A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
23 de Novembro de 2017
Anuncie Aqui
8504

Confira os resultados desta quarta-feira na Recopa, Libertadores e Copa do Brasil

Corinthians bate o São Paulo e é campeão da Recopa Sul-Americana. Olimpia marca no último minuto e complica o Galo na decisão da Libertadores. Fla, Inter, Cruzeiro, Salgueiro e Goiás avançam na Copa do Brasil

18 JUL 2013 - 08h35min
Globoesporte.com
RECOPA SUL-AMERICANA 2013 (FINAL - JOGO DE VOLTA)
 
Corinthians 2 x 0 São Paulo (*foto)
Todo Poderoso > Soberano. Assim, com a simplicidade utilizada nas redes sociais, dá para afirmar com toda certeza que o Corinthians, cada dia mais poderoso, deixou para trás o São Paulo, de soberania praticamente aposentada. Foi o próprio Rogério Ceni quem reconheceu isso, ao final da partida:
 
- O São Paulo parou no tempo - disse o goleiro
 
E o Corinthians segue voando. O título da Recopa Sul-Americana de 2013, conquistado nesta quarta-feira, no estádio do Pacaembu, com uma vitória por 2 a 0 (gols de Romarinho e Danilo, depois de já ter vencido o primeiro jogo por 2 a 1), é talvez a prova que faltava para sacramentar esse status.
 
A Recopa, definitivamente, não é daqueles títulos que abrilhantam uma galeria de time grande. É apenas mais um. Gostoso de ganhar, obviamente. Mas para o torcedor corintiano, campeão invicto da Libertadores no ano passado, encontrar o São Paulo, atual vencedor da Copa Sul-Americana, neste torneio relâmpago, de apenas duas partidas, era o que faltava para consolidar sua internacionalização.
 
Afinal, nada mais emblemático do que coroar a sequência Libertadores, Mundial e Recopa com duas vitórias incontestáveis sobre um rival do tamanho do São Paulo. Rival que, com a alcunha de "Soberano", tripudiou durante anos em cima do Timão, riu do time alvinegro na Série B. Mas que parou no tempo e viu o Corinthians ressurgir forte. Como o "Todo Poderoso", como canta a Fiel.
 
A crise do São Paulo parece não ter fim. Mudar Ney Franco por Paulo Autuori ainda não trouxe resultados. Já são nove jogos sem vitória, contando Brasileirão, amistoso e Recopa, com seis derrotas seguidas, além de problemas internos e proximidade com a zona de rebaixamento do campeonato nacional. Definitivamente, as coisas não andam bem pelos lados do Morumbi.
 
 
TAÇA LIBERTADORES DA AMÉRICA 2013 (FINAL - JOGO DE IDA)
 
Olimpia 2 x 0 Atlético-MG
Como não acreditar nos milagres de Victor, no gigantismo de Leonardo Silva, na liderança de Réver? Por que não crer na raça de Pierre, Josué e Leandro Donizete, e na dedicação de Luan? Quem duvida da genialidade de Ronaldinho, da alegria nas pernas de Bernard, do talento de Diego Tardelli e do instinto artilheiro de Jô? É preciso acreditar na camiseta da fé de Cuca, no grito, no choro e nas orações da Massa.
 
O Galo perdeu por 2 a 0. Saiu atrás do Olimpia na decisão da Libertadores, com o baque de um gol a dez segundos do fim, em cobrança de falta de Pittoni, aquele que atuou pelo Figueirense. A história do time neste torneio, contra São Paulo, contra o pênalti do Tijuana, contra a vantagem do Newell?s, mostra que é preciso, é um compromisso acreditar no título.
 
Uma vitória do Atlético por dois gols de diferença levará a decisão para a prorrogação. Qualquer uma: 2 a 0, 3 a 1, 4 a 2... Na final não há o peso do gol marcado fora de casa. Se a equipe de Cuca abrir três ou mais gols, comemora ao fim dos 90 minutos. O Olimpia jogará pelo empate ou uma derrota por vantagem mínima.
 
No penúltimo capítulo dessa história de emoção pura, o Defensores del Chaco pulsou. Não houve um paraguaio que não participasse do incrível mosaico de 360 graus, que alertava: ?El Rey quiere la 4ta?. Não é preciso traduzir o desejo dos tricampeões.
 
Lutar, lutar, lutar... A torcida do Galo lutou bravamente. Minoria, se fez ouvir no campo adversário. Cantou o hino e tudo que foi possível contra mais de 30 mil vozes. Tem nada, não. Na próxima quarta-feira serão mais de 60 mil no Mineirão, mas sem os laterais titulares Marcos Rocha e Richarlyson, suspensos.
 
