A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
22 de Novembro de 2017
Anuncie Aqui
8504

Confira os resultados desta quinta-feira da Série A do Brasileirão

Flamengo e Galo vencem Santos e Coritiba e se distanciam da degola; São Paulo vence na estreia de Muricy, e Internacional empata pela décima vez.

13 SET 2013 - 08h15min
Globoesporte.com
CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 - 20ª RODADA
 
Flamengo 2 x 1 Santos (*foto)
O reencontro era de Renato Abreu com o Flamengo, clube de onde teve uma saída conturbada após ser acusado de indisciplina. O apoiador foi aplaudido pelos 16.203 torcedores pagantes (20.780 presentes), recebeu homenagem com faixa na arquibancada, mas foi Léo Moura quem teve o reencontro mais especial. O lateral-direito voltou a balançar a rede após um ano e cinco meses, de 62 jogos, e ajudou o Rubro-Negro na apertada vitória por 2 a 1 sobre um empolgado, mas desgastado e desfalcado Santos, na noite desta quinta-feira, no Maracanã, na abertura do returno do Campeonato Brasileiro. Artilheiros de suas equipes com seis gols cada, Hernane e Cícero completaram o placar, que deixou os cariocas mais distantes do Z-4, e os paulistas, do G-4. A renda da partida foi de R$ 669.520,00.
 
O último gol de Léo Moura havia sido na derrota por 3 a 2 para o Emelec, pela Libertadores do ano passado. A noite só não foi perfeita para o lateral porque ele voltou a sentir a coxa e deixou o campo com dores no segundo tempo. Ao fim da partida, o camisa 2 elogiou o time, a atuação e pediu sequência para o time conseguir duas vitórias seguidas pela primeira vez na competição.
 
Ao Santos, que atuou com uma camisa em homenagem aos 50 anos do bi da Libertadores (1962-1963), faltou fôlego. Após ter enfrentado o Internacional em menos de 48 horas e sem oito jogadores - cinco lesionados e três poupados -, cansou no segundo tempo. Mesmo assim, Thiago Ribeiro desperdiçou boas chances de empatar o duelo no fim. Renato Abreu atribuiu parte do resultado ao desgaste da equipe e reclamou da maratona.
 
Com o triunfo, o Fla chegou a 25 pontos, abriu três da zona de rebaixamento e ainda ganhou quatro posições ao fim da rodada, assumindo o 11º lugar. Já o Peixe desperdiçou uma oportunidade para encostar na zona de classificação para a Libertadores. A derrota manteve o time com 28 pontos, na sétima posição. Na próxima rodada rodada, o Fla volta a campo contra a Ponte Preta no domingo, às 16h (de Brasília), no Moisés Lucarelli. Às 18h30m do mesmo dia, o Alvinegro praiano receberá o Botafogo na Vila Belmiro.
 
 
Internacional 2 x 2 Vitória
Os donos da casa entraram em campo visando ao G-4, e os visitantes tentavam ganhar um pouco mais de distância da zona de rebaixamento. Em uma noite de mais transpiração do que inspiração, Inter e Vitória empataram em 2 a 2 no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, e terminaram a primeira rodada do returno do Brasileirão com um sentimento de frustração. Os gringos D'Alessandro e Cáceres, com dois gols cada, foram os artilheiros da noite.
 
O Colorado não vive uma lua de mel em sua nova casa (provisória, enquanto o Beira-Rio encontra-se em obras para a Copa 2014). Nos seis jogos disputados no Vale, venceu apenas o Corinthians, e o tropeço desta quarta-feira o impediu de ficar a dois pontos do Atlético-PR, quarto colocado ? razões que levaram a torcida a se dirigir ao técnico Dunga com o coro de "burro". Com 31, os gaúchos estão em quinto lugar. O Rubro-Negro baiano, por sua vez, segue sem vencer sob o comando de Ney Franco: dois empates e uma derrota desde que assumiu. Ocupa a 13º colocação com os mesmos 24 pontos de Vasco (14º) e Bahia (15º), apenas dois acima da Portuguesa, primeiro time do Z-4.
 
Os dois times voltam a campo no domingo. O Inter vai até Santa Catarina, onde enfrenta o Criciúma no Heriberto Hülse, às 16h (de Brasília). O Vitória recebe o lanterna Náutico no Barradão, às 18h30m (de Brasília).
 
