Esportes

-Técnico não faz nada, né?-, desabafa Muricy

09/08/2007 09:45


Após a vitória sobre o Botafogo, nesta quarta-feira por 2 a 0 no Maracanã, o técnico Muricy Ramalho desabafou e fez uma "auto-exaltação" no vestiário. Ainda no primeiro tempo, após perder Reasco, lesionado, Richarlyson foi para a ala esquerda, trocando de posição com Jorge Wagner, que passou ao meio-de-campo.


"É, o técnico não faz nada, né? Tem razão, nosso elenco é excepcional. Se o cara foi para o meio, foi porque o técnico mandou. Mas no Brasil é assim, técnico só perde jogo, não ganha nunca", disse.


"Concordo que técnico de futebol é 20%, mas tem que ser 20% também quando ganha", desabafou o treinador, que repetiu o discurso que só continua no clube por ter "costas largas".


Na etapa final, Júnior substituiu Dagoberto, que ainda não tem condições de atuar 90 minutos e, em nova manobra de Muricy, também foi para o meio. Richarlyson seguiu na ala, tomando conta de Joílson.


"Não podia colocar Júnior para marcar Joílson, ele seria atropelado. Ele foi para o meio-de-campo, tratou bem a bola, já que é técnico, e fez a ligação", justificou Muricy.


Nesta quinta-feira, o comandante começa a preparar a equipe que enfrenta o Atlético-PR, sábado, no Morumbi. Se vencer, o time conquista o título simbólico do primeiro turno.


terra