também afirmou à delegada, conforme explicou Aline, que ele e a família começaram a ser ameaçados pelo grupo. Em fevereiro de 2016, de acordo com a delegada, o cunhado do adolescente foi assassinado no Jardim Parati, na Rua da Divisão. Com as ameaças, o adolescente teria mudado de bairro, e, posteriormente, foi embora de Campo Grande para viver em São Paulo. As informações são do depoimento prestado à delegada.
 
Na terça-feira, voltou a Campo Grande, de acordo com o que explicou à titular da Deaij, e foi visitar amigos que vivem no bairro, e o grupo, então, foi até a tabacaria. No local, ele relatou a delegada que encontrou Luciano e Wesley, que teriam simulado estarem armados. Foi neste momento - de acordo com o depoimento relatado - que ele teria realizado os disparos com uma arma calibre 38, assassinando Luciano e ferindo Wesley. Ele fugiu em seguida. O revolver foi adquirido por ele, de acordo com o depoimento, em Campo Grande, de um desconhecido, pelo valor de R$ 2 mil.
 
O caso ainda é investigado pela Deaij, que já encaminhou o inquérito para o MPE (Ministério Público Estadual). A delegada explicou - conforme estabelece o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) -, que, como o adolescente não tinha antecedentes e apresentou-se de forma espontânea, entregando a arma, ele acompanhará o processo em liberdade. Os pais assinaram um termo de responsabilidade.
 
Entenda o caso
 
Segundo informações do proprietário do estabelecimento, por volta da meia noite um homem desconhecido chegou ao local e ao entrar sacou um revólver e passou a efetuar disparos na direção de Luciano, que foi atingido por dois disparos nas costas, um na nuca e por outro no ombro.
 
Outro jovem que estava na tabacaria também foi ferido a tiros no abdômen, sendo socorrido e levado para a Santa Casa da Capital. Ele disse aos policiais conhecer o autor dos disparos, mas não soube dizer o motivo do crime. Cinco pessoas estavam no local no momento do assassinato e devem ser ouvidas pela polícia.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Mulher descobre traição, marca encontro com amante do marido e é agredida

2
Policial

Jovem tem o celular furtado depois de parar no semáforo em Anastácio

3
Policial

'Tarado gemedor' troca de carro e ataca de novo

4
Policial

PM prende ladrões que furtavam casas e lojas em Aquidauana e Anastácio

Vídeos

Criança ainda está desaparecida nas águas do Aquidauana

Incêndio em residência em Anastácio

Lançamento de Obras em Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,46m
Miranda
2,38m
Paraguai
2,30m
Rio Cuiabá
3,72m
Rio Taquari
4,10m

Colunas e Blogs

Manoel Afonso

PMDB-PSDB, mais afinidades do que diferenças

Raquel Anderson

Embalando o presente

Rosildo Barcellos

Cromossomos Felizes

Ver Mais Colunas
472810575