A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
24 de Novembro de 2017
Anuncie Aqui
8504

Brasil perde para a Suíça com gol contra de Daniel Alves

Em primeiro jogo depois da conquista, Brasil falha no ataque e é presa fácil na Basileia

14 AGO 2013 - 18h00min
Portal IG
O show dado pela seleção brasileira contra a Espanha, em 30 de junho, passou longe do jogo do Brasil nesta quarta-feira na Suíça. Contra a seleção local, o time de Luiz Felipe Scolari ofereceu muito pouco e com um gol contra de Daniel Alves, aos 2 minutos do segundo tempo, perdeu por 1 a 0 em Basileia no primeiro jogo após a conquista. 
 
O Brasil volta a jogar no dia 7 de setembro, em Brasília, contra a Austrália. No dia 10, em Boston, o rival será Portugal. A derrota para a Suíça interrompe uma série de 11 jogos sem derrota da seleção. Na Europa, onde jogara contra Inglaterra, Itália e Rússia, o Brasil não venceu ainda sob o comando de Felipão. 
 
A Suíça lidera seu grupo nas eliminatórias para a Copa com 14 pontos, quatro a mais que a vice-líder Albânia, e tem boas chances de estar no Brasil em 2014.
 
O jogo
 
Felipão preferiu escalar Jefferson no gol a manter Julio Cesar. O goleiro titular na Copa das Confederações está de saída do Queens Park Rangers e não vem atuando. Diferente de Jefferson, que vem atuando regularmente no Botafogo. Na véspera da partida, Felipão declarou que é melhor ter um goleiro atuando na 10ª divisão do que não jogando. O QPR foi rebaixado no Campeonato Inglês na última temporada.
 
Com basicamente o mesmo time que goleou a Espanha na final da Copa das Confederações (fora a mudança no gol, Dante entrou no lugar de David Luiz na zaga), o Brasil teve um posicionamento parecido ao que realizou nos cinco jogos do torneio da Fifa em junho. Marcando na saída de bola da Suíça, com Hulk e Neymar ajudando, o Brasil teve as principais chances dos primeiros 15 minutos.
 
A Suíça equilibrou a partida depois dos 20 minutos. Shaqiri, principal jogador do país na atualidade, obrigou Jefferson a trabalhar com dois chutes de fora. Neutralizando bem as saídas do Brasil, a seleção local deu ao goleiro brasileiro o jogo ideal para ele mostrar serviço na rara oportunidade que teve de iniciar o jogo.
 
Neymar foi quem mais apareceu no ataque, mas pareceu estar numa voltagem a mais do que a necessária para um amistoso. Aos 22 minutos levou cartão amarelo por uma entrada dura, com o pé alto, em Lichtsteiner. O jogador do Barcelona superou o destempero no lance e foi quem mais levou perigo a Benaglio no restante do primeiro tempo, marcado por uma boa jornada dos dois goleiros.
 
O segundo tempo começou sem mudanças no Brasil e com um gol contra de Daniel Alves logo aos dois minutos. Seferovic cruzou para a área de Jefferson e num lance simples o lateral-direito poderia facilmente afastar a bola. Acabou mandando para o fundo das redes de Jefferson.
 
Era tudo que a Suíça precisava para controlar o jogo. Famosa por sua boa defesa, a equipe de Ottmar Hitzfeld não sofreu mais com ataque do Brasil. A Suíça sofreu apenas cinco gols nos seus últimos 10 jogos oficiais. Não seria fácil para os comandados de Felipão furarem o ?ferrolho? suíço.
 
Fred, que marcara nos outros três jogos do Brasil na Europa desde o retorno de Felipão, deixou o campo aos 10 minutos para dar lugar a Jô. Saiu zerado, diferente dos jogos contra Inglaterra, Itália e Rússia. Marcelo também saiu para dar lugar a Maxwell, novato nesta convocação.
 
As mudanças não alteraram o cenário e o Brasil não ofereceu o perigo que dara a Benaglio no primeiro tempo. Hernanes no lugar de Oscar, Lucas no de Hulk, Jean no de Daniel Alves: estas foram as outras mudanças de Felipão, que viu um time apático chutar pouco a gol e terminar o jogo com a metade de finalizações dos suíços e sem ser sombra do time que encantou o mundo há pouco mais de um mês na Copa das Confederações.

Veja também

Mais Lidas

1
Trânsito

Acidente entre carro e caminhão na MS-339 deixa duas vítimas fatais

2
Policial

PM fecha boca de fumo com pés de maconha, prende 2 e captura foragido

3
Policial

Durante surto, homem tenta cometer assassinatos e provoca incêndio

4
Aquidauana

Após desentendimento por carona, homem passa a perseguir mulher nas redes sociais

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
4,40m
Miranda
6,72m
Paraguai
1,60m

Colunas e Blogs

Manoel Afonso

O peso do clamor público nas eleições

Pedro Puttini Mendes

Cadastro Ambiental Rura: Prazo Curto!

Robinson L Araújo

POR QUE EXISTEM CASAMENTOS EM CRISE?

Ver Mais Colunas
498110558