Ranking

Instituto divulga pesquisa de intenção de votos para prefeitos de 3 municípios

300 pessoas foram ouvidas nos municípios de Anastácio, Bodoquena, Jardim e Nioaque

02/12/2019 18:00


O Instituto Ranking de Pesquisas divulgou, nesta segunda-feira (2), o índice de aprovação da administração pública e intenção de votos para prefeitos dos municípios de Bodoquena, Jardim e Nioaque. Em cada cidade, 300 pessoas foram ouvidas durante a última semana de novembro.



Nioaque
Para os moradores de Nioaque, a administração de Valdir Junior (PSDB) é considerada 54.33% boa ou ótima, sendo o que melhor avaliação da pesquisa. Nisso, mais de 79$ dos ouvidos aprovam e 20% o desaprovam como prefeito. A população apontou que o maior problema é a falta de emprego e renda, com 51.33%.

A boa avaliação apontam a previsão de intenção de votos para a Eleição de 2020. Valdir Junior recebeu 45.33% de intenção de votos e a segunda colocada, a ex-prefeita Ilca Corral (PMDB) teve 19% das intenções d evotos.


Bodoquena
35.66% da população aprova a administração municipal de Kazuto Horii (PSDB), 29% considera regular e 19.33% ruim ou péssima. Falta de emprego e renda ficou em 1º lugar na lista de problemas enfrentados na cidade, com 45.33%.


O Instituto perguntou aos entrevistados, de forma estimulada, quem deveria ser o próximo prefeito no pleito de 2020. Com 27.33% ficou em primeiro lugar o ex-prefeito, Dr. Jun It Hada, enquanto o atual administrador municipal, Kazuto, segue em segundo com 25.66% dos votos.



Jardim
Da população ouvida pela pesquisa, 61.33% aprovam e 38.67% desaprovam a administração do prefeito Guilherme Monteiro (PSDB). Desses, 46.33% pedem a melhoria da saúde e do atendimento médico do município.

Já para a corrida eleitoral do próximo ano, de forma estimulada, Guilherme está na frente, com 18.66% de intenções de votos. O segundo colocado, Dr. Ernei, aparece com 14% dos votos.


Pesquisa
A pesquisa foi encomendada pelo site Diário MS News. As entrevistas foram feitas com a média de moradores com base nos dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mais recentes, de 2010, e com registro no TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

O intervalo de confiança é de 95% e margem de erro máxima de 4.5 pontos percentuais, para mais ou para menos, em que foi utilizado o método quantitativo. O Instituto Ranking avaliou, também, a aprovação da Câmara dos Vereadores, vereadores e intenção de votos dos municípios. Para ter acesso a pesquisa completa, basta clicar aqui.
 


Kamila Alcântara