A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
22 de Novembro de 2017
Anuncie Aqui
8504

Galo tenta derradeiro milagre contra Olimpia para conquistar a América

Para ser campeão no tempo normal, Atlético-MG precisa vencer por três ou mais gols de diferença

24 JUL 2013 - 09h40min
ESPN, com Agência Gazeta Press
"Eu acredito!". Ou "Yes, we C.A.M." Essas são as frases mais lidas e ouvidas em Belo Horizonte. O Atlético-MG entra em campo nesta quarta-feira para enfrentar o Olimpia e precisa reverter outra desvantagem de dois gols para levantar a inédita taça da Taça Libertadores da América. Mesmo com a dificuldade, a torcida segue acreditando e vai lotar o Mineirão, às 21h50 (de Brasília), apostando no título.
 
Para ser campeão continental, o Galo precisa vencer os paraguaios por três ou mais gols de diferença. Se derrotar os paraguaios por dois gols de frente, a decisão do título será feita na prorrogação e, em último caso, nos pênaltis. A missão do Galo é complicada, mas a equipe já reverteu situação semelhante contra o Newell's Old Boys, na semifinal.
 
Além do jogo contra os argentinos, a final da edição da Libertadores de 1989, entre os colombianos do Atlético Nacional e os paraguaios do Olimpia, serve de inspiração para o Galo. Na ocasião, o Rei de Copas, alcunha do time de Assunção, venceu por 2 a 0, jogando em casa, mas acabou perdendo o título na Colômbia, ao ser derrotado nos pênaltis.
 
O próprio Atlético-MG já superou o Olimpia em uma decisão de competição sul-americana. Isso aconteceu em 1992, na decisão da Copa Conmebol. Na ocasião, o Galo venceu no Mineirão por 2 a 0, com dois gols de Negrini, e perdeu em Assunção por 1 a 0, ficando com o título. Agora a situação é inversa e os atleticanos querem ficar com a taça.
 
O técnico Cuca, porém, tem problemas para armar a equipe. Os laterais titulares, Marcos Rocha e Richarlyson, estão suspensos e não podem enfrentar o Decano. Para o lado direito, Michel é o favorito para começar o duelo no Mineirão. Já na ala esquerda não existe dúvida e Júnior César será o titular. O grande trunfo para conquistar a Libertadores é o retorno de Bernard, que cumpriu suspensão no Paraguai.
 
O meio-campista deixa claro que deseja ser campeão da América e ajudar o Galo na decisão. "Quero ser campeão. Se eu vou fazer o quarto gol, o quinto, não importa. Quero ser campeão de qualquer maneira. Se eu vou dar o passe, ou não, isso é o de menos. Meu objetivo maior é ser campeão", afirma Bernard, que promete empenho total.
 
"É como se fosse o último (jogo) da minha carreira. Quero dar tudo que posso, dar além de 100%, porque vai precisar. Então, vou dar o meu máximo, o que eu posso e até o que eu não posso, se é por mim, se é por meus companheiros. Quero fazer história, tenho uma oportunidade grande agora, quero correr atrás disso e depende única e exclusivamente de nós. Estamos cientes disso, vamos poder correr atrás e temos uma oportunidade grande", destaca.
 
No Olimpia, a confiança no quarto título da Libertadores é total. A torcida despediu da equipe antes do embargue para Belo Horizonte com uma grande festa. No avião que trouxe o time para o Brasil, os jogadores paraguaios foram vistos em momento de muita euforia e com frases de confiança como: "O Olimpia tem culhão". O ex-goleiro Tavarelli, que é dirigente do clube, tirou fotos ironizando os atleticanos e sinalizando o quarto título do Rei de Copas.
 
Para deixar os atletas ainda mais motivados, o presidente do Olimpia, Óscar Carísimo Netto, pagou os salários atrasados. O clube chegou a ficar nove meses com os vencimentos em atraso, mas a dívida foi quitada, dando tranquilidade para o time entrar em campo em busca do tetra campeonato da América.
 
FICHA TÉCNICA 
ATLÉTICO-MG X OLIMPIA
 
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG) 
Data: 24 de julho de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília) 
Árbitro: Wimar Roldan (COL) 
Assistentes: Humberto Clavijo e Eduardo Ruiz (ambos da Colômbia)
 
ATLÉTICO-MG: Victor; Michel, Réver, Leonardo Silva e Júnior César; Pierre, Josué, Diego Tardelli, Ronaldinho Gaúcho e Bernard; Jô. Técnico: Cuca
 
OLIMPIA: Martín Silva; Manzur, Miranda e Candia; Mazacotte (Meza), Alejandro Silva, Aranda, Pittoni e Benítez; Salgueiro e Bareiro. Técnico: Ever Hugo Almeida

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Acidente entre carro, moto e bicicleta no Ovídio Costa II envolve jovem, criança e mulher grávida

2
Aquidauana

Correntes que circulam pelo WhatsApp deixam população em dúvida sobre o que é real e o que é invenção

3
Policial

Homem foi executado com tiros e suspeita é de "guerra" entre grupos

4
Aquidauana

Prefeitura convoca mais 34 candidatos aprovados em concurso público

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,93m
Miranda
7,07m
Paraguai
1,59m

Colunas e Blogs

Robinson L Araújo

PAIS QUE EDIFICAM SEUS FILHOS

Rosildo Barcellos

O Arroubo Âmago do Cedro!

Pedro Puttini Mendes

O “modelo de lei”, o ambientalismo municipal e a mu...

Ver Mais Colunas
498110641