Policial

Partida de futebol termina na Delegacia

24/07/2007 11:12


A partida corria normalmente até que o atleta André Luiz Ortiz, 28 anos jogador da Vila Umbelina, não concordou com a decisão do arbitro de não expulsar um atleta do time adversário no caso Vila Afonso Paim e agrediu o mesmo.


A PM informou que esperou o término do jogo para poder conversar com o acusado André, que recebeu juntamente com outros colegas, os policiais com chutes, um golpe no peito e empurrões.
 
No Estádio Rosalda Paim estava sendo realizada uma partida de futebol entre Vila Afonso Paim 01 x 0 Vila Umbelina B, válido pela final do Campeonato Intervilas.
 
Dada a voz de prisão ao acusado, o mesmo não acatou a ordem, e novamente auxiliado por seus colegas encurralaram a guarnição militar na rua Coronel Ponce, já fora do estádio.
Solicitado reforço a guarnição foi socorrida pela equipe policial do 7º Batalhão de Policia Militar.


Durante a detenção de André Luiz Ortiz, a equipe policial foi abordada por uma pessoa que se identificou como militar do exército, o qual exibiu uma carteira de identificação do Exercito Brasileiro (nº RG e data-093831254-3) em nome de Airton Pereira de Freitas, que tinha disponibilizado o seu veículo para que André Luiz se evadisse do local.


Após solicitação de uma equipe do Exército, por meio do 9ª Batalhão de Engenharia de Combate de Aquidauana, os PMs foram informados que a pessoa em questão não era militar.


Em seguida, Airton Pereira recebeu voz de prisão. Concluída a detenção de André Luiz, o mesmo foi encaminhado até a Delegacia de Polícia Civil de Anastácio.


A PM ressalta, ainda, que durante o deslocamento do estádio até a Delegacia o detido passou a agredir o sargento PM Romero com palavras de baixo calão.


O mesmo foi entregue aos agentes civis de plantão sem lesão corporal para as providencias legais.


Com informações do site aquidauananews


da redação