Defeito na queima de gorduras no fígado pode causar a obesidade

06/08/2007 13:47


Uma pesquisa norte-americana descobriu que ratos com predisposição genética para queimar gorduras mais lentamente tendem a ganhar peso mais prontamente do que os roedores educados a resistir à obesidade. Os resultados, publicados este mês no periódico "Metabolism: Clinical and Experimental", poderiam explicar porque algumas pessoas ficam gordas mais depressa. Na pesquisa, alimentando os ratos com uma dieta pobre em gorduras, aqueles com a predisposição apresentaram taxa de oxidação dos ácidos graxos 35% menor do que os outros. E, com uma dieta rica em gorduras, eles ganharam 36% mais peso. Segundo os pesquisadores, como os animais, pode ser mais difícil, para pessoas predispostas à obesidade, usar energia das gorduras que elas comem ou queimá-las em energia. Agora, eles vão investigar uma forma de alterar a predisposição para prevenir a obesidade.


boa saúde