A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
22 de Janeiro de 2018
Anuncie Aqui
8498

Câncer: entra em vigor no dia 23 lei que garante início do tratamento em até 60 dias

16 MAI 2013 - 15h50min
Agência Brasil
Pacientes com câncer deverão iniciar o tratamento até 60 dias após o registro da doença no prontuário médico. A regulamentação da Lei 12.732/12, que determina o prazo, foi detalhada hoje (16) pelo Ministério da Saúde. A legislação entra em vigor no próximo dia 23. Na tentativa de auxiliar estados e municípios a gerir os serviços oncológicos da rede pública, a pasta anunciou a criação do Sistema de Informação do Câncer (Siscan).
 
O software, disponível gratuitamente para as secretarias de Saúde esta semana, vai reunir o histórico do paciente e do tratamento. ?É um acompanhamento em tempo real do que acontece nos serviços de saúde?, explicou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. ?[Isso] inaugura uma nova etapa no tratamento do câncer no país?, completou.
 
A previsão do governo é que, a partir de agosto, todos os registros de novos casos de câncer no país sejam feitos pelo Siscan. Segundo Padilha, estados e municípios que não implantarem o sistema até o fim do ano terão suspensos os repasses feitos para atendimento oncológico.
 
Outra medida anunciada trata da realização de visitas a hospitais que atendem via Sistema Único de Saúde (SUS) para avaliar as condições de funcionamento e a capacidade de ofertar atendimento oncológico com agilidade. Uma comissão de monitoramento e avaliação, de caráter permanente, deverá acompanhar o processo de implantação do Siscan e a execução de planos regionais de oncologia.
 
Por fim, o ministério informou que as unidades de Saúde que ofertam serviços de radioterapia serão estimuladas a adotar um terceiro turno de funcionamento, uma vez que o atendimento costuma ser feito apenas pela manhã e pela tarde. De acordo com o ministério, até o momento, 93 serviços demonstraram interesse em expandir o horário de funcionamento. Outra opção considerada pelo governo é a contratação de hospitais da rede privada para prestação de serviços ao SUS.
 
Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) indicam que aproximadamente 518 mil novos casos da doença devem ser registrados no Brasil este ano. A previsão é que 60.180 homens tenham câncer da próstata e 52,6 mil mulheres sejam diagnosticadas com câncer da mama.
 
Em 2010, o país registrou 179 mil mortes em decorrência da doença. O câncer dos brônquios e do pulmão foi o tipo que mais matou (21.779), seguido do câncer do estômago (13.402), de próstata (12.778), de mama (12.853) e de cólon (8.385).

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Motorista perde controle da direção de caminhão da Funada e provoca acidente

2
Aquidauana

Jovem denuncia padrasto por abuso sexual

3
Policial

Morador de rua é esfaqueado por "amigos" durante bebedeira

4
Anastácio

Com paralisia cerebral, jovem estudante de Anastácio se destaca na redação do Enem

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
5,18m
Miranda
7,00m
Paraguai
2,96m

Colunas e Blogs

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: TEMPO DE ESPERA, TEMPO DE ESPERA...

Manoel Afonso

Tio comunista não apoiou sobrinho tucano

Valdemir Gomes

Busque...

Ver Mais Colunas
498110469