Geral

PM aceita proposta do Governo e anuncia fim do aquartelamento

Categoria garantiu a realização de Cursos de Formação de Soldados e de Cabos

23/05/2013 06:55


Policiais Militares anunciaram na tarde de ontem (22) o fim do aquartelamento após aceitar a proposta do Governo do Estado de reajuste e a promessa de não punir os que participaram das manifestações. A decisão aconteceu durante reunião realizada na porta da Assembleia Legislativa. Após muitas discussões, os servidores militares decidiram, por maioria, aceitar o índice de reajuste salarial. Conforme a nova tabela, um soldado em início de carreira vai receber 11% de aumento, enquanto, o de nível II, terá 10% este ano.

Antes de subirem para a Casa de Leis, os policiais se reuniram na Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) para discutir a contraproposta feita pelo Governo no dia anterior. Dentre o que Puccinelli ofereceu, os policiais conseguiram que o bônus salarial de R$ 100,00, que aumentou em 4% o reajuste, fosse ampliado para os policiais administrativos. A oferta inicial era de que apenas os policiais de atividade afim recebessem.

Desta forma, os policiais conseguiram 7% de reajuste para este ano, 8% para maio do ano que vem e 20% para dezembro de 2014 para os soldados. Para os cabos, são 7% este ano, 9% para maio do ano que vem e 13% para dezembro.
A categoria também conseguiu a garantia da realização de Cursos de Formação de Soldados e de Cabos e Cursos de Habilitação de Oficiais e Assistentes.
 
Veja os valores aprovados pela Assembleia da categoria:
 
Soldado da ativa
Maio/2013: 11%
Maio/2014: 14%
Dezembro/2014: 22%
 
Soldado da reserva
Maio/2013: 7%
Maio/2014: 10%
Dezembro/2014: 18%
 
Cabo da ativa
Maio/2013: 9,6%
Maio/2014: 11,6%
Dezembro/2014: 15,6%
 
Cabo da reserva
Maio/2013: 7%
Maio/2014: 9%
Dezembro/2014: 13%
 
Sargentos e subtenentes/ativa e reserva
Maio/2013: 7%
Maio/2014: 8%
Dezembro/2014: 12%
 
CFS - tempo de serviço - 105 vagas
CFS - mérito intelectual/antiguidade - 150 vagas
Choa - autorizado - 60 vagas
CFC - junho 2013: 200 vagas
CFS - músico: 10 vagas
CFC - músico: 1 vaga

redação