Miranda

Miranda vive expectativa sobre afastamento da prefeita e realização de uma nova eleição

TRE publicou decisão que afasta chefe do executivo municipal

07/06/2019 07:17


Os poderes Executivo e Legislativo de Miranda vivem expectativa quanto à situação da prefeita Marlene Bossay (MDB),  do vice Adailton Rojo Alves (PTB) e de Ivan Bossay (MDB), filho da prefeita, cassados.

Na última quarta-feira (05) , o Tribunal Pleno do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) publicou a decisão que os afasta de seus respectivos cargos.

No início da semana o Tribunal negou embargos de declaração apresentados por eles mantendo-se a cassação e a inelegibilidade.

Marlene e Adailton foram condenados por compra de votos na eleição de 2016. O relator do processo no TRE-MS, Abrão Razuk, concordou com os argumentos do Ministério Público Eleitoral sobre as provas colhidas e decidiu por afastá-los. Caso a decisão seja mantida, haverá nova eleição.

Já o outro filho da prefeita, Alexandre Bossay, foi flagrado quando entregava cestas básicas na aldeia Lalima, em Miranda. O afastamento da Prefeita depende apenas de um ofício, já expedido pelo Tribunal Eleitoral, mas que aguarda a assinatura do Presidente do TRE/MS.

Quem assumirá é o presidente da Câmara Edson Moraes. E caberá a Justiça Eleitoral definir a data para a nova eleição.

 

 


Da Redação