Região

Vagão desgovernado atingiu veículo e matou coordenadora da Apae em Corumbá

O acidente foi registrado onde a linha férrea cruza com Avenida Gaturama, no bairro Centro América

05/12/2019 09:10


Acidente com vagão de trem descarrilado ocorrido nesta quarta-feira, em Corumbá, matou Elida Aparecida Campos, de 44 anos, coordenadora da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Corumbá. O acidente foi registrado onde a linha férrea cruza com Avenida Gaturama, no bairro Centro América.

A vítima estava em automóvel Fox, quando o vagão desgovernado atingiu o automóvel dela, que foi arrastado por mais de 100 metros. Ao todo, o vagão percorreu ainda mais dois quilômetros, atingindo uma moto e um carro, mas sem deixar outros feridos. 

Com o impacto, Elida ficou presa nas ferragens e foi neccessário uso do desencarcerador para retirá-la. Ela estava sozinha no veículo, foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada à Santa Casa, mas não resistiu e morreu no CTI. Testemunhas informam que pelo menos seis vagões descarrilaram.

Leia nota da Rumo

Seis vagões de um trem boliviano se soltaram atingindo automóveis em uma passagem em nível na tarde de hoje em Corumbá (MS). O comboio estava estacionado num terminal ferroviário. O trem e o terminal não pertencem e não são operados pela concessionária da ferrovia, que enviou equipes para o local e está apurando as causas do acidente.

Assessoria de Imprensa da Rumo

 


Da Redação