Paraíso Tropical: Marion é suspeita de matar Taís

17/08/2007 13:28


Marion (Vera Holtz) não é só armadora: a promoter disputa como principal suspeita do assassinato de Taís (Alessandra Negrini) em Paraíso Tropical.


A morte da vilã está prevista para ir ao ar dia 30 de agosto. Nesse dia, não será mostrado o assassinato: o corpo da vilã será encontrado na cozinha do apartamento de Daniel (Fábio Assunção) e Paula (Alessandra Negrini), que também serão investigados, antes de a polícia chegar à promoter, na trama de Gilberto Braga e Ricardo Linhares.


Logo de início, a polícia acredita que a vilã teria morrido asfixiada por gás. Mas a investigação prossegue e os detetives chegam à conclusão de que ela foi mesmo assassinada.


A primeira suspeita cai sobre Paula, que por diversas vezes declarou que só teria sossego com a morte da irmã. Porém, com o tempo, a mulher de Daniel vai se livrar da Justiça e Marion fica na mira da polícia.


A promoter cometeria o assassinato para se livrar das chantagens de Taís. Nos capítulos da semana que vem, a gêmea má exige que Marion peça que Urbano (Eduardo Galvão) a abrigue em seu apartamento de Paris. Para pressionar Marion, Taís ameaça contar a Urbano que o verdadeiro colar de esmeraldas de sua mãe foi jogado no fundo do mar por Bebel (Camila Pitanga).


Contrariada, Marion vai ficar mais indignada ainda ao saber que Taís e Ivan (Bruno Gagliasso) sempre foram amantes. Ao descobrir o esconderijo dos dois no hotel, Marion segue o casal até a casa de Daniel, onde Taís tem um encontro marcado com Antenor (Tony Ramos).


Sem ser notada, Marion entra no apartamento, escuta a conversa dos dois e conclui que Antenor deu dinheiro a Taís, para separar Paula e Daniel, e resolve roubá-la.


Marion e Taís discutem e a promoter dá uma coronhada na vilã. Antes de fugir, ela liga o gás da cozinha para simular suicídio, mas não consegue enganar a polícia.


terra