Geral

Em nota, Mapa diz que esforço reduzirá impacto de greve

28/07/2007 10:16


Em nota emitida ontem à imprensa, o Mapa (Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária) garante que um esforço, que consiste principalmente no remanejamento dos fiscais agropecuários que estão trabalhando, minimizará os impactos da greve deflagrada pela categoria e evitará prejuízos ao agronegócio.


De acordo com o ministério, somando fiscais comissionados e em estágio probatório com o quadro mínimo que por Lei tem de atuar, de 30%, são cerca de 50% dos fiscais trabalhando durante a greve. O Mapa já foi chamado pelo governo do Amazonas para desenvolver as ações de defesa, vigilância e fiscalização.


"Vale destacar que governadores de outros estados já estão se manifestando a fim de evitar prejuízos agropecuários, tendo em vista não ser possível o governo e o povo brasileiro ficarem reféns de uma categoria", informa a nota. Os fiscais retomaram a greve no último dia 24. Dia 18 de junho teve início a primeira greve, suspensa 10 dias depois.


O quadro é composto por 106 fiscais agropecuários em Mato Grosso do Sul. Dentre as ações que desenvolvem estão inspeções sanitárias em frigoríficos e análises de produtos, como o leite.


campo grande news