A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
15 de Dezembro de 2017
Anuncie Aqui
8492

Imunidade em baixa explica micoses a verrugas nos pés, fuja delas!

6 AGO 2007 - 09h03min
minha vida

Comemore: você está livre dos saltos por toda a vida - afinal, até hoje, nem os estilistas mais ousados sonharam em criar modelos de sapatos masculinos com o aditivo matador na sola. Festejou? Agora, chega. "Os homens são as maiores vítimas de micoses nos pés", afirma a dermatologista Carla Pecora. "Isso porque eles passam a maior parte do tempo com calçados fechados". Oh, yes: seus pisantes não estão completamente a salvo e, se você quer preservá-los, é melhor tomar alguns cuidados.


Causadas por fungos, as micoses provocam coceira, irritação e podem deixar a pele bem mais sensível. Ardência e dor são mais sensações possíveis. "Os microorganismos se instalam primeiro na unha, que começa a esfarelar. Isso porque ela é composta por queratina, substância digerida por eles", explica a podóloga e coordenadora técnica da Rede Doctor Feet, Cristina Lopes. "Se o problema não for tratado, no entanto, pode evoluir para outras unhas e para a pele".


A transmissão acontece pelo contato com objetos contaminados ou por meio do toque direto com a micose. "Mas só quando a resistência está baixa, por causa de estresse ou má alimentação, por exemplo", completa a podóloga.


Assim como os fungos, os vírus são agentes oportunistas, ou seja, só conseguem te derrubar quando seu sistema imunológico está debilitado. E são eles os responsáveis por um inconveniente que transforma qualquer caminhada num suplício.


A verruga plantar, popularmente conhecida como olho-de-peixe, é causada por uma variação do vírus HPV (o mesmo que, nas mulheres, pode levar ao câncer no colo do útero). Só não confunda: a verruga pode afetar você, também.


O contágio, nesse caso, acontece pela pele - não pela circulação sangüínea. "O vírus coloniza a epiderme e se multiplica junto com as células dessa região", diz a dermatologista da Unifesp. Para tratar a verruga, os especialistas usam ácidos ou cauterizações elétricas. "Em média, seis sessões resolvem o problema", afirma Cristina. Como nas micoses, o contágio acontece por contato direto e em situações de baixa imunidade.


Para evitar tudo isso, a receita é simples: secar bem os pés após o banho (com atenção especial para o espaço entre os dedos), dar preferência às meias de algodão (que absorvem o suor) e passar um talquinho antifúngico a cada troca de calçado.


Unha na carne
Não, você também não está sozinho quando reclama daquela maldita unha encravada. O problema é bastante comum, principalmente em quem fica muito tempo usando calçados sociais - mais duros e apertados, no geral. A dica para evitar o desconforto é dar preferência a modelos com o bico mais arredondado, que não deixem os dedos muitos comprimidos.


"Mas os tênis também podem encravar as unhas. Por isso, é muito importante escolher um modelo adequado à pratica esportiva e num tamanho confortável", afirma Carla Pecora. "Em alguns casos, são formados até hematomas embaixo das unhas e precisamos removê-los no consultório para aliviar a dor do paciente".


Contra o chulé, característica queima-filme de alcance quase irreversível, uma novidade: as palmilhas de fibras naturais. Diferente dos talcos, que empapam a meia de quem transpira demais, esses acessórios sugam o suor e atrapalham a vida dos fungos que insistem em se instalar entre os dedos, provocando a catinga - e as micoses.


Se você ainda não se convenceu, Cristina ainda lembra um bônus dessas palmilhas: meio enrugadinhas, elas passam o dia massageando a sola dos pés.


Por que nascem os calos?
Em forma de bolhas ou casquinhas, os calos surgem graças ao atrito muito forte entre uma região do pé e uma superfície áspera. Trata-se da forma encontrada pela pele de reagir à agressão. A exceção fica por conta dos calos que nascem na sola dos pés, normalmente resultantes de calçados mal escolhidos ou pisadas mal dadas, que forçam certas regiões a suportarem mais peso do que elas deveriam ou estão acostumadas.

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Corpo de ex-presidente da OAB de Aquidauana é encontrado carbonizado na BR-419

2
Anastácio

Suspeito da morte de ex-presidente da OAB é preso no Bairro Alto

3
Aquidauana

‘Muito alegre’: amigos lembram com carinho de Severino Alves de Moura

4
Aquidauana

Jornal divulga matéria e incomoda empresário, que solicita nota de esclarecimento

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
6,11m
Miranda
7,09m
Paraguai
1,86m

Colunas e Blogs

Manoel Afonso

Odilon lidera, André o mais rejeitado

Robinson L Araujo

TENDO UM SONO RESTAURADOR

Rosildo Barcellos

Pequenas reflexões sobre o Biodireito

Ver Mais Colunas
498110412