A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
24 de Novembro de 2017
Anuncie Aqui
8504

Confira os resultados deste sábado nas Séries A, B, C e D do Brasileiro

Guarani perde a invencibilidade na C do Brasileiro; Grêmio alcança o Cruzeiro no Brasileirão

1 SET 2013 - 09h10min
Globoesporte.com
CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 - 17ª RODADA
 
Portuguesa 4 x 2 Bahia (*foto)
No terceiro encontro em dez dias entre Portuguesa e Bahia, naquele que era considerado por ambas as equipes o mais importante, deu Lusa. Depois de poupar seus principais jogadores e ser eliminado da Copa Sul-Americana pelo Tricolor baiano nos últimos dias, o time rubro-verde se vingou e derrotou o rival por 4 a 2, na noite deste sábado, no estádio do Canindé, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.
 
Com força total na escalação, a Portuguesa entrou em campo com um ritmo alucinante e precisou de apenas seis minutos para dar grande passo rumo aos três pontos. Moisés Moura e Gilberto (duas vezes) deixaram a Lusa em confortável vantagem logo no início para depois ter só de administrar o resultado. O Bahia, também com seus principais jogadores ao contrário do que aconteceu na Sul-Americana, não conseguiu repetir a competitividade daqueles 2 a 1 e 0 a 0 que classificaram o time no torneio continental. Na segunda etapa, até descontou com Fernandão e Wallyson, mas Bergson fez o quarto dos donos da casa.
 
O resultado desta noite não serviu para tirar a Portuguesa da zona de rebaixamento do Brasileirão (é 18ª colocada, com 16 pontos), mas com certeza ajudou a renovar o ânimo da equipe, que se propôs a fazer seis pontos nos dois jogos realizados no Canindé. O primeiro objetivo foi cumprido. O próximo será nesta quarta, em confronto direto com a Ponte Preta.
 
Já o Bahia, mesmo com o revés, vive situação tranquila na classificação. Com 23 pontos, na sétima colocação, a equipe só deixou escapar a oportunidade de se aproximar do G-4 da tabela. Na próxima rodada, o desafio é complicado: enfrentar o líder Cruzeiro, na Fonte Nova, também na quarta-feira.
 
 
Grêmio 1 x 0 Ponte Preta
Lugar de Gladiador é na Arena. A simbologia está longe de ser nova, mas, na noite deste sábado, foi a grande responsável por mais uma vitória - a quinta seguida - do Grêmio de Renato Gaúcho no Brasileirão. O placar, embora mínimo, de 1 a 0 sobre a Ponte Preta, gol de Kleber em falha de Betão e num estádio tomado por 25 mil torcedores, tornou-se gigante já que igualou o Tricolor ao líder Cruzeiro nos mesmos 31 pontos - a Raposa recebe o Vasco no domingo, no fechamento da 17ª rodada, e pode se distanciar novamente.
 
Para os paulistas, o 1 a 0 também acabou sendo um forte placar. Foi a quarta derrota seguida no Nacional, na estreia do técnico Jorginho, o que empurrou a Macaca uma posição mais a fundo na zona de rebaixamento -  está em 18º, com 15 pontos.
 
O Grêmio volta a campo já na terça-feira, às 19h30m, contra o Goiás, de Hugo e Ramon, ambos ex-tricolores, e do sempre perigoso ex-colorado Walter, no Serra Dourada. A Ponte tenta novamente a recuperação diante da Portuguesa, às 21h de quarta, num duelo de desesperados contra as agruras do Z-4, no Canindé.
 
 
Náutico 1 x 4 Atlético-PR
O Atlético-PR usou os 90 minutos de jogo na noite deste sábado na Arena Pernambuco para confirmar que está em grande fase na Série A e que o Náutico é mesmo o mais forte candidato ao rebaixamento no final do ano. O Furacão goleou o Timbu por 4 a 1 sem maiores dificuldades e está firme no G-4, com 30 pontos, e perto da liderança. Ainda no primeiro tempo, Leo, aos 4, e Everton, aos 18, balançaram as redes. Os alvirrubros descontaram com Olivera, aos 41. Na etapa complementar, Ederson, agora artilheiro do Brasileirão com 12 gols, fez o terceiro e o quarto dos visitantes.
 
A vitória levou o Atlético-PR à marca de dez jogos sem derrota na Série A, confirmando o excelente trabalho do técnico Vágner Mancini, que já dirigiu o alvirrubro pernambucano este ano. O Furacão pode até cair para a quarta colocação com o complemento da rodada neste domingo, mas continua dentro do G-4. Já o Náutico permanece estático na lanterna com oito pontos, sem vencer há seis jogos. Se o Criciúma ganhar do Vitória neste domingo, a distância do Timbu para o primeiro time fora da zona de rebaixamento será de 12 pontos.
 
Antes do jogo ter início, a Polícia Militar proibiu um protesto da torcida alvirrubra e retirou uma faixa das arquibancadas com a seguinte frase: "Náutico: 'time resto de tudo. Rumo à Série B''. O público na Arena Pernambuco foi de 11.263 torcedores para uma renda de R$ 269.450,00.
 
Na 18ª rodada, o Atlético-PR vai receber o Santos no estádio Durival de Brito. O jogo será na próxima quarta, às 19h30m. O Náutico entra em campo na terça, na Arena Pernambuco, contra o São Paulo, às 21h. O jogo foi adiado da 10ª rodada pela participação do tricolor paulista em um torneio internacional. Dois dias depois, na quinta, o Timbu volta a jogar, também em casa, mas contra o Vasco. O duelo, este sim da 18ª rodada, também será às 21h.
 
