A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
18 de Novembro de 2017
Anuncie Aqui
8504

Confira os resultados desta quarta na Libertadores, Brasileiro, Copa do Brasil e estaduais

Em jogo dramático, Galo faz história e passa à final da Libertadores. Pela Série A, Bahia bate São Paulo. Na Copa do Brasil, Fla, Inter e Nacional-AM também vencem

11 JUL 2013 - 08h35min
Globoesporte.com
TAÇA LIBERTADORES DA AMÉRICA 2013 (SEMIFINAL - JOGO DE VOLTA)
 
Atlético-MG (3) 2 x 0 (2) Newell's Old Boys-ARG (Ida: 0 x 2) - *foto
Lutar, lutar, lutar! Para vencer, vencer, vencer! Mais do que uma canção, a mensagem embutida no hino do Atlético-MG foi uma ordem para time e torcida nesta histórica noite de quarta e madrugada de quinta-feira no Independência. Vitória por 2 a 0 no tempo normal e posterior triunfo nos pênaltis, por 3 a 2, colocaram o Galo na final da Libertadores da América pela primeira vez. Victor, desde já eterno, foi novamente salvador. Pegou o último pênalti, de Maxi Rodríguez, e garantiu a classificação - como fizera contra o Tijuana nas quartas de final.
 
Bernard, logo com três minutos, fez o primeiro gol do Atlético-MG. Havia uma eternidade para encontrar pelo menos mais um. E ele saiu no final, após um apagão no estádio, com Guilherme. Nos pênaltis, em um drama sem igual para a torcida alvinegra, Alecsandro, Guilherme e Ronaldinho Gaúcho fizeram, Jô e Richarlyson perderam e Victor pegou a última batida - depois de Casco e Cruzado também errarem.
 
O jogo teve incidentes. Terminou apenas na madrugada de quinta-feira. No primeiro tempo, parou por nove minutos para atendimento ao goleiro Guzmán. Na etapa final, parte do sistema de iluminação do Independência caiu, e a bola ficou sem rolar por 11 minutos. No momento da interrupção, o Atlético estava mal na partida. No retorno, fez o segundo gol. E foi aos pênaltis. E foi à final.
 
 
CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 (11ª RODADA)
 
São Paulo 1 x 2 Bahia
De virada, o visitante Bahia venceu o São Paulo por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no estádio do Morumbi, em partida adiantada da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2013. Não seria exagero, porém, se disséssemos que os baianos jogaram em casa, e os paulistas, fora. Tamanha foi a pressão dos pouco mais de quatro mil são-paulinos presentes. A ponto de Luis Fabiano ser chamado de "pipoqueiro" e sair de campo irritadíssimo e mais uma vez expulso. Paulo Autuori chega nesta quinta para assumir um time em crise. Já o Bahia comemora: com a vitória, entrou no G-4 do Campeonato Brasileiro, e está em terceiro, com um jogo a mais que os outros times.
 
Vaiado após o apito final, o São Paulo sofreu com a cobrança da torcida do primeiro ao último minuto. Começou com gritos de ?é quarta-feira?, em alusão à decisão da Recopa Sul-Americana, contra o Corinthians, no próximo dia 17, no Pacaembu. Depois, mais irritados, os torcedores do time paulista avisaram ?se não ganhar a Recopa, o bicho vai pegar?.
 
Com dois jogadores a menos, já que Luis Fabiano e o estreante Clemente Rodríguez foram expulsos, o São Paulo levou a virada de um Bahia que foi melhor na maior parte do jogo. O resultado evidenciou os inúmeros problemas do Tricolor paulista, que somou sua quarta derrota seguida como mandante. Diante disso, o torcedor pediu raça em vários momentos. E vaiou.
 
O São Paulo, que agora está em 10º, volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, às 16h, contra o também baiano Vitória, no Barradão, em Salvador. Já o Bahia encara a Ponte Preta, no sábado, às 21h, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.
 
 
COPA DO BRASIL 2013 (3ª FASE - JOGOS DE IDA)
 
Fortaleza 0 x 0 Luverdense-MT
Fortaleza e Luverdense não passaram de um empate por 0 a 0, no Estádio Presidente Vargas, na noite desta quarta-feira, pela terceira fase da Copa do Brasil. Embora tenham atacado muito e feito os dois goleiros suarem a camisa, as duas equipes esbarraram nas finalizações e passes errados.
 
