Feminicídio

Assassino de Airyfer e do namorado dela é condenado a 62 anos e 3 meses de prisão

Julgamento durou mais de 10 horas.

12/09/2019 18:14


Encerrou a pouco o julgamento de Edmauro Gamarra Vieira, realizado no Fórum de Aquidauana desde as 8 horas desta quinta-feira (12). Acusado de matar a ex Airyfer Castro e o namorado dela Igor Quintana Figueiredo de Alcântara, de 21 anos, em março do ano passado, o assassino foi a júri popular e foi condenado a 62 anos e 3 meses de reclusão.

Gamarra não expressou reação ao ouvir do juiz Ronaldo Gonçalves Onofre, o número de anos que irá ficar preso. Segundo informações apuradas pela equipe do jornal O Pantaneiro, a pena de Gamarra aumentou por conta do agravante de o crime ser na frente de ascendente e descendente. 

No dia do assassinato do casal, a filha de Airyfer, de 7 anos, presenciou a cena. Atualmente ela está fazendo tratamento psicológico para amenizar traumas sofridos.

Na sentença, Gamarra foi indiciado por homicídio duplamente qualificado (motivo fútil e recurso que dificultou ou tornou impossível a defesa do ofendido), homicídio triplamente qualificado, com as mesmas qualificadoras e feminicídio

Sobre os anos de reclusão do assassino da irmã, Anderson disse: “É Deus agindo na nossa vida”.

 


Carol Alencar e Samara Souza