A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
15 de novembro de 2018
Anuncie Aqui
8496

Barroso defende atuação do Judiciário em casos de omissão do Legislativo e do Executivo

5 JUN 2013 - 14h50min
Agência Brasil
O advogado Luís Roberto Barroso defendeu hoje (5), durante sabatina no Senado, a proatividade do Judiciário na definição de regras quando houver omissão do Legislativo e do Executivo. A sabatina é etapa necessária à aprovação do nome dele para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi indicado no dia 23 de maio pela presidenta Dilma Rousseff.
 
?Quando não tem lei, o Judiciário não pode deixar de resolver problemas da vida, porque as pessoas dependem disso. É aí que o Judiciário se expande. A maior ou menor judicialização está nas mãos do Congresso?, disse Barroso, durante a apresentação que precedeu as perguntas dos parlamentares.
 
Ele defendeu, por outro lado, que nos casos em que haja regras claras em vigor, o Judiciário deve respeitar as posições adotadas pelo Congresso. ?O Judiciário não pode nem deve sobrepor sua valoração política à valoração de quem foi eleito, de quem tem o batismo da situação popular?, disse. Ele destacou que a intervenção do Judiciário nesses casos só é permitida quando houver inconstitucionalidade flagrante nas leis aprovadas.
 
Barroso também disse que direito e política deveriam ficar em campos separados, mas que, no mundo real, essas áreas se encontram em fronteiras de tensão que são normais em todas as democracias do mundo. ?A judicialização das relações políticas é inevitável no mundo contemporâneo, mas o direito não quer suprimir o espaço da política. Há um ponto de equilíbrio adequado.?
 
O candidato ao STF disse que o direito das maiorias não é soberano e deve ser equilibrado com valores como a tolerância, a dignidade e o respeito às ideias divergentes. ?As maiorias podem muito, mas não podem tudo?, analisou. Ele reiterou sua visão humanista do direito e a confiança na Justiça, embora considere alguns pontos falhos, como o privilégio no atendimento aos ricos.

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Biz bate na traseira de caminhonete e mulher fica ferida no Centro de Anastácio

2
Aquidauana

Aquidauana, Anastácio e mais 51 cidades de MS com alerta de tempestade

3
Anastácio

Dedé diz que anda 15 Km por dia vendendo o espetinho mais famoso de Anastácio

4
Geral

Proprietária de loja na Capital é condenada por ofender cliente que desistiu de compra

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,59m
Miranda
6,13m
Aquidauana
3,76m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Mais...

Robinson L Araujo

O FIM ESTÁ PRÓXIMO! AS EVIDÊNCIAS COMPROVAM

Manoel Afonso

O eleitor quer reciprocidade dos eleitos

Ver Mais Colunas
498110495