A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
07 de julho de 2020
Anuncie Aqui
-->

Índios e fazendeiros vão à Brasília para mais uma vez buscar solução para conflito

Governo federal deveria ter dado resposta na segunda-feira

7 AGO 2013 - 06h33min
redação
Índios e fazendeiros vivem a expectativa de encontrar nesta quarta-feira (6), durante reunião no Ministério da Justiça, as soluções para o conflito pela disputa de terras em Mato Grosso do Sul. Depois da tensão de maio, com a fazenda Buriti, em Sidrolândia, invadida por terenas e a morte do índio Oziel Gabriel durante ação de reintegração de posse, junho foi marcado pela visita de ministros e o anúncio de uma trégua até segunda-feira (5), quando deveria ter sido realizada reunião para apresentar o valor da indenização por 15 mil hectares e um cronograma para resolver o impasse no restante do Estado. O encontro foi adiado para hoje e a trégua mantida por ambos os lados.
 
Presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul, Francisco Maia, acredita em alguma solução para o problema. ?Eu acredito que a reunião deve ser conclusiva sobre o que será feito. A Acrissul vai defender o interesse dos produtores no sentido de indenizar pela terra e que pague em dinheiro?.
 
O produtor não entra no mérito do valor das indenizações. ?Isso cabe aos advogados dos proprietários. O advogado que brigue pelo valor?, salienta.
 
Trabalho realizado em paralelo por comissão liderada pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) aponta o custo de R$ 1 bilhão para indenizar pelas 53 áreas em litígio no Estado. São aproximadamente 770 mil hectares, que correspondem a 2,17% do território. No entanto, o OGU (Orçamento-Geral da União) só reservou R$ 50 milhões para indenizar os fazendeiros.
 
Uma das propostas que chegou a ser cogitada foi arrendar as fazendas em Sidrolândia. ?Isso já foi sepultado?, garante Maia. A estimativa é que a indenização somente pelos 15 mil hectares da terra Buriti, que engloba 12 fazendas, varie de R$ 150 milhões a R$ 220 milhões.
 
Terenas e guaranis
 
Reivindicada pelos terenas, a terra indígena Buriti fica localizada entre os municípios de Sidrolândia e Dois Irmãos do Buriti. Em 2001, a Funai aprovou o relatório de identificação da área de 17 mil, sendo dois mil já demarcados.
 
No mesmo ano, fazendeiros recorreram à Justiça para anular a identificação antropológica. Em 2004, decisão judicial foi favorável aos produtores. Dois anos depois, com nova decisão no TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), a terra voltou a ser reconhecida como indígena.
 
Somente em 2010 o Ministério da Justiça declarou que a área pertencia aos terenas. Os próximos passos seriam a demarcação física da reserva e homologação da presidente da República. No entanto, no ano passado, o processo voltou a ser suspenso por decisão judicial favorável aos fazendeiros. Segundo os índios, a população chega a 6 mil pessoas, distribuídas em nove aldeias.

*Matéria editada com informações do CGNews
 

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Sucuri de 5 metros é encontrada morta em local onde foi vista se alimentando

2
Aquidauana

Câmera flagra onça se alimentando de bezerro em fazenda de Aquidauana

3
Miranda

Homem mata bebê de dois meses para vingar suposta traição da esposa em Miranda

4
Aquidauana

Cachorro atravessa rua e provoca acidente com moto em Aquidauana

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min18 max34

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min18 max34

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,49m
Miranda
2,97m
Paraguai
1,93m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"QUANTOS..."

Rosildo Barcellos

História e tradição a céu aberto

Valdemir Gomes

Até...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Casas de Shows

Chácara Taboca

Rua Jaime Artigas, s/nº Bairro Jóquei Clube - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 9951-6888
Telefones Úteis

Receita Federal

Rua Luis da Costa Gomes, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2640/1383
Pesqueiros

Pesqueiro do Barbosa

Distrito de Camisão, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 96157369
Ver Mais