A torcida, que compareceu em bom número às arquibancadas do PV, saiu decepcionada com o placar zerado. Mesmo assim, teve sobressaltos com as chances criadas pelos dois ataques. Com o apito do árbitro, alguns torcedores vaiaram os jogadores, mas a maioria saiu em silêncio.
 
Na partida de volta, no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, interior de Mato Grosso, Luverdense e Fortaleza jogam por uma vitória simples para garantirem classificação. Novo empate por 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Empate com gols deixa o Tricolor do Pici com a vaga. O segundo jogo, na casa do time de Mato Grosso, é na próxima quinta-feira, dia 18, às 21h50m.
 
 
Ponte Preta 0 x 1 Nacional-AM
Se no discurso o grupo da Ponte Preta prometeu deixar o dilema entre Copa do Brasil e Sul-Americana de lado e jogar para valer contra o Nacional-AM nesta quarta-feira, na prática foi bem diferente. Em noite apática, a Macaca abusou dos erros e pouco se esforçou para encaminhar a classificação em casa. É bem verdade que foram quatro bolas na trave (duas em um mesmo lance). Melhor para o Nacional, que aproveitou o desinteresse dos campineiros para vencer por 1 a 0, com gol de Danilo Rios, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, e abrir vantagem na busca por uma vaga nas oitavas de final.
 
O resultado dá aos amazonenses o direito de jogar pelo empate na partida de volta, dia 24, em Manaus, para avançar e fazer história. Se passar, o Nacional será o primeiro time do estado a chegar às oitavas da Copa do Brasil. À Macaca, resta vencer por dois gols de diferença. Caso fique pelo caminho, a Alvinegra campineira garantirá participação na Sul-Americana. Do contrário, a continuação no torneio nacional implica a perda do direito de disputar a competição continental.
 
É nesta encruzilhada que a Ponte entrou em campo nesta quarta com um time misto, formado em sua maioria por reservas. A maioria deles, apesar da chance de mostrar serviço, mostrou desinteresse. Chiquinho e Alemão, desde o início, e Adrianinho, que entrou na etapa final, foram os que tentaram algo de diferente. O primeiro acertou a trave em duas cobranças de falta. Alemão teve azar ao testar firme e ver a bola bater nas duas traves. O Nacional foi mais efetivo. Em uma das poucas chances dos visitantes, Danilo Rios concluiu de primeira, com precisão, no segundo tempo, para definir o placar. No fim, a torcida vaiou a postura da Ponte. O público no Majestoso foi de 2453 pagantes, com R$ 16.746,00 de renda.
 
Antes de decidir o futuro na Copa do Brasil, os times voltam as atenções para o Campeonato Brasileiro. Pela Série D, o Nacional retorna a campo dia 21, contra o Paragominas, em casa, para tentar manter o aproveitamento de 100% na competição. Na elite nacional, a Macaca enfrenta o Bahia, sábado, às 21h, novamente no Majestoso. É a chance de a equipe se reabilitar diante da torcida. Foi a quarta derrota consecutiva como mandante ? antes, havia caído para São Paulo, Atlético-PR e Botafogo.
 
 
ASA 0 x 2 Flamengo
Para os próximos jogos do Flamengo, Nixon colocou mais um ponto de interrogação na cabeça de Mano Menezes para a vaga de um barrado Carlos Eduardo. Se Adryan e Val foram as primeiras opções, o atacante de 21 anos também se credenciou ao posto. Na noite desta quarta-feira, no Estádio Coaracy da Mata, ele entrou no segundo tempo e foi o responsável pela vitória por 2 a 0 de um Flamengo pouco inspirado sobre um desfalcado ASA. A dez dias de seu aniversário, o jovem antecipou o presente, fez o dele e ainda deu passe para outro, marcado por Marcelo Moreno, deixando o time mais perto das oitavas de final da Copa do Brasil.
 
