A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
22 de Novembro de 2017
Anuncie Aqui
8504

Galo leva título inédito da Libertadores; veja os resultados desta quarta-feira

Atlético-MG conquista a principal competição sul-americana nos pênaltis, enquanto Santos, Botafogo, Atlético-PR e Nacional-AM avançam na Copa do Brasil

25 JUL 2013 - 08h35min
Globoesporte.com
TAÇA LIBERTADORES DA AMÉRICA 2013 (FINAL - JOGO DE VOLTA)
 
Atlético-MG 2 x 0 Olimpia-PAR (ida: 0 x 2) - nos pênaltis: Atlético-MG 4 x 3 [*foto]
?Mas quando o lado heroico do Atlético prevalece, ele sempre sai de campo glorificado? (DRUMMOND, Roberto)
 
O Atlético-MG é campeão da Libertadores. O Atlético-MG é campeão da Libertadores. O Atlético-MG é campeão da Libertadores... Leia, releia, diga, repita, fale no espelho para ver se acredita. Acredita. Acredita sempre!
 
O Atlético-MG da fé, dos dribles, da raça, da torcida, dos versos de Drummond, da voz de Beth Carvalho. O Atlético-MG dos pênaltis, de uma idolatria sem tamanho, sem fronteiras, que foi à Bolívia, à Argentina, a São Paulo, ao México, ao Paraguai, e terminou no Mineirão com um final feliz, esperado, desejado.
 
Os campeões do gelo fervem! Derretem os corações de sua Massa apaixonada. Com tudo, absolutamente tudo a que têm direito. Nenhuma palavra vai explicar a vitória por 2 a 0 sobre o Olimpia no tempo normal, o 0 a 0 da prorrogação, os 4 a 3 nos pênaltis.
 
As lembranças de cada pessoa que foi ao estádio ou viu pela televisão contarão à sua maneira como a bola passava a um fiapo de cabelo dos pés de Bernard, mas não entrava. Como os chutes de Diego Tardelli e Ronaldinho teimavam em encontrar obstáculos.
 
A eternidade vai tratar de dar uma satisfação a Ferreyra, que poderia ter exterminado o sonho atleticano, mas escorregou. Teria sido o olhar de São Victor, que já ficara para trás? Teria sido a camiseta de Cuca? E o que provocou a expulsão de Manzur logo em seguida? E segundos depois, o gol de Leonardo Silva, de onde veio? De onde ele surgiu?
 
Alguém, um dia, conseguirá dizer como os jogadores tiveram tanta calma e categoria para se encaminharem diretamente para a história.
 
O jogo que começou no dia 24 e terminou em 25 de julho de 2013. Belo Horizonte, hoje, é branca e preta. Luta, luta, luta com toda raça para vencer. E faz as malas rumo ao Marrocos, onde alguns duelos memoráveis podem acontecer: Cuca contra Guardiola, Ronaldinho versus Schweinsteiger... Que venha o Bayern! E que o mundo descubra, em dezembro, o imponderável, a paixão e a fé que moveram o Galo ao melhor e maior dia de sua história.
 
 
CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 (12ª RODADA - JOGO ADIANTADO)
 
São Paulo 0 x 1 Internacional
Um dos favoritos ao título no papel, o Internacional é agora também o novo líder do Campeonato Brasileiro. A quarta vitória consecutiva veio no palco que se transformou no ?salão de festas? de quem visita o São Paulo. Com uma atuação segura, o Colorado venceu o Tricolor Paulista por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Morumbi, e afundou ainda mais o adversário na crise.
 
Os gaúchos souberam jogar à espera do desespero rival. Pacientemente, o time dirigido por Dunga aguardou o momento exato para dar o bote fatal. E ele veio com Leandro Damião, ainda no primeiro tempo, em chute rasteiro que Rogério Ceni só olhou. Poderia ter sido mais se Forlán, Willians e Josimar tivessem aproveitado outras chances.
 
Do outro lado, só Aloísio assustou. Para piorar, Luis Fabiano saiu machucado, virando dúvida para o clássico contra o Corinthians, domingo, às 16h, no Pacaembu, última partida antes da excursão por Alemanha, Portugal e Japão.
 
