A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
14 de dezembro de 2018
Anuncie Aqui

Bienal da Agricultura será lançada nesta sexta-feira em Campo Grande

Diferencial em relação a outros eventos é que funciona como uma vitrine dos temas expostos.

5 JUL 2013 - 06h15min
redação
A Bienal dos Negócios da Agricultura Brasil Central, que acontecerá entre os dias 8 e 9 de agosto, em Cuiabá/MT, será lançada hoje (5) no auditório da Federação da Agricultura e Pecuária do MS (Sistema Famasul), às 8h. Serão apresentados o formato da Bienal e os temas que serão discutidos na programação para lideranças rurais, imprensa, produtores e profissionais da área. 
 
Destinado a produtores rurais, pesquisadores, técnicos e extensionistas, fornecedores e distribuidores das cadeias produtivas do agronegócio, lideranças de entidades governamentais e não governamentais, o evento é organizado pelas Federações de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Mato Grosso do Sul (Famasul), Goiás (Faeg) e Distrito Federal (Fape-DF). O diferencial da Bienal em relação a outros eventos do setor é que funciona como uma vitrine dos temas expostos, através de workshops, palestras e painéis. Além disso, o modelo utilizado é participativo e permite a total  interação entre palestrante e público de forma direta.
 
A Bienal do Brasil Central é bianual, ou seja, acontece a cada dois anos, é realizada de forma rotativa, o que significa que cada edição será sediada em um dos Estados do Centro-oeste. Em 2010 foi em Goiânia e este ano será em Cuiabá. A Famasul, assim como na edição anterior, organizará uma comitiva do Estado para o evento.
 
Para o presidente do Sistema Famasul, Eduardo Riedel, a Bienal mostra o que a agricultura faz pelo Centro-Oeste e, por extensão, pelo País. ?A evolução na produção agrícola reflete o investimento em tecnologias e o empreendedorismo dos agricultores, sempre ousados na adoção de novas formas de produção?.  
 
Segundo o diretor de relações institucionais da entidade, Rogério Beretta, os pontos centrais do encontro são os principais entraves do Brasil Central, que interferem no crescimento do setor. ?O foco é o Centro-oeste porque é considerado um dos pontos iniciais das grandes questões do agronegócio e é, por exemplo, a principal produtora de soja e de milho do país?, destaca Beretta.         
 
Na Bienal será realizada a palestra ?Centro-oeste: o futuro do Brasil passa por aqui?, ministrada pelo sócio da RC consultores, Paulo Rabelo de Castro. O evento também terá três painéis de debates. O primeiro, chamado O futuro do agro ? sucessão dos negócios, tratará especificamente da questão da sucessão. O segundo tratará dos problemas do apagão da mão de obra. Entre as palestras do assunto está o tema: ?Como atrair mão de obra e qualificar?, da professora da Fundação Dom Cabral (FDC), Teresa Roscoe. O terceiro painel é sobre biotecnologia, com foco nos desafios da biossegurança e modelos de remuneração.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Encontrado o corpo do trabalhador que desapareceu no rio Negro

2
Policial

PRF apreende 27,5 quilos de cocaína no banco traseiro de veículo em Anastácio

3
Aquidauana

Helicóptero leva bombeiros, peritos e policiais para buscar corpo de pedreiro

4
Policial

Trabalhador cai no rio Negro durante pescaria e desaparece; bombeiros preparam resgate

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,52m
Miranda
5,26m
Aquidauana
2,66m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Numa...

Alessandro Arruda

As leis e nossa incapacidade de produzi-las

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: DAR, RECEBER E RETRIBUIR

Ver Mais Colunas