A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
23 de Novembro de 2017
Anuncie Aqui
8500

Confira os resultados deste domingo no Brasileiro Série A, C e D e em cinco estaduais

Vasco bate o Fluminense no retorno dos clássicos ao Maracanã. Cuiabá enfia seis no Baraúnas. Aimoré se garante na primeira divisão do Gaúcho em 2014

22 JUL 2013 - 08h55min
Globoesporte.com
CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 (8ª RODADA)
 
Fluminense 1 x 3 Vasco (*foto)
A reabertura do Maracanã aos clubes teve show de um velho conhecido do estádio. Na reestreia pelo Vasco, Juninho Pernambucano voltou a ser protagonista após 12 anos longe de um dos palcos em que mais marcou sua carreira no clube. Na noite deste domingo, novo brilho: gol, assistência e aplausos para o camisa 8. André e Tenorio também marcaram, o Cruz-Maltino fez 3 a 1 sobre um Fluminense com menos dois - Fred e Digão foram expulsos - e se distanciou da zona de rebaixamento. O time agora é o 11º colocado, com dez pontos, e deixou para trás o Tricolor, que descontou com Carlinhos, com nove pontos na 14ª posição.
 
Antes do jogo, os tricolores provocaram o adversário com um mosaico na arquibancada com os dizeres "É o destino...", em referência à musica cantada pela torcida para se gabar quando leva vantagem sobre os vascaínos. Mas diante de um público de 34.634 pagantes (46.860 presentes), e renda de R$ 1.554.510,00, o Vasco se vingou em campo e reencontrou o caminho das vitórias após três jogos. Tenorio, que entrou no segundo tempo no lugar de Eder Luis e foi o autor do último gol do clássico, comemorou em dose dupla: pelo triunfo e pela volta de Juninho ao time.
 
- O Vasco fez uma boa partida. Em outros jogos cometemos erros que nos levaram à derrota. Mas não podemos relaxar, temos que trabalhar ainda mais forte para seguir melhorando. Ainda estamos lá embaixo da tabela.
 
Já o Fluminense chega a sua terceira derrota seguida e se vê próximo da zona de rebaixamento. Com a volta de Deco, o time começou bem, mas a expulsão de Fred, logo aos 25 minutos do primeiro tempo, pesou para a atuação. E o técnico Abel Braga, que viu o Flu sofrer mais três gols no campeonato - já são 13 em oito jogos - lamentou com uma frase forte no intervalo.
 
- Está muito fácil fazer gol no Fluminense - observou.
 
Na próxima rodada, o Vasco recebe o Criciúma no sábado, às 18h30m (de Brasília), em São Januário. No dia seguinte, o Fluminense visita o Grêmio às 16h, na Arena do Grêmio.
 
 
Internacional 1 x 0 Flamengo
Em um duelo extremamente equilibrado durante quase todo o tempo, coube a um ex-ídolo do Flamengo decidir a partida a favor do Internacional. Nos acréscimos, o zagueiro Juan aproveitou uma saída em falso do goleiro Felipe e decretou a vitória do Colorado sobre o Rubro-Negro por 1 a 0 no estádio Centenário, em Caxias do Sul. Como havia prometido, o defensor não comemorou o gol em respeito ao clube no qual foi formado e ainda fez reverência à torcida visitante com a mão no peito. Mesmo sob frio intenso - 6ºC em média - 8.038 pessoas pagaram ingresso, com renda de R$ 219.920,00.
 
O jogo marcou o encontro entre Dunga e Mano Menezes, os dois últimos técnicos da seleção brasileira, e foi bastante disputado. O time gaúcho manteve longa escrita diante do rival, para quem não perde no Rio Grande do Sul desde 2002. O Flamengo, por sua vez, viu ser encerrada sua série de seis jogos sem perder (cinco oficiais e um amistoso, contra o São Paulo) e sofreu seu primeiro revés sob o comando de Mano Menezes. O Colorado segue próximo aos líderes, em quarto lugar com 15 pontos ganhos, enquanto o Rubro-Negro parou nos nove pontos e permanece na metade de baixo da tabela, na 15ª posição.
 
Na próxima rodada, o Internacional visita o Náutico na Arena Pernambuco, no domingo, às 16h (de Brasília). Já o Flamengo faz seu retorno ao Maracanã no clássico contra o Botafogo, domingo, às 18h30m.
 
 
Atlético-PR 1 x 1 Corinthians
Sob chuva forte, Atlético-PR e Corinthians ficaram no empate por 1 a 1 no estádio Durival de Britto, a Vila Capanema, em Curitiba, neste domingo. Atrapalhados pelo gramado pesado e cheio de poças, os dois times mal conseguiram criar jogadas e saíram com um ponto cada. Resultado ruim para ambos.
 