O São Paulo soma agora 11 partidas sem vencer (nove derrotas e dois empates), igualando o recorde negativo de 1951 e 1986 ? o último resultado positivo foi há 56 dias, diante do Vasco, dirigido na ocasião por Paulo Autuori. Já são oito derrotas consecutivas, seis delas jogando no Morumbi.
 
O Colorado assume a liderança com 18 pontos, mas tendo uma partida a mais que a maioria dos concorrentes ? a partida diante dos são-paulinos foi adiantada da 12ª rodada. Agora, o time gaúcho pega o Náutico, domingo, às 16h, nos Aflitos. Já os paulistas seguem com oito, agora tendo dois jogos a mais que os adversários, grudados na zona do rebaixamento.
 
 
COPA DO BRASIL 2013 (TERCEIRA FASE - JOGOS DE VOLTA)
 
Atlético-PR 2 x 1 Paysandu (ida: 0 x 0)
Atlético-PR e Paysandu enfrentaram um frio de 5°C, com sensação térmica próxima de 0°C. Mas protagonizaram um duelo quente, principalmente no segundo tempo, na noite desta quarta-feira, na Vila Capanema, pela Copa do Brasil. No fim, melhor para o Furacão. Após 0 a 0 no jogo de ida, o Rubro-Negro venceu por 2 a 1 e avançou para as oitavas de final. Os gols foram marcados por Paulo Baier e Marcelo para o Rubro-Negro e por Zé Antônio para o time paraense.
 
O Atlético-PR vai conhecer o adversário das oitavas de final no dia 6 de agosto, quando a CBF fará o sorteio. Os jogos estão marcados para os dias 21 e 28 de agosto.
 
Apesar do frio de 5°C em Curitiba, 4.946 torcedores (5.702 ao todo, para uma renda de R$ 61.720,00) compareceram à Vila e puderam comemorar o primeiro gol logo aos sete minutos com Paulo Baier, que cobrou pênalti duvidoso e que rendeu muito reclamação dos jogadores do Paysandu. Aos 19 minutos, o precavido e perigoso Paysandu assustou com um contra-ataque rápido, mas que o lateral-direito Yago Pikachu acabou desperdiçando.
 
Já no segundo tempo, os mandantes foram donos da partida até os 25. Pressionaram desde o começo, ampliaram com Marcelo e não foram ameaçados pelos paraenses. Isso até Zé Antônio finalizar com precisão, descontar para o Papão e colocar fogo no jogo. Os visitantes tentaram o gol de empate (que seria o gol da classificação) até o final. Mas o Furacão soube segurar o resultado e garantir a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil.
 
Agora, os clubes voltam as atenções para o Campeonato Brasileiro. O Atlético-PR, 18° colocado na Série A, visita a Portuguesa, sábado, às 18h30m (horário de Brasília), no Estádio do Canindé. O Paysandu, que está na 17ª posição da Série B, joga contra o ABC, também no sábado, mas às 21h, no Estádio Frasqueirão.
 
 
Nacional-AM 1 x 0 Ponte Preta (ida 1 x 0)
Uma classificação inédita para o Nacional-AM. Uma eliminação bem-vinda para a Ponte Preta. Assim pode ser definido o desfecho do duelo entre os times pela terceira fase da Copa do Brasil. Com uma vitória por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, em Manaus, o Naça ratificou a vaga para as oitavas de final e fez história ao se tornar a primeira equipe do estado a chegar a essa etapa da competição. Mas a Macaca também comemorou o resultado, já que garantiu presença na Sul-Americana para disputar um torneio internacional pela primeira vez em 113 anos.
 
Depois de fazer 1 a 0 em Campinas, o Nacional repetiu o placar sem muitas dificuldades, já que a Ponte deixou a Copa do Brasil em segundo plano, devido ao confuso regulamento da CBF, e viajou apenas com reservas para ?diminuir? a chance de avançar e ficar fora da Sul-Americana. Era o terceiro time da Ponte em campo. Alheio ao impasse dos paulistas, o Nacional aproveitou o apoio da torcida, que lotou os seis mil lugares do Sesi, e ampliou a vantagem com o gol de Leonardo, ainda no primeiro tempo.
 