A atuação foi inferior ao que o Atlético pode mostrar. Será preciso jogar mais na semana que vem. No último capítulo, o último ato, a última cena. Os atleticanos não vão dormir bem pelos próximos sete dias. O que são sete dias para quem guarda e ensaia o grito há tantos e tantos anos?
 
 
COPA DO BRASIL 2013 (TERCEIRA FASE - JOGOS DE IDA E VOLTA)
 
Atlético-GO 0 x 1 Cruzeiro
Com um time misto, o Cruzeiro venceu o Atlético-GO, por 1 a 0, gol de Lucca, na noite desta quarta-feira, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, e garantiu vaga na próxima fase da Copa do Brasil. Como já havia vencido o primeiro confronto por 5 a 0, na última semana, no Mineirão, o placar agregado ficou 6 a 0 para o time mineiro. Com isso, o sonho da conquista do pentacampeonato está vivo para o Cruzeiro.
 
O fato de a Raposa ter atuado com apenas dois titulares, Fábio e Egídio, não tornou a tarefa do Dragão mais simples. Os goianos tentaram melhor sorte, mas a diferença de nível técnico entre as duas equipes é notável, e o Cruzeiro não teve dificuldades em criar e administrar um placar que lhe era favorável. O público pagante, de 1.280 pessoas, a maioria absoluta de cruzeirenses, proporcionou renda de R$ 33.750,00.
 
O Cruzeiro agora se junta aos outros nove classificados desta terceira fase e a cinco dos seis times que participaram da Taça Libertadores, além do Vasco, para a disputa das oitavas de final da Copa do Brasil. A CBF ainda vai fazer o sorteio dos confrontos e datas.
 
Os dois times, agora, voltam o pensamento para o Campeonato Brasileiro. Pela Série A, o Cruzeiro enfrentará o São Paulo, neste sábado, às 18h30m (de Brasília), no Morumbi. O compromisso do Atlético-GO será pela Série B, também sábado, só que às 21h. O adversário é o ASA, e o jogo, no Municipal de Arapiraca, em Alagoas.
 
 
Criciúma 1 x 1 Salgueiro
A torcida do Criciúma gritou, acordou o time quando o momento não era bom, mas não foi o bastante. O time da casa passou a maior parte do tempo na frente no placar nesta quarta-feira, no Heriberto Hülse. Porém, aos 41 minutos da etapa final, numa bola mal afastada, o Salgueiro deu o golpe preciso. Fabrício Ceará botou a bola na rede e o time sertanejo nas oitavas de final da competição. O empate em 1 a 1 rendeu um feito inédito para um clube do interior de Pernambuco.
 
No jogo de ida, em Salgueiro, as equipes empataram em 0 a 0, e o gol na casa do adversário pesou na classificação. Agora, o Carcará espera o sorteio da CBF para conhecer seu próximo adversário e as datas dos jogos. Depois de tirar o Vitória do torneio, a equipe eliminou o segundo time Série A do Campeonato Brasileiro.
 
Para evitar os pênaltis e construir um placar seguro, o Criciúma tentou ser todo ataque desde o começo. Não conseguiu porque o Salgueiro estava com a marcação bem ajustada. Para derrubar o primeiro zero do placar, a persistência do time foi incorporada por Fábio Ferreira, que acreditou na falha de Mondragon.
 
O goleiro soltou, e o zagueiro botou para dentro. Foi uma das poucas chances de Tigre na etapa. Depois de bons 15 minutos pernambucanos, os mandantes retomaram as rédeas da partida. Foram três boas chances, e dois milagres de Mondragon. E o camisa 1 deu ânimo ao time de vermelho, que chegou à igualdade aos 41 minutos da etapa final, selando a classificação.
 
Pelo Campeonato Brasileiro, o Criciúma volta a campo no sábado, às 18h30m, contra o Grêmio no Heriberto Hülse. O Salgueiro ganhou "folga", porque a sua próxima a partida pela Série D será somente no dia 28, contra o Ypiranga-AP, no estádio Cornélio de Barros, no sertão pernambucano.
 
 
Flamengo 2 x 1 ASA
Não foi suficiente para matar uma saudade que já durava 88 dias. Primeiro, pelo futebol apresentado em campo. Segundo, porque um jogo apenas é muito pouco. Mas ao menos o Flamengo retornou ao Rio de Janeiro, após quase três meses, com vitória. Em exibição morna e sem muita inspiração, o Rubro-Negro fez 2 a 1 no ASA de Arapiraca, nesta quarta-feira, em Volta Redonda, manteve os 100% de aproveitamento na Copa do Brasil, e avançou às oitavas de final. Elias, capitão na ausência de Léo Moura, e Marcelo Moreno fizeram os gols, enquanto Osmar anotou para os alagoanos, que chegaram a pressionar no segundo tempo depois do empate. Apenas 2.284 pessoas pagaram ingresso no retorno do Fla, para renda de R$ 61.386,00.
 