O gol atleticano saiu logo no começo, quando o gramado ainda estava seco, em cochilo da defesa alvinegra - que teve atuação desastrada, desde as laterais até o miolo de zaga. Marcelo aproveitou passe de Paulo Baier e abriu o placar. Sem alternativas por conta da chuva, o Timão teve seu estilo de troca de passes prejudicado, e conseguiu empatar em jogada isolada, de Renato Augusto. O meia escapou aos trancos e barrancos e deu assistência precisa para Alexandre Pato igualar o placar. Coincidentemente, foram os dois substitutos dos titulares Sheik e Guerrero, poupados pelo técnico Tite.
 
Até aqui, a volta do Furacão à primeira divisão está longe do que sonhou a barulhenta torcida rubro-negra. Com sete pontos, a equipe paranaense continua na zona de rebaixamento, em 18º. Já o Corinthians, que já foi campeão duas vezes em 2013 (Recopa e Paulistão), mas parece ainda cochilar na competição nacional, permanece na zona intermediária, em 13º, com 10 pontos.
 
O Atlético-PR volta a campo na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil. Após empate sem gols em Belém, a equipe busca uma vitória sobre o Paysandu, às 19h30m (horário de Brasília), em casa, para avançar às oitavas de final. Com a semana dedicada somente aos treinamentos, o Corinthians faz clássico com o São Paulo no domingo, às 16h, no Pacaembu.
 
 
Vitória 0 x 0 Bahia
Um dia de reencontros. Nove anos, nove meses e nove dias depois, Bahia e Vitória voltaram a se encontrar na elite do Campeonato Brasileiro. O clássico não acontecia pela Série A desde outubro de 2003, e as torcidas compareceram em peso para assistir à ressurreição do clássico na principal divisão do futebol brasileiro. No total, 38.980 torcedores marcaram presença na Arena Fonte Nova, palco maior do duelo, que voltou a receber o seus filhos pródigos em um jogo do Brasileirão. Tudo estava pronto para uma grande festa. E assim foi. Espetáculo nas arquibancadas e grande jogo em campo. Só faltou o gol: a partida terminou empatada em 0 a 0.
 
O empate deste domingo marca a continuidade de um tabu que já dura dois anos. A última vez em que o Rubro-Negro perdeu para o seu maior rival foi no dia 1º de maio de 2011, pelo Campeonato Baiano. Apesar do equlíbrio da partida, o Bahia foi quem teve as melhores chances de sair de campo vencedor. A história só não foi escrita em vermelho, azul e branco graças à grande atuação do goleiro Wilson, que parou Talisca e, principalmente, Fernandão, dono da maior oportunidade de gol da partida.
 
Com o resultado deste domingo, o Vitória passou a somar 14 pontos e caiu para o 5º lugar na tabela, já que começou a 8ª rodada na segunda posição. Já o Bahia passou a somar 13 pontos e agora ocupa a 6ª colocação. Na próxima rodada, o Rubro-Negro vai até a capital paranaense enfrentar o Coritiba, no domingo (28), no Couto Pereira. Já o Tricolor recebe no mesmo dia o Goiás, na Fonte Nova.  As duas partidas começam às 18h30m (horário de Brasília).
 
 
Santos 2 x 2 Coritiba
Em mais uma tarde inspirada, Alex foi o grande nome do empate por 2 a 2 entre Santos e Coritiba, na Vila Belmiro, neste domingo, pela oitava rodada do Brasileirão. Com um golaço e outro no fim do jogo, o meia do Coxa evitou a primeira derrota da equipe. Pelo lado do Peixe, o garoto Neílton também brilhou, fazendo um dos gols - Cícero marcou o outro.
 
Com o resultado, o time paranaense foi a 16 pontos, igualando-se ao líder Botafogo, mas em segundo por causa do saldo de gols (5 a 4). O Peixe chegou aos 12, ficando na sétima colocação.
 
O Santos volta a campo no próximo sábado, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas. Já o Coritiba encara o Vitória no domingo, no Couto Pereira, em Curitiba.
 
 
Goiás 2 x 1 Portuguesa
O Goiás continua reagindo após a Copa das Confederações para se afastar das últimas colocações do Campeonato Brasileiro. Depois de um susto no primeiro tempo, o Esmeraldino contou com dois gols do meia Renan Oliveira para virar por 2 a 1 sobre a Portuguesa, neste domingo, no Serra Dourada. A Lusa mergulha de vez na crise.
 
O clube do Centro-Oeste, agora com 12 pontos, em nono lugar, foi melhor em praticamente toda a partida. O placar poderia ter sido mais amplo, mas Walter perdeu um gol incrível no primeiro tempo. A compensação veio depois, com dois passes para o companheiro marcar. Esta foi a primeira vez que o time fez dois gols em um mesmo jogo no torneio.
 
