Aquidauana

Possessivo, homem tortura, ameaça e mantem em cárcere a companheira grávida de 6 meses

Irmão da vítima chegou a tempo de uma tragédia

18/11/2019 17:49


Mais um caso de obsessão e tortura contra mulher aconteceu envolvendo um homem, de 20 anos que, como muitos, queria exercer o direito de posse de sua companheira. Ele, M.M.B, manteve sua companheira, K.V.C.B, de 18 anos, grávida de seis meses sob cárcere privado há três dias. 

O irmão da vítima chamou a Polícia Militar de Aquidauana para conter o autor da violência doméstica.

Segundo a vítima, ela conhecia o companheiro há exatos seis meses e há 01 mês estariam morando juntos. Ela contou ainda que há 15 dias ele apresentou comportamento obsessivo/agressivo e que foi ciumento e ofensivo, deferindo-a muitos palavrões; e há três dias ele a proibiu de sair do quarto e a ameaçou. 

Segundos antes do irmão da vítima a encontrar, o companheiro possessivo tentou destruir os documentos pessoal (identidade, caderneta de pré-natal do bebê, etc.) e quebrou celular da vítima. Feito isso ela disse ao agressor que deixaria a residência e o mesmo a ameaçou com uma faca dizendo que se ela fosse embora "iria pegar ela na rua e dar tanta bicuda que vai perder seu filho". O irmão da vítima o impediu, levando-a até sua residência, onde foi encontrada pela guarnição.

A Polícia constatou com vizinhos, que momentos antes da chegada da guarnição no local o autor estava com uma faca e tentou agredir a mulher, sendo impedido pelo seu irmão. 

Diante dos fatos de constante ameaça e agressões verbais, M.M.B. está sendo entregue à Delegacia de Polícia Civil local pelo crime de tortura e cárcere privado, qualificado pelo fato de K.V.C.B ser gestante, além da tentativa de lesão corporal com a faca que não se consumou, bem como ameaça (violência doméstica). 

 


Da Redação