 
Goiás 0 x 0 Atlético-MG
Goiás e Atlético-MG entraram em campo com números parecidos. Ambos tinham sequência de duas vitórias e três empates e esperavam vencer neste sábado para iniciar arrancada no fim do primeiro turno do Brasileirão. Ficou para a próxima. Apesar de ter sido superior no primeiro tempo, o Galo não conseguiu quebrar a invencibilidade do rival no Serra Dourada e volta para casa com o placar de 0 a 0. Já o Verdão, que até reagiu na etapa complementar, ficou com um homem a menos após expulsão de Vítor e teve de se contentar com apenas um ponto.
 
O resultado deixa a equipe goiana na nona colocação, com 23 pontos, enquanto o Atlético-MG fica estagnado na 12ª posição, com 20 pontos e um jogo a menos. Os dois times podem cair na tabela de classificação após o encerramento da 17ª rodada. Foi o 40º jogo de invencibilidade do time esmeraldino como mandante em competições nacionais.
 
O Goiás tentará ampliar a marca na próxima terça-feira, às 19h30m (de Brasília), diante do Grêmio, na abertura da 18ª rodada. O Galo receberá o Fluminense no dia seguinte, às 21h50m (de Brasília).
 
 
Fluminense 0 x 2 Santos
No duelo entre duas equipes que almejavam se recuperar das eliminações que sofreram na Copa do Brasil, no meio da semana, o Santos levou a melhor sobre o Fluminense na noite deste sábado em um Maracanã com 8.136 pagantes (10.481 presentes e uma renda de R$ 230.740). Venceu por 2 a 0 a partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro e respirou. À vontade em campo, o Peixe abriu dois gols de vantagem ainda no primeiro tempo e agora está na 11ª posição, com 22 pontos.
 
A vitória dá um pouco de fôlego ao técnico Claudinei Oliveira, que perdeu Gabriel pouco antes de a bola rolar. O atacante teve uma indisposição durante o aquecimento e, por precaução, deu lugar ao meia Leandrinho. Os gols foram marcados por Thiago Ribeiro, seu primeiro pelo clube, e Cícero, em cobrança de falta que contou com falha de Cavalieri.
 
O Fluminense de Vanderlei Luxemburgo vê a pressão aumentar: permanece com 18 pontos, apenas dois acima da Portuguesa, time que abre a zona de rebaixamento. E tem jogos a mais do que alguns de seus concorrentes contra a degola, como Criciúma, Ponte Preta, São Paulo e Náutico.
 
As duas equipes voltam a campo na quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro. O Santos vai enfrentar o Atlético-PR, no Durival de Britto, e o Fluminense pega o Atlético-MG, no Independência.
 
 
CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B 2013 - 18ª RODADA
 
Ceará 2 x 2 Palmeiras
Dois times que priorizaram o jogo ofensivo e que deixaram a desejar no sistema de marcação. Ceará e Palmeiras fizeram uma partida cheia de alternativas e que agradou bastante as mais de 46 mil pessoas que compareceram em grande número ao Castelão na noite deste sábado. O time da casa ficou em vantagem por duas vezes, gols de Magno Alves e Marcos, mas viu o rival paulista buscar a igualdade, com tentos de Alan Kardec e Leandro. No fim, o empate por 2 a 2 pode ser considerado ruim para os dois lados.
 
Isso porque o Verdão, se vencesse, teria aberto quatro pontos de vantagem para o vice-líder Chapecoense, que perdeu para o Icasa por 2 a 1. De quebra, o resultado mantém a pressão em cima do técnico Gilson Kleina, que voltou a ser questionado após a eliminação da equipe na Copa do Brasil. O Alviverde é o líder da Série B, com 41 pontos, dois a mais que o seu principal perseguidor.
 
Já a equipe do técnico Sérgio Soares, que voltou a jogar após 11 dias, contava com o resultado positivo para continuar subindo na tabela. O time chegou aos 22 pontos e ocupa a modesta 13ª colocação.
 
Os dois times voltarão a campo na próxima terça-feira. O Palmeiras receberá a visita da Chapecoense, no Pacaembu, enquanto que o Ceará, no mesmo dia, irá até Santa Catarina para encarar o Joinville.
 
*Demais resultados da Série B
Bragantino 0 x 0 Paysandu
Chapecoense 1 x 2 Icasa
América-RN 2 x 1 São Caetano
Paraná 4 x 0 Guaratinguetá
Sport 2 x 2 Boa Esporte
 
CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C 2013 - 12ª RODADA
Madureira 0 x 2 Crac
Betim 3 x 3 Grêmio Barueri
Duque de Caxias 1 x 1 Macaé
Guarani 0 x 1 Caxias
 
CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D 2013
Aparecidense 1 x 1 Tupi
Resende 2 x 1 Mixto

Veja também

Mais Lidas

1
Trânsito

Acidente entre carro e caminhão na MS-339 deixa duas vítimas fatais

2
Policial

PM fecha boca de fumo com pés de maconha, prende 2 e captura foragido

3
Policial

Durante surto, homem tenta cometer assassinatos e provoca incêndio

4
Aquidauana

Após desentendimento por carona, homem passa a perseguir mulher nas redes sociais

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
4,40m
Miranda
6,72m
Paraguai
1,60m

Colunas e Blogs

Manoel Afonso

O peso do clamor público nas eleições

Pedro Puttini Mendes

Cadastro Ambiental Rura: Prazo Curto!

Robinson L Araújo

POR QUE EXISTEM CASAMENTOS EM CRISE?

Ver Mais Colunas
498110558