Agricultura familiar

Reinaldo vem à Aquidauana para entrega de máquinas e equipamentos

No evento, comunidades indígenas das aldeias de Aquidauana, Miranda, Dois Irmãos do Buriti e Nioaque receberão insumos para a produção agrícola

13/02/2019 16:35


Nesta quinta-feira (14), às 8h30min, o prefeito Odilon Ribeiro receberá o governador Reinaldo Azambuja para a solenidade de entrega de patrulhas mecanizadas e equipamentos. Os maquinários atenderá a agricultura familiar das cidades de Aquidauana, Anastácio, Dois Irmãos, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Miranda e Nioaque.

No evento, comunidades indígenas das aldeias de Aquidauana, Miranda, Dois Irmãos do Buriti e Nioaque receberão insumos para a produção agrícola.

A entrega acontecerá no Parque de Exposições de Aquidauana e deve contar com a presença de autoridades estaduais, secretários e deputados estaduais e federais, além da comunidade da cidade, dos municípios vizinhos e das aldeias.

"A agricultura familiar ganha um reforço de peso para o seu desenvolvimento em Aquidauana e região. Ficamos muito felizes em podermos sediar esse evento regional e, principalmente, receber do Governo do Estado esses investimentos tão significativos para o fomento da produção nas aldeias, distritos e assentamentos. Todos estão convidados para participarem conosco", destacou o prefeito Odilon Ribeiro.

Outras 15 cidades - Nesta quarta-feira (13), entregou 14 conjuntos de máquinas para a Agricultura familiar de 15 cidades. Os novos equipamentos vão fortalecer e melhorar na produção do campo. O evento aconteceu na Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), localizada na MS-080, km 10, saída para Rochedo, em Campo grande.

Os equipamentos foram para 15 municípios: Campo Grande, Camapuã, Chapadão do Sul, Costa Rica, Figueirão, Jaraguari, Nova Alvorada do Sul, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, Rio Brilhante, Rio Negro, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia, Sonora e Terenos.

Ao todo, são 53 máquinas. O restante dos equipamentos será repassado nos próximos dias para Aquidauana, Três Lagoas, Itaquiraí e Ponta Porã. O investimento de R$ 6,8 milhões foi fruto de recursos do governo e de emedas parlamentares da bancada federal de Mato Grosso do Sul. 


Danielle Valentim