A vitória foi a terceira consecutiva sob o comando de Mano Menezes, e o time agora está há seis partidas sem perder. O adversário na fase seguinte sairá de sorteio a ser realizado pela CBF por conta das entradas do Vasco e dos participantes da Libertadores na competição. No próximo domingo, o Flamengo encara o Internacional, no estádio Centenário, às 16h (de Brasília), em Caxias do Sul, pela oitava rodada do Brasileirão. Já o ASA tenta escapar da zona de rebaixamento da Série B em confronto com o Atlético-GO, sábado, às 21h, em Arapiraca.
 
 
América-MG 1 x 1 Internacional
Valeu pelo resultado. Ou melhor, pela classificação. E, claro, pela fase de D'Alessandro. Mais uma vez, o argentino foi o diferencial do Inter e garantiu o empate em 1 a 1 com o América-MG na noite desta quarta-feira no Independência, em Belo Horizonte. Como tinha vencido o jogo de ida por 3 a 1 no Centenário, em Caxias do Sul, o clube gaúcho garantiu a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil.
 
Tanto no primeiro tempo quanto em grande parte do segundo, o Coelho foi melhor. Nos 45 minutos iniciais, uma pressão que atordoava a defesa colorada. No segundo tempo, os mineiros abriram o placar aos 13, em gol contra de Ronaldo Alves. Dez minutos depois, D'Ale recebeu passe de Jorge Henrique e deixou tudo igual.
 
Com a vaga, o Inter espera por sorteio para saber quem será o próximo adversário na Copa do Brasil. Neste fim de semana, no entanto, o clube gaúcho deixa o torneio de lado e volta a pensar no Brasileirão. No domingo, às 16h, o Colorado recebe o Flamengo no Centenário. O América-MG, que agora só se preocupará com a Série B, enfrentará a líder Chapecoense, às 16h20m de sábado, na Arena Condá, em Chapecó.
 
 
ABC 1 x 1 Goiás
O Goiás está classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil. Após construir boa vantagem no jogo de ida - venceu por 3 a 0 -, no Serra Dourada, o Alviverde empatou por 1 a 1 com o ABC nesta quarta-feira e carimbou a classificação. O confronto foi realizado no Estádio Frasqueirão, em Natal.
 
O Esmeraldino saiu atrás no placar, foi pressionado e sofreu alguns sustos no primeiro tempo. Na segunda etapa, o time do técnico Enderson Moreira soube controlar e segurar as investidas dos donos da casa, que só desanimaram quando sofreram o empate, aos 26 minutos.
 
 
Paysandu 0 x 0 Atlético-PR
Tudo igual em Belém. Paysandu e Atlético-PR empataram por 0 a 0 nesta quarta-feira, no estádio Olímpico do Pará, na primeira partida da terceira fase da Copa do Brasil, no 'retorno' do Papão à competição. O time paraense, que fora eliminado pelo Naviraiense na fase anterior, conseguiu a vaga após a equipe sul-matogrossense ser eliminada pelo STJD por ter escalado um jogador irregular.
 
O confronto de volta será na próxima quarta-feira, dia 24, no Durival Brito, em Curitiba. O vencedor do duelo conquista a classificação. Em caso de novo 0 a 0, a partida seguirá para a decisão nos pênaltis. Qualquer outro empate, a vaga fica com o Papão.
 
Com dois tempos distintos, Papão e Furacão fizeram um jogo aberto. A etapa inicial foi melhor para os bicolores, que dominaram boa parte dos 45 minutos iniciais e tiveram a chance de abrir o placar. Por outro lado, na etapa complementar, os paranaenses, também não conseguiram furar o bloqueio adversário, apesar das jogadas criadas pelos meio-campistas, e o placar nulo foi decretado.

Veja também

Mais Lidas

1
Trânsito

Acidente entre carro e caminhão na MS-339 deixa duas vítimas fatais

2
Policial

Menores invadem a Escola Dep. Carlos Souza Medeiros e deixam rastros de destruição

3
Aquidauana

Chefe de cartório esclarece sobre biometria e multa ao eleitor de Aquidauana

4
Policial

Homem é flagrado praticando ato obsceno no Jd. Campanário

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
4,40m
Miranda
6,72m
Paraguai
1,60m

Colunas e Blogs

Robinson L Araújo

PAIS QUE EDIFICAM SEUS FILHOS

Rosildo Barcellos

O Arroubo Âmago do Cedro!

Pedro Puttini Mendes

O “modelo de lei”, o ambientalismo municipal e a mu...

Ver Mais Colunas
498110536