Política

Diretor-executivo da Enersul deve depor à CPI nesta segunda

23/07/2007 08:26


A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Enersul aguarda para hoje, às 15h, o depoimento do diretor-executivo da empresa, Jorge Manuel Moreira Martins. O empresário justificou a ausência para a primeira convocação, alegando que não estaria no Estado na ocasião.



Dessa vez, Martins recebeu convocação coercitiva para explicar os fatores determinantes para a tarifa de luz cobrada dos 699,4 mil consumidores de 73 municípios do Estado ser a mais cara do País.



Na semana passada, os assessores e deputados começaram a analisar os documentos encaminhados pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que detalham o balanço econômico-financeiro da concessionária entre 2002 e 2007. O presidente da comissão recebeu o relatório do presidente da agência, Jerson Kelman, no dia 12.



De acordo com o presidente da CPI, Paulo Corrêa (PR), os documentos serão analisados pela equipe técnica que assessora os trabalhos da comissão e pelos próprios deputados. Os parlamentares pretendem esclarecer, por exemplo, se há irregularidades na composição do patrimônio remunerado da concessionária.


conjuntura on line