O Flamengo com Val e Adryan (e sem Carlos Eduardo e Gabriel - vetado com febre) não conseguiu ser ofensivo. Mesmo contra um adversário sem seis jogadores, entre eles Lúcio Maranhão - que não pôde jogar por já ter defendido o Vitória no torneio -, só conseguiu ameaçar nas bolas paradas. Mano corrigiu a escalação no segundo tempo, deu nova chance a Carlos Eduardo, mas quem mudou a cara do jogo foi Nixon.
 
Diferente das duas primeiras fases do torneio, o triunfo por dois gols de diferença fora de casa não elimina o jogo de volta. Assim, Flamengo e ASA se reencontram na próxima quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). O Rubro-Negro poderá perder até por um gol que garantirá a vaga nas oitavas de final da competição. Antes disso, terá um importante compromisso pelo Brasileirão: fará o clássico contra o Vasco, às 18h30m de domingo, no Mané Garrincha (em Brasília). Um dia antes, o ASA visita o Ceará no Castelão, às 21h.
 
 
Internacional 3 x 1 América-MG
Na base da vontade, o Inter conseguiu virar e vencer o América-MG por 3 a 1 na noite desta quarta-feira, em partida de ida pela terceira fase da Copa do Brasil. Após um primeiro tempo sonolento, em que o colorado assistiu aos mineiros abrirem o placar com Rodriguinho, o clube gaúcho acordou na etapa complementar e marcou com D?Alessandro, Forlán e Maurides.
 
Com o resultado, o time de Dunga criou saldo para o jogo de volta, marcado para o dia 17 de julho, no Independência, em Belo Horizonte. Pode empatar, perder por um gol de diferença ou a partir do 4 a 2 que garante classificação para a próxima fase do torneio. Triunfo por 3 a 1 dos mineiros leva a partida aos pênaltis.
 
Antes disso, porém, as duas equipes retornam ao Brasileiro das séries A e B, respectivamente. No sábado, às 18h30m, o Colorado vai até Macaé enfrentar o Fluminense. Já o Coelho, no mesmo dia, mas às 16h20m, recebe o Bragantino no Independência.
 
 
Santos 1 x 1 Crac-GO
Neymar voltou à Vila Belmiro na noite desta quarta-feira, agora para ficar na "arquibancada". No palco onde brilhou por quatro anos, o atacante não começou bem como torcedor. O agora jogador do Barcelona foi apoiar a nova safra de Meninos da Vila, mas viu um time desorganizado em campo diante de um adversário eficiente. O Santos saiu na frente, com um golaço de Leandrinho, mas o Crac reagiu, empatou o jogo em 1 a 1 e voltou para Goiás com a vantagem na bagagem para chegar às oitavas de final da Copa do Brasil.
 
O jogo de volta será no próximo dia 24, às 21h50m (de Brasília), no estádio no Genervino da Fonseca, em Catalão. Quem vencer leva a vaga, mas a equipe goiana joga por um empate sem gols para avançar - novo 1 a 1 levará o duelo para os pênaltis, e qualquer igualdade a partir de 2 a 2 é do time alvinegro.
 
Antes, o Santos volta a campo no sábado, às 18h30m (de Brasília), quando enfrenta a Portuguesa na Vila, pela sétima rodada do Brasileirão. O Peixe é o décimo colocado, com oito pontos. O Crac, por sua vez, tenta a reabilitação na Série C. O Leão do Sul, lanterna do grupo B com um ponto após três rodadas, também joga sábado, às 19h (de Brasília), contra o Vila Nova, no Serra Dourada.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

'Gordinho da moto preta' que aterrorizava Aquidauana e Anastácio disse que 'roubava por prazer'

2
Policial

Homem procura Polícia Civil para 'denunciar' conversa de esposa com desconhecido no WhatsApp

3
Policial

Após investigação policial, mulher é presa por tráfico de drogas no Cristo Rei

4
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece 6 vagas de emprego nesta sexta-feira

Vídeos

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Fiações rompidas são recuperadas e motoristas ‘fora do padrão’ podem ser responsabilizados

Moradores de Anastácio flagram óleo descendo para Rio Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
6,45m
Miranda
6,08m
Paraguai
1,72m

Colunas e Blogs

Robinson L Araújo

DEPRESSÃO NÃO É FRESCURA.

Rosildo Barcellos

Andar por Andar !

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: AFINAL, PARA QUE SERVE UM PÓS-D...

Ver Mais Colunas
498110473