Política

Prefeito e vice de Aquidauana são cassados; cidade pode ter novas eleições

Zé Henrique foi convocado para assumir a Prefeitura no lugar de Fauzi Suleiman, que perdeu o mandato

11/06/2013 19:58


O prefeito e o vice-prefeito de Aquidauana, José Henrique Trindade (PDT) e Sebastião Souza Alves (PP), tiveram seus diplomas cassados pela Justiça Eleitoral de Aquidauana. A denúncia acatada pelo juiz José de Andrade Neto é de que eles utilizaram indevidamente os serviços de funcionários do gabinete do deputado estadual Felipe Orro (PDT).

Com a cassação dos dois, a cidade poderá ter nova eleição ainda neste ano, já que Zé Henrique, segundo colocado no pleito eleitoral de 2012, foi convocado para assumir a Prefeitura de Aquidauana no lugar de Fauzi Suleiman (PMDB), que foi o candidato mais votado e perdeu o mandato por usar o site da prefeitura para fazer campanha eleitoral.

Conforme a denúncia protocolada em dezembro de 2012 pelo Ministério Público, Zé Henrique e Tião Sereia são acusados de utilizarem indevidamente os serviços de funcionários do gabinete do deputado estadual Felipe Orro (PDT). Ambos, junto com o deputado, também foram condenados a pagarem multa no valor de R$ 53.250,00.

Outro lado

O advogado do prefeito, Antônio Trindade, disse que os cassados ainda não tiveram acesso ao processo e, portanto, não vão se pronunciar. ?Por enquanto eles continuam no cargo, vamos entrar com recurso e ver os detalhes da sentença antes de se pronunciar?, afirmou. (Com informações do Jornal Midiamax)

redação / Aníbal Placêncio