A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
18 de dezembro de 2018
Anuncie Aqui
8504

Fim da fúria pré-menstrual

1 SET 2007 - 12h16min
revista nova

"IH... TÁ DE TPM?"


Tem coisa pior do que ouvir essa pergunta quando bate aquela irritação ou vontade de chorar? Aliás, isso é algo que não dá para entender: se o namorado, a amiga, a irmã sabem que o seu estado emocional está abalado (culpa da gangorra hormonal provocada pelo período menstrual), por que insistem em atormentá-la? Bem, a resposta nós não temos, mas descobrimos formas de atravessar esse mar vermelho em paz - para sua própria segurança e, claro, a deles. E, sim, amiga, trate de procurar ajuda, porque, segundo os especialistas, é bem na fase em que você está a mil por hora que a TPM tem mais poder de fogo para atrapalhar suas relações afetivas e profissionais. "Embora ela possa ocorrer em qualquer idade, geralmente os sintomas são mais fortes durante a adolescência e a juventude", explica o ginecologista paranaense Rosires de Andrade. Ainda bem que os pesquisadores não desistem de domar esse vilão que marca os dias para atacar.


Pílula da felicidade


Se você faz parte dos 90% de mulheres que sofrem com a síndrome da tensão pré-menstrual, deve sonhar com um comprimido milagroso... Algo que acabe com o inchaço, permitindo que a sua amada calça feche como no restante do mês. Que mantenha seu humor razoavelmente estável - o suficiente para agüentar piadinhas sem graça. Enfim, que ajude você a atravessar o período sem desejar ter nascido homem. Acabou de nascer a Yaz, pílula anticoncepcional que trata a TPM por causa de sua baixa dose de etinilestradiol (presente em todos os contraceptivos, favorece a retenção de líquidos) e da drospirenona, composto que reduz essa retenção. "Além disso, o tempo de pausa menor - quatro dias, ante sete das atuais - impede a flutuação hormonal, uma das principais causas das mudanças de humor", explica a dra. Maria Lucia Dias, da área médico-científica da Bayer. Suas contraindicações são as mesmas dos outros anticoncepcionais: deve ser evitada por hipertensas, obesas e por quem tem histórico de trombose na família. "Não há risco de a paciente ganhar peso, pois a drospirenona funciona como diurético", explica o dr. Rosires de Andrade. O preço é cerca de 50 reais a cartela.


Conforto do oriente


Anote o nome: tsuya. Trata-se de uma massagem que combina técnicas orientais, como shiatsu e reflexologia, a fim de neutralizar os sinais da TPM. "Para isso, concentramos os movimentos na região lombossacral, que engloba a lombar, a cintura pélvica e o cóccix", explica Kiyoshi Nagaoka, massoterapeuta e criador da tsuya. "Ela estimula os ovários e o útero e melhora a circulação sanguínea no local, aliviando os sintomas", completa. Pode ser feita de uma a quatro vezes por semana e cada sessão de 50 minutos custa cerca de 70 reais. Ficou animada? Enquanto não agenda seu horário, o profissional sugere que você modifique algumas atitudes para combater o problema: evite cruzar as pernas, pois o ato reduz a circulação na região reprodutora, provoca cólicas e irritação na parede do útero; aposente os sutiãs apertados, pois eles pressionam os nervos, causando dores de cabeça. E não se esqueça da boa e velha bolsa de água quente; ela continua sendo ótima aliada.


Alívio em comprimidos


Cultivada na ilha de Java, na Indonésia, a chlorella é uma alga de água doce rica em vitaminas, minerais, proteínas e aminoácidos essenciais. O que isso tem a ver com a sua irritação mensal? "Ela equilibra os nutrientes do organismo, especialmente as vitaminas do complexo B, cuja falta nesse período provoca inchaço e dores nas mamas", explica a nutricionista paulistana Vanderlí Marchiori. "A alga ainda repõe minerais importantes para a desintoxicação e o bom funcionamento do fígado, grande responsável pelas alterações de humor." Bônus: melhora o trânsito intestinal. Ela é vendida pela empresa japonesa Sun Chlorella (http://www.sunchlorella.com.br) na forma de comprimidos. A embalagem com 300 custa 102 reais e, segundo a nutricionista, não tem contra-indicação.


Para o seu tipo


Prestar atenção no que coloca no prato também ajuda. O primeiro passo é identificar o tipo de TPM. Se seu maior problema durante o período é ansiedade e irritação, considere-se do tipo A. "Aposte em alimentos com vitamina E e carboidratos complexos. Fontes: maçã, fubá, brócolis, batata, arroz, cereais", explica Luzimar Affini, nutricionista de São Paulo. O incômodo é retenção de líquido, dores abdominais, inchaço nas mamas e certa nostalgia? Tipo H. Coma castanhas e itens com cálcio, ômega 3 e magnésio, como iogurtes, leite e peixes de água fria. Caso sinta dores de cabeça e compulsão por doces, você é do tipo C, e sua alimentação deve conter vitaminas C e do complexo B. Fontes: cereais integrais, laranja, morango, soja, salmão e frango. Depressão, insônia e choro fácil são sintomas do perfil do tipo D. Se esse for o seu caso, invista em itens com vitaminas E e C, como acerola, abacaxi, centeio e aspargos.


Relaxa e...


Se você quer resultados a curto prazo, pode ainda se inspirar na alternativa encontrada pela atriz Keira Knightley, a Elizabeth da trilogia Piratas do Caribe - isso mesmo, a TPM não poupa nem as divas hollywoodianas. A bela, que já declarou se sentir nervosa e sensível naqueles dias, recorre à música para levantar o astral. "As canções de Shirley Bassey e Liza Minelli são meu antídoto contra a instabilidade", confessa.

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Criança de 4 anos morre afogada em açude de chácara no Pulador em Anastácio

2
Anastácio

Menino que morreu afogado em açude é velado em Anastácio

3
Anastácio

Operador de máquina de 56 anos morre após acidente grave em Anastácio

4
Anastácio

Bombeiros resgatam pescador embriagado que caiu no rio Aquidauana em Anastácio

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,52m
Miranda
5,26m
Aquidauana
2,66m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Oxala...

Manoel Afonso

MDB sobreviverá sem Puccinelli?

Alessandro Arruda

As leis e nossa incapacidade de produzi-las

Ver Mais Colunas
498110677
SERIEMA 1260