A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
13 de julho de 2020
Anuncie Aqui
-->

Estados Unidos testarão vacina que simula infecção por HIV

29 AGO 2007 - 09h39min
uol

Pesquisadores americanos anunciaram domingo, em um seminário para a comunidade científica no Rio, ter chegado a um estágio inédito nas pesquisas com vacinas para conter ou barrar o vírus HIV.


Segundo o pesquisador da USP Edécio Cunha-Neto, organizador do evento, é a primeira vez no mundo que elas serão testadas em grupos de mais de 3 mil pessoas. Os resultados dessa nova fase de pesquisa estão previstos para serem divulgados no fim de 2009.


Como ainda não há hoje perspectivas de criar uma vacina preventiva --ou seja, que impeça a infecção--, a aposta dos cientistas é a vacina terapêutica, que melhore a capacidade do sistema imunológico de resistir ao HIV após o contágio.


Os testes serão feitos pelo laboratório Merck e pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos. Ambos publicaram, na semana passada, resultados positivos de testes que vinham fazendo com grupos de até 60 pessoas.


Se funcionarem, a substância permitirá que os vacinados, se contaminados com o vírus, ganhem uma sobrevida maior da que teriam sem a vacina e fiquem menos dependentes de anti-retrovirais.


As pesquisas feitas até agora mostraram que as vacinas melhoraram a capacidade do organismo de combater um tipo de vírus criado pelos cientistas e que contém fragmentos de DNA do HIV, numa espécie de vírus da Aids simulado.


O teste foi feito com 918 pessoas saudáveis (dividas em grupos de até 60 pessoas) e com baixo risco de contaminação. Por seis semanas, os voluntários receberam injeções de vetores de DNA com fragmentos de HIV e adenovírus --agente que transmite resfriados.


Esse vírus foi inserido na solução da vacina porque, segundo Cunha-Neto, ele é capaz de gerar reações imunes mais fortes no organismo. O resultado revelou que a vacina foi bem tolerada em 70% dos voluntários.


A Merck já está colocando em prática a próxima etapa, a chamada fase 2B, em que o mesmo tipo de vacina é testado em grupos com mais de 3 mil pessoas. Segundo Cunha-Neto, o que se espera dessas vacinas é que, após injeção no músculo de DNA que codifica proteínas de HIV, essa solução se transforme em RNA (ácido ribonucléico) dentro das células humanas e, em seguida, em proteínas que farão o sistema imune desencadear a proliferação de linfócitos específicos para combater os fragmentos do vírus da Aids.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Motorista colide Pajero em anta, capota carro e é socorrida pelos bombeiros

2
Coronavírus

Empresa não libera funcionária com sintomas de coronavírus e Vigilância aciona a PM

3
Anastácio

Embriagado, motociclista cai e fica ferido em Anastácio

4
Policial

Após denúncia de caça ilegal, homem é preso com rifles, espingarda e munições em MS

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min20 max34

Aquidauana

Sol com algumas nuvens durante o dia. À noite o céu fica com muitas nuvens, mas não chove.
min20 max34

Anastácio

Sol com algumas nuvens durante o dia. À noite o céu fica com muitas nuvens, mas não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,37m
Miranda
2,09m
Paraguai
1,88m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Um...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"TUDO"

Rosildo Barcellos

História e tradição a céu aberto

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escolas Municipais

Escola Municipal Antonio Santos Ribeiro

Rua Hugo Correa, Distrito de Piraputanga - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Hotéis

Hotel Aquidauana Palace

R. Manuel Antonio Paes de Barros, 904 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-1492/ 1602
Agências de Viagem e Operadoras

Buriti Viagens e Turismo

Manoel Antonio de Barros, 720 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2718
Ver Mais