Cultura

Sanfona, forró, rock e alegria no Arraiau Au Au do Abrigo dos Bichos

Ingressos custam somente R$ 3,00.

25/07/2013 11:27


Não é exagero dizer que ela cresceu com uma sanfona nos braços. Aos seis anos, Lenilde Ramos começou a estudar o instrumento que seria a paixão de sua vida. Participante ativa de todos os acontecimentos culturais desde os festivais de 68, a cantora, compositora e instrumentista é um das raras sanfoneiras no universo musical brasileiro e sul-mato-grossense. A bagagem musical, onde cabem tantas influências e estilos, Lenilde Ramos leva para o 2o Arraiau Au Au que o Abrigo dos Bichos promove no próximo sábado, 27 de julho, a partir das 18h no Sindicato Rural de Campo Grande ? rua Raul Rosa Pires, 116, Chácara Cachoeira.
 
Para animar o arraial julino do Abrigo dos Bichos Lenilde Ramos se reveza na sanfona e nos teclados, acompanhada de Caxingui no violão e do percussionista Sérgio de Oliveira Jr. Ela brinca com a diversidade cultural que une forró rock, regionalismo e o repertório tradicional das festas de São João.
 
Nos teclados ou na sanfona Lenilde vai passeando pelo xote, baião e arrasta-pé e dando vida a um show divertido, colorido e dançante. Qualidades da festa consagrada como uma das manifestações populares mais amadas do Brasil. Nessa celebração rítmica cabem novas levadas de composições imortalizadas por Pink Floyd, Amy Winehouse, Beatles, Luiz Gonzaga e Alceu Valença. Uma viagem musical que vai levar o público ao São João Pantaneiro com Marrequinha da Lagoa, Ciranda Pantaneira e Grupo Acaba.
 
E como boa festa de São João o 2o Arraiau Au Au vai ter barraquinhas enfeitadas, doces, comidas típicas, quentão, cerveja e batidinhas. Uma festa para a família com as brincadeiras e alegria que reinam nos festejos dessa época do ano.
 
A renda do evento tem destino certo: custear o tratamento veterinário dos animais resgatados pelo Abrigo dos Bichos. Todos eles recebem os cuidados necessários em clínicas parceiras até estarem aptos para adoção. Os ingressos custam somente R$ 3,00.

redação