Agora, o Nacional espera o sorteio da CBF para conhecer seu próximo adversário. A única certeza é que vem pedreira pela frente, uma vez o rival sairá do pote que conta com Atlético-MG, Corinthians, Fluminense, Grêmio, Palmeiras, Vasco, Flamengo e Internacional. Com as classificações de Santos e Botafogo, a Macaca pegará o Criciúma na fase regional da Sul-Americana para tentar alcançar o estágio continental, no qual terá pela frente El Tanque Sisley (URU), ou Colo Colo (CHI), ou Deportivo Pasto (COL), ou Melgar (PER).
 
Nacional e Ponte voltam as atenções para o Campeonato Brasileiro. Pela Série D, o time amazonense folga no fim de semana. O próximo desafio está marcado para 4 de agosto, contra o Paragominas, fora de casa. A Macaca, por sua vez, entra em campo no sábado, quando recebe o Santos, às 21h, no Majestoso. Com uma vitória (Náutico) e um empate (Bahia) sob o comando do técnico Paulo César Carpegiani na Série A, a Ponte tem a chance de consolidar a reação e deixar a zona de rebaixamento.
 
 
Figueirense 1 x 0 Botafogo (ida: 0 x 1) - nos pênaltis: Botafogo 5 x 4
Seis anos depois da polêmica semifinal, Botafogo e Figueirense voltaram a decidir uma vaga na Copa do Brasil. Novamente, sobrou emoção, e o troco do Glorioso veio com muito suor, apesar do clima gelado em Florianópolis, na noite desta quarta-feira. No roteiro, o ídolo Jefferson surgiu como o grande herói. Nas cobranças de pênaltis, a equipe de Oswaldo de Oliveira fez 5 a 4, com duas defesas do goleiro, e passou às oitavas de final, após perder por 1 a 0 no tempo normal - placar igual ao da ida, só que a favor dos cariocas - em partida que dominou o rival, que está na Série B nacional, mas falhou no quesito eficiência.
 
Agora, o Alvinegro espera o sorteio do dia 6 de agosto, em que a CBF apontará os confrontos e as datas da próxima fase da competição. Entrarão nela ainda o Vasco (por ter sido o quinto colocado do Brasileirão de 2012) e os cinco clubes que jogaram a Libertadores: Atlético-MG, Corinthians, Fluminense, Grêmio, Palmeiras e São Paulo.
 
Assim, o Botafogo também escapa de nova eliminação precoce na Copa do Brasil, mais um fantasma enfrentado. Em seis oportunidades neste século, o clube caiu na terceira fase ou antes, em zebras históricas. Ano passado, o algoz foi o Vitória, justamente nas oitavas, assim com o Avaí, em 2011. O próximo do time é o clássico contra o Flamengo, domingo, no Maracanã. Enquanto isso, o Figueira recebe o São Caetano em casa, sábado.
 
 
Crac-GO 0 x 2 Santos (ida: 1 x 1)
Sem cinco titulares, que foram poupados pelo técnico Claudinei Oliveira, o Santos foi a campo com um time repleto de garotos e avançou para as oitavas de final da Copa do Brasil ao vencer o Crac, por 2 a 0, nesta quarta-feira, em Catalão (GO).
 
Os gols da classificação foram de dois dos novos Meninos da Vila, Gustavo Henrique e Léo Cittadini. O duelo de ida havia sido 1 a 1, e agora os santistas esperam pelo sorteio que definirá o próximo adversário na competição.
 
Se fosse eliminado, o Peixe iria automaticamente para a Copa Sul-Americana, competição em que os clubes que avançarem pela terceira fase da Copa do Brasil não vão disputar, como é o caso do Santos agora.

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Acidente entre carro, moto e bicicleta no Ovídio Costa II envolve jovem, criança e mulher grávida

2
Aquidauana

Correntes que circulam pelo WhatsApp deixam população em dúvida sobre o que é real e o que é invenção

3
Policial

Homem foi executado com tiros e suspeita é de "guerra" entre grupos

4
Aquidauana

Prefeitura convoca mais 34 candidatos aprovados em concurso público

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,93m
Miranda
7,07m
Paraguai
1,59m

Colunas e Blogs

Robinson L Araújo

PAIS QUE EDIFICAM SEUS FILHOS

Rosildo Barcellos

O Arroubo Âmago do Cedro!

Pedro Puttini Mendes

O “modelo de lei”, o ambientalismo municipal e a mu...

Ver Mais Colunas
498110641