A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de maio de 2019
Anuncie Aqui
9084
Bonito

Em audiência, Justiça mantém prisão de pintor que matou major a facadas

Bruno está preso na cela da delegacia do município e será transferido para uma penitenciária

18 ABR 2019 - 13h49min
Campo Grande News

Em audiência de custódia realizada na tarde de ontem (17), a juíza Adriana Lamper converteu em preventiva a prisão em flagrante do pintor Bruno da Rocha, 31 anos, acusado de matar com um golpe de faca o major da reserva do Exército e professor de Matemática, Paulo Setterval, 58 anos, na noite do último domingo (14), na calçada do Hotel CLH Suítes, em Bonito, distante 207 quilômetros de Aquidauana.

Conforme a juíza, a prisão foi mantida para garantir a credibilidade da Justiça, pois o meio social está assolado pela sensação de impunidade e descredito com a Justiça. “Primeiramente, prevalece a necessidade de efetiva garantia da ordem pública, a fim de impedir que o indiciado, caso esteja solto, continue a delinquir”.

 Major foi morto no último domingo.

Para o advogado João Ricardo Batista de Oliveira, que faz a defesa de Bruno, os elementos presentes até o momento nos autos não são suficientes para comprovar objetivamente a imputar a autoria dos fatos a Bruno. “A defesa pugna pela concessão de liberdade provisória haja vista ser o custodiado possuidor de residência fixa e certa, bem como, por exercer trabalho licito”, segundo o documento anexado nos autos.

Ainda conforme a defesa, segundo relatos dos familiares, Bruno apresenta indícios de mitigação de capacidade de autodeterminação e discernimento. Quando a situação, segundo o advogado, o caso requer a instauração de incidente de insanidade mental a fim de se saber os limites de culpabilidade de Bruno.

Segundo o promotor de Justiça, João Menghini Girelli, a prisão preventiva se faz necessária pois existe a necessidade de proteção a ordem pública exatamente para evitar a reiteração criminosa, pois Bruno se mostrou capaz de praticar o mais grave dos crimes pelo mais banal dos motivos.

Caso - O crime aconteceu na noite do último domingo (14), enquanto a vítima caminhava na calçada do Hotel CLH Suítes, onde estava hospeda com a família. O caso aconteceu na Rua da Costa Leite, no Centro de Bonito. Paulo foi encontrado morto na calçada. Em depoimento, Bruno disse à polícia que matou o major ao ser chamado de trombadinha. Ele está preso na cela da delegacia da cidade e deve ser transferido para uma penitenciária.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Luto: Morre em Aquidauana DJ Leonardo Artiga dos Reis, filho da professora Vera

2
Aquidauana

Homem joga copo no rosto da namorada, dá socos, chutes e tenta enforcá-la em Aquidauana

3
Policial

Caixa é presa por registrar carne como bala e embolsar o dinheiro

4
Policial

Mulher é presa na cracolândia de Miranda após furtar celular e R$ 400 de homem

Vídeos

PRF promove campanha de combate a violência sexual infantil

Portal Atacado • Anastácio MS | Especial Dia das Mães

Colisão ocorreu no cruzamento da Rua Américo de Sousa com a Travessa Ragalzi

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min19 max34

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min19 max34

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,96m
Miranda
5,17
Paraguai
5,79m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Na...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: A EDUCAÇÃO BÁSICA – QUEM SE...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Quer queira ou não, a Educação ensina....

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Farmácias e Drogarias

Drogão da Sete

Rua Sete de Setembro, 860 - Centro Aquidauana/MS 673241-6199 https://www.facebook.com/rededrogaoda7
Bancos

Banco do Brasil

Rua Manoel Antônio Paes de Barros, 535 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 - 3606 / 3 www,bb,com.br
Pesqueiros

Pesqueiro do Ely - Camisão

Distrito de Camisão, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3235-1047/8403-
Ver Mais
508110794