Governador reeleito

Governo deve começar a fazer mudanças até dezembro

Governador promete mexer em pastas e diminuir cargos de comissão

10/11/2018 10:23


O secretário de Governo de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, admitiu possíveis mudanças pontuais no período de transição do governo, mas não revelou quais e quantos nomes das secretarias serão trocados.

Um dia após ter sido reeleito para mais quatro anos como chefe do Executivo, Reinaldo Azambuja (PSDB) comentou sobre mudanças de secretários. “Governo novo, novos nomes. Vamos reciclar,  mas não vamos partidarizar”.

Na ocasião, Azambuja informou não ter a intenção de diminuir pastas, mas pretende enxugar gastos e cortar ao máximo cargos comissionados.  

Ele falou também, no mês passado, sobre a estratégia que pretende utilizar para tentar economizar. “Investir em Tecnologia de Informação (TI). Pretendemos mexer em pastas, diminuir cargos de comissão. Vamos usar servidores efetivos, o que der para fundir vamos fazer, gastar menos com o governo e mais com as pessoas”, declarou.


Correio do Estado