 
São Paulo 1 x 0 Ponte Preta
O retorno de Muricy Ramalho ao São Paulo teve o que os tricolores esperavam. Estádio com bom público, homenagens ao treinador, gritos de apoio da torcida, aplausos da arquibancada em reconhecimento ao espírito de luta demonstrado pelo time e, principalmente, vitória. O magro triunfo do time paulista contra a Ponte Preta por 1 a 0, na noite desta quinta-feira, no Morumbi, pode não ter sido tão brilhante, mas serviu para dar mais ânimo na disputa do segundo turno do Campeonato Brasileiro.
 
Se no primeiro tempo o São Paulo parou na boa atuação de Roberto, a equipe de Muricy precisou de apenas dois minutos na segunda etapa para fazer o gol da vitória, com Luis Fabiano. Em desvantagem no marcador, a Macaca abriu mão da retranca e até tentou esboçar uma pressão, mas parou na fragilidade do seu setor de criação e nas poucas opções de qualidade no ataque para auxiliar William.
 
O resultado mantém os dois times na zona de rebaixamento, mas com situação mais crítica para o time de Campinas. O São Paulo continua na 18ª posição, agora com 21 pontos, dois atrás do Fluminense, primeiro fora da degola; a Macaca permanece na vice-lanterna, com apenas 15.
 
Na próxima rodada, os dois times voltam a encarar adversários assombrados pelo Z-4. O São Paulo vai até o Rio de Janeiro enfrentar o Vasco, em São Januário, no domingo, às 16h. No mesmo dia e horário, a Ponte Preta recebe o Flamengo no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.
 
 
Atlético-MG 3 x 0 Coritiba
A torcida do Atlético-MG vai dormir sorrindo de novo. Nesta quinta-feira, no Independência, o time voltou a ser o dono do Horto, mostrou o futebol da época da Taça Libertadores e venceu o Coritiba, por 3 a 0, em partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, a primeira do returno. Com muita pegada e determinação, o Galo não tomou conhecimento do adversário e, com a vitória, deixou a zona de rebaixamento da competição, alcançando o décimo lugar na tabela, com 25 pontos. Jô, que voltou às pressas dos Estados Unidos, onde defendeu a seleção brasileira no amistoso contra Portugal, foi o grande nome da partida. Somente no primeiro tempo, marcou três gols.
 
O confronto, que pode ter marcado a recuperação do Galo no torneio, curiosamente, iniciou a contagem regressiva do que pode ser o maior jogo da história do clube mineiro. Afinal de contas, faltam cem dias para a final do Mundial de Clubes, no Marrocos, que será realizada no dia 21 de dezembro. Porém, antes disso, o Atlético-MG terá de enfrentar um difícil adversário. Neste domingo, às 18h30m (de Brasília), encara o Grêmio, terceiro colocado, em Porto Alegre.
 
O Coritiba, que vinha de uma vitória sobre o São Paulo, sem poder contar com Alex, que foi novamente poupado, não conseguiu suportar o futebol envolvente do Galo. Com vários desfalques, inclusive Keirrison, que foi vetado no vestiário do Independência, foi presa fácil. Resta agora buscar a recuperação em casa, no Couto Pereira, neste domingo, às 16h. Com o resultado, o Coxa se manteve com 28 pontos, na oitava posição da tabela.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Homem foi executado com tiros e suspeita é de "guerra" entre grupos

2
Aquidauana

Prefeitura convoca mais 34 candidatos aprovados em concurso público

3
Aquidauana

Acidente entre carro, moto e bicicleta no Ovídio Costa II envolve jovem, criança e mulher grávida

4
Aquidauana

Correntes que circulam pelo WhatsApp deixam população em dúvida sobre o que é real e o que é invenção

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
4,40m
Miranda
6,72m
Paraguai
1,60m

Colunas e Blogs

Robinson L Araújo

PAIS QUE EDIFICAM SEUS FILHOS

Rosildo Barcellos

O Arroubo Âmago do Cedro!

Pedro Puttini Mendes

O “modelo de lei”, o ambientalismo municipal e a mu...

Ver Mais Colunas
498110765