Já a Portuguesa chega ao sexto jogo sem vencer e começa a se complicar. A Rubro-Verde permanece com apenas sete pontos, em penúltimo lugar, superando apenas o Náutico, com quatro.
 
O Goiás volta a jogar no próximo domingo, contra o Bahia, às 18h30m, na Fonte Nova, em Salvador. No mesmo horário, mas no sábado, a Portuguesa recebe o Atlético-PR, no Canindé, em São Paulo.
 
 
CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C 2013 (PRIMEIRA FASE - 5ª RODADA)
Brasiliense 1 x 0 Fortaleza
Baraúnas 2 x 6 Cuiabá
Águia de Marabá 1 x 1 Santa Cruz
Treze 0 x 1 CRB
Rio Branco-AC 0 x 3 Sampaio Corrêa
 
CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D 2013 (PRIMEIRA FASE - 5ª RODADA)
Ypiranga-PE 3 x 1 Potiguar de Mossoró
Juazeirense 1 x 0 CSA
Botafogo-PB 2 x 0 Vitória da Conquista
Goianésia 1 x 0 Brasília
Metropolitano 2 x 1 JMalucelli
Náutico-RR 1 x 0 Genus
Nacional-AM 1 x 3 Paragominas
Águia Negra 0 x 0 Aparecidense
 
CAMPEONATO PAULISTA SEGUNDA DIVISÃO 2013 (PRIMEIRA FASE - 10ª E ÚLTIMA RODADA)
Tupã 5 x 0 Presidente Prudente
José Bonifácio 0 x 3 Matonense
Fernandópolis 1 x 0 Bandeirante
Pirassununguense 6 x 0 Radium
Taboão da Serra 0 x 0 Desportivo Brasil
Tanabi 1 x 0 Araçatuba
Manthiqueira 1 x 1 União Mogi
Mauaense 2 x 4 Água Santa
Osasco 0 x 1 Cotia
Jabaquara 2 x 1 EC São Bernardo
Ecus Suzano 0 x 0 Jacareí
Atlético Mogi 2 x 2 Suzano
Primavera 2 x 2 Guarulhos
Nacional-SP 10 x 0 SEV Hortolândia
Inter de Bebedouro 3 x 1 Taquaritinga
Olimpia-SP 1 x 0 Guariba
XV de Jaú 4 x 2 Palmeirinha
Osvaldo Cruz 1 x 2 Grêmio Prudente
Sumaré 0 x 5 Atibaia
Américo 3 x 0 Paulistinha
Diadema 0 x 1 Portuguesa Santista
*Obs.: Fernandópolis, Taboão da Serra, Assisense, Diadema, Matonense, Tanabi, Portuguesa Santista, Ecus, Grêmio Prudente, Paulistinha, Araçatuba, Inter de Bebedouro, União Suzano, Olímpia, SEV Hortolândia, XV de Jaú, Água Santa, Osasco, União Mogi, Primavera, Atibaia, Tupã, Américo e Cotia se classificaram para a próxima fase.
 
COPA PAULISTA 2013 (PRIMEIRA FASE - 2ª RODADA)
Independente-SP 0 x 0 Comercial-SP
Rio Preto-SP 2 x 1 Monte Azul
São Bernardo FC 1 x 1 São Caetano
 
CAMPEONATO CARIOCA SÉRIE C 2013 (SEGUNDA FASE- PRIMEIRO TURNO - 1ª RODADA)
São Pedro-RJ 1 x 0 Duquecaxiense
Serrano-RJ 0 x 1 Miguel Couto
Mangaratibense 1 x 0 União Central
Villa Rio 0 x 0 Queimados
São Gonçalo FC 0 x 0 Arraial do Cabo
 
CAMPEONATO GAÚCHO SEGUNDA DIVISÃO 2013 (DISPUTA PELO 3º LUGAR - JOGO DE VOLTA)
Aimoré 1 x 1 Riograndense
Obs.: O Aimoré garantiu vaga na primeira divisão de 2014.
 
CAMPEONATO CATARINENSE SEGUNDA DIVISÃO 2013 (SEGUNDO TURNO  - 3ª RODADA)
Caçador 2 x 2 Tubarão

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Menores invadem a Escola Dep. Carlos Souza Medeiros e deixam rastros de destruição

2
Aquidauana

Chefe de cartório esclarece sobre biometria e multa ao eleitor de Aquidauana

3
Policial

Homem é flagrado praticando ato obsceno no Jd. Campanário

4
Geral

Homem morre após cair de escada durante seu primeiro dia de trabalho

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
4,40m
Miranda
6,72m
Paraguai
1,60m

Colunas e Blogs

Robinson L Araújo

PAIS QUE EDIFICAM SEUS FILHOS

Rosildo Barcellos

O Arroubo Âmago do Cedro!

Pedro Puttini Mendes

O “modelo de lei”, o ambientalismo municipal e a mu...

Ver Mais Colunas
498110454