Geral

Consulta ao SCPC e Cheque poderá ser feita por celular

15/08/2007 15:31


O telefone celular ganhou uma nova função no mercado de informações comerciais: é o mais novo meio de acesso às consultas do SCPC e Cheque. A mobilidade do aparelho vai permitir que o representante comercial, o profissional liberal, o vendedor porta-a-porta entre outros microempresários - antes impossibilitados por não trabalharem numa estrutura que permitisse o acesso às informações comerciais por internet ou telefone fixo - vão poder saber, na hora da venda e em tempo real, se o seu cliente apresenta ou não inadimplência no comércio.


Desenvolvida pela SupplySystems e Associação Comercial do Paraná, o modelo interage com as companhias telefônicas baseado em SMS Corporativo, o que torna o tempo de resposta menor em relação às mensagens trocadas entre celulares comuns.


A operação é muito simples: o empresário se cadastra gratuitamente no site www.consultamovel.com.br e adquire quantas consultas desejar. Depois o usuário envia uma mensagem de texto com o CPF e CNPJ a ser consultado para a central de atendimento e em poucos segundos tem a resposta em seu celular. As consultas poderão ser compradas avulsas a um custo unitário de R$ 1,95 mais o custo de SMS e a base de dados pesquisada é o da RENIC - Rede Nacional de Informações Comerciais, na qual a ACP é a Base Operadora do Estado e por onde trafegam cerca de 150 milhões de informações restritivas de todo o Brasil. A Associação Comercial do Paraná afirma que a nova forma de acesso apresenta vantagens para todos os envolvidos, pois permite que um público antes não atendido pelos meios convencionais (internet, telefone fixo, e sistema) tenha informações sobre seus clientes na hora da venda, democratizando o acesso à informação de crédito, explica Renato Xavier Ferreira, Superintendente da Associação Comercial do Paraná.


A previsão, segundo Daniel Mamoré, diretor executivo da SupplySystems, é a de que em 12 meses os acessos registrados pelo Consulta Móvel alcancem 3,5 milhões ao mês feitos de todo o Brasil.


ms notícias