Bodoquena

Vereadores solicitam liberação de emendas para aquisição de ambulância à Assentamento

04/12/2019 15:53


O Poder Legislativo tem buscado recursos na área da saúde, para atender a comunidade do Assentamento Sumatra, durante a sessão realizada nesta segunda-feira, 02 de dezembro, na Câmara Municipal de Bodoquena, o Presidente da casa vereador Mano Pereira, vereadora Licinha e demais vereadores Professor Fernando e Edinho Carvalho oficializaram um pedido através de indicação parlamentar coletiva solicitando emenda parlamentar coletiva no valor de R$ 80.000.00 (Oitenta Mil Reais) para aquisição de uma ambulância para atender a comunidade do Assentamento Sumatra, que é considerado o maior assentamento de Bodoquena, com possui 149 lotes. 

O ofício foi encaminhado aos Deputados Estaduais Renato Câmara e José Carlos Barbosa (Barbosinha) e também ao Prefeito Kazuto Horii. 

Na justificativa, os vereadores destacaram que os deputados citados disponibilizem parte de suas cotas de emendas parlamentar ao município, o que soma o valor de R$ 40.000.00 (Quarenta Mil Reais) cada, totalizando R$ 80.000.00 (Oitenta Mil Reais). 

“O Assentamento Sumatra já tem uma boa estrutura em serviços públicos na agrovila, que inclui escola, quadra de esportes coberta, posto de saúde, agroindústria, padaria comunitária, farinheira e entre outros. Muitos sitiantes residem no núcleo urbano e necessitam de uma ambulância para atendimento e emergência”, disse o vereador Mano Pereira.

“Um veículo novo irá com certeza oferecer melhor qualidade no atendimento e mais confiança no transporte dos pacientes até a sede do município. Quando se trata de saúde das pessoas os gestores públicos devem se unir para oferecer um serviço de qualidade e saúde da população deve ser sempre tratada como prioridade da administração. Portanto, da parceria que há entre o Legislativo Municipal e Estadual é que estamos apresentando esta demanda aos Deputados porque entendemos que a população deve ser mais bem atendida no caso de uma eventual necessidade do transporte de emergência e urgência”, argumentou a vereadora Licinha.

 


Da Redação