Turismo

Agências divergem sobre impacto de acidente no turismo

23/07/2007 07:35


Profissionais de agências de turismo no exterior divergem sobre o impacto dos problemas do setor aéreo brasileiro e do acidente do Airbus-A320 no turismo para o país.


A maioria diz que ainda é cedo para sentir alguma mudança no fluxo de pessoas, mas há divisões entre os que acreditam em um impacto negativo no longo prazo e os que apostam que não haverá mudanças.


"As pessoas ainda estão acordando para o que aconteceu", disse João Carlos Correia, da agência Sottotour, em Lisboa.


Mas ele alertou que poderia haver uma reação "silenciosa" de clientes em relação ao Brasil. "É o segundo acidente na malha interna no Brasil e isso vai ser prejudicial. As pessoas vão começar a se perguntar se vale a pena ir ao Brasil se a autoridade reguladora dos aeroportos não cumpre as suas funções."


folha on line