Nível do Rio Aquidauana diminui para 9,40 metros

Marca está seis metros acima do normal. Exército reforça ações no trabalho de retirada de ribeirinhos.

08/04/2013 17:40


O nível do Rio Aquidauana diminuiu um pouco no final da tarde desta segunda-feira (08), quando a régua de medição instalada na região da Ponte Velha marcou 9,4 metros. A marca está seis metros acima do nível considerado normal para esta época do ano.
 
Até o momento, 41 famílias ribeirinhas foram encaminhadas a casas de familiares e amigos ou ao ginásio poliesportivo de Aquidauana, onde recebem suporte da Gerência de Desenvolvimento Social e Economia Solidária.
 
O trabalho de remoção de pessoas e bens é feito pelo 1º Subgrupamento de Bombeiros de Aquidauana. O 9º Batalhão de Engenharia de Combate foi acionado para reforçar as ações e auxiliar no trabalho de retirada dos ribeirinhos.
 
O trânsito da Ponte Nova está liberado apenas para caminhonetes, caminhões e ônibus. Carros pequenos, motos, bicicletas e pedestres devem utilizar a Ponte Velha.
 
Em Aquidauana, reunião realizada nesta segunda-feira, no gabinete do prefeito Zé Henrique, contou com a presença do comandante do Corpo de Bombeiros e representante da Defesa Civil do município, major Claudiney Quintana, do deputado estadual Felipe Orro e das equipes das Gerências de Obras, Saúde e Desenvolvimento Social. O objetivo foi discutir medidas emergenciais para os estragos provocados pela enchente.
 
A Prefeitura de Anastácio suspendeu, por tempo indeterminado, as aulas nas escolas municipais da zona rural. As chuvas constantes deixaram as estradas vicinais intransitáveis, impedindo o acesso dos ônibus que transportam os alunos.
 
O Corpo de Bombeiros prossegue com o trabalho de procura dos corpos das duas mulheres que pularam no Rio Aquidauana, na região da Ponte Nova. O nível do rio e a velocidade das águas dificultam bastante o trabalho da equipe de buscas.

redação / Aníbal Placêncio