A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
16 de novembro de 2018
Anuncie Aqui
8500

Deputados vão a Sidrolândia e pedem trancamento das pautas até União se posicionar sobre conflito

Para os deputados, o que está faltando é prioridade do Governo Federal em solucionar o problema

24 MAI 2013 - 08h43min
redação
Durante a sessão da Assembleia Legislativa de ontem (23), alguns deputados estaduais decidiram ir até a fazenda Buriti, em Sidrolândia, de propriedade do ex-deputado estadual Ricardo Bacha, que está ocupada pelos índios e verificar como o conflito na região. Também foi pedido o trancamento das pautas até que o Governo Fedral se posicione sobre a questão fundiária em Mato Grosso do Sul.

 ?Vamos tomar conhecimento in loco daquilo que está acontecendo?, esclareceu o presidente da Casa de Leis, Jerson Domingos (PMDB). Ele informou que após a viagem uma nota será divulgada à imprensa para dizer à sociedade o posicionamento da Assembleia Legislativa com relação ao conflito fundiário.

Já o deputado estadual Márcio Monteiro (PSDB) solicitou ao presidente da Assembleia Legislativa o trancamento das pautas até que o Governo Federal apresente posicionamento concreto sobre as invasões ocorridas nas propriedades rurais do Estado. A solicitação foi reiterada pelos deputados Zé Teixeira (Dem), Mara Caseiro (PTdoB) e Eduardo Rocha (PMDB).

Como estratégia, os 24 deputados estaduais vão a Brasília na próxima semana, dispostos a permanecer na Capital Federal até serem recebidos pela ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e por representantes da Presidência da República. Automaticamente, prevê o parlamentar, que esta ação vai interromper a votação dos projetos que tramitam na Assembleia Legislativa.

Para os deputados, o que está faltando é prioridade do Governo Federal em solucionar o problema. Eles lembraram que várias propostas foram apresentadas em plenário para pôr fim ao conflito. ?Este assunto não é novo. A Assembleia Legislativa chegou a ser palco de uma grande audiência pública, que teve presente mais de 20 representantes do governo federal. Nós, deputados estaduais, já apresentamos várias sugestões, entre elas a indenização aos proprietários rurais?, afirmou o deputado Pedro Kemp (PT).

Kemp pontuou que dentre as alternativa está a permuta de terras devolutas. ?Estive na Superintendência do Patrimônio da União e obtive a informação que existem 32 mil hectares de terras confiscadas na região Sul do Estado. Essas terras podem ser utilizadas pelos índios sem mexer com a vida dos proprietários rurais. Saídas existem, o que falta é a prioridade na agenda da União?, criticou. 

Veja também

Mais Lidas

1
Nota de Falecimento

Faleceu a professora Soila Correa Azambuja

2
Policial

Empresário é executado ao estacionar caminhonete na garagem de casa; filho também é baleado

3
Policial

Colisão frontal entre carro e carreta mata vereador de Eldorado

4
Policial

“Arquivo vivo”, advogada executada na fronteira ameaçava autoridades

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,59m
Miranda
6,13m
Aquidauana
3,76m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

E...

Robinson L Araujo

O FIM ESTÁ PRÓXIMO! AS EVIDÊNCIAS COMPROVAM

Manoel Afonso

O eleitor quer reciprocidade dos eleitos

Ver Mais Colunas
498110594