A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
27 de maio de 2020
Anuncie Aqui
-->
Bonito

Em audiência, Justiça mantém prisão de pintor que matou major a facadas

Bruno está preso na cela da delegacia do município e será transferido para uma penitenciária

18 ABR 2019 - 13h49min
Campo Grande News

Em audiência de custódia realizada na tarde de ontem (17), a juíza Adriana Lamper converteu em preventiva a prisão em flagrante do pintor Bruno da Rocha, 31 anos, acusado de matar com um golpe de faca o major da reserva do Exército e professor de Matemática, Paulo Setterval, 58 anos, na noite do último domingo (14), na calçada do Hotel CLH Suítes, em Bonito, distante 207 quilômetros de Aquidauana.

Conforme a juíza, a prisão foi mantida para garantir a credibilidade da Justiça, pois o meio social está assolado pela sensação de impunidade e descredito com a Justiça. “Primeiramente, prevalece a necessidade de efetiva garantia da ordem pública, a fim de impedir que o indiciado, caso esteja solto, continue a delinquir”.

 Major foi morto no último domingo.

Para o advogado João Ricardo Batista de Oliveira, que faz a defesa de Bruno, os elementos presentes até o momento nos autos não são suficientes para comprovar objetivamente a imputar a autoria dos fatos a Bruno. “A defesa pugna pela concessão de liberdade provisória haja vista ser o custodiado possuidor de residência fixa e certa, bem como, por exercer trabalho licito”, segundo o documento anexado nos autos.

Ainda conforme a defesa, segundo relatos dos familiares, Bruno apresenta indícios de mitigação de capacidade de autodeterminação e discernimento. Quando a situação, segundo o advogado, o caso requer a instauração de incidente de insanidade mental a fim de se saber os limites de culpabilidade de Bruno.

Segundo o promotor de Justiça, João Menghini Girelli, a prisão preventiva se faz necessária pois existe a necessidade de proteção a ordem pública exatamente para evitar a reiteração criminosa, pois Bruno se mostrou capaz de praticar o mais grave dos crimes pelo mais banal dos motivos.

Caso - O crime aconteceu na noite do último domingo (14), enquanto a vítima caminhava na calçada do Hotel CLH Suítes, onde estava hospeda com a família. O caso aconteceu na Rua da Costa Leite, no Centro de Bonito. Paulo foi encontrado morto na calçada. Em depoimento, Bruno disse à polícia que matou o major ao ser chamado de trombadinha. Ele está preso na cela da delegacia da cidade e deve ser transferido para uma penitenciária.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

“Eu não queria ser o primeiro infectado” diz morador de Anastácio diagnosticado com Covid-19

2
Coronavírus

Nota de Esclarecimento - Churrascaria O Laçador

3
Coronavírus

Nota de Esclarecimento - Alziro Lanches

4
Aquidauana

Santa Terezinha: moradores querem saber quem está espiando as casas com drone

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min11 max26

Aquidauana

Sol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.
min11 max26

Anastácio

Sol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,44m
Miranda
4,80m
Paraguai
1,89m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

As...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"CITAÇÕES DE CLARICE LISPECTOR"

Robinson L Araujo

EM TEMPOS DE PANDEMIA, O LAR DEVERIA SER O MELHOR REFÚ...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escola de Formação Profissional

Genius

Rua Estevão Alves Corrêa, 2011 Centro - 79200000 Aquidauana/MS (67)
Farmácias e Drogarias

Farmácia Princesa do Sul

Rua Marechal Mallet, 634 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3050
Camping

Pousada Itajú - Estrada da Margem Esquerda

, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 9986-1334 www.pousadaitaju.com.br
Ver Mais