A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
26 de maio de 2018
Anuncie Aqui
8496
Agronegócio

Indutor do desenvolvimento, Estado dá suporte a uma nova safra recorde de soja

Principal comodite agrícola, soja tem crescimento de 85% nas vendas externas e se mantém como um dos três principais itens da balança comercial

13 FEV 2018 - 15h40min
Da Redação

Pelo terceiro ano consecutivo, Mato Grosso do Sul vai registrar recorde na produção de soja. De acordo com as projeções, devem ser colhidas 8,7 milhões de toneladas da oleaginosa na safra 2017/18. Segundo o Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga), o aumento se deve, entre outros fatores, à crescente aplicação de recursos em pesquisas e em tecnologia, que contribuem para a expansão da produção e aumento da produtividade da agricultura. A área plantada de soja aumentou de 2,5 milhões de hectares para 2,6 milhões/ha. O milho, com 1,8 milhão de hectares plantados, deve render uma produção de 9,180 milhões de toneladas.

Políticas de indução do desenvolvimento, como os incentivos fiscais, que foram convalidados e dão segurança jurídica aos investidores, têm atraído ainda novos empreendimentos privados a Mato Grosso do Sul, que vêm para agregar valor a tudo o que é produzido aqui por meio do beneficiamento e processamento. A vinda de grandes conglomerados ligados à produção agrícola de Mato Grosso do Sul faz o Estado passar por um verdadeiro processo de revolução industrial.

Nesse contexto, o Governo do Estado tem desempenhado importante papel como indutor do desenvolvimento econômico, pois estimula e dá suporte à expansão das fronteiras agrícolas, com investimentos em infraestrutura viária, para melhorar a logística de transporte, e incentiva o emprego de tecnologia e inovação, com a difusão de pesquisas desenvolvidas pelas Fundações de Ciência e Tecnologia do Estado (Fundect), de MS e a de Chapadão do Sul.

“Fizemos inúmeros investimentos no segmento produtivo, em parceria com as instituições de pesquisa, porque acreditamos que esse é o grande modelo para, cada vez mais, avançarmos na produção. Mato Grosso do Sul é hoje o quinto maior produtor de grãos do País e o terceiro maior em número de abates de animais; é ainda o que tem a carne com melhor qualidade do país. Isso tudo é fruto do trabalho desenvolvido em conjunto”, afirma o governador Reinaldo Azambuja.

Exportações

Dados da balança comercial divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio mostram que, em janeiro deste ano, as exportações de soja subiram 85,6% em relação ao mesmo período do ano passado. As vendas externas somaram 124,1 mil toneladas, representando 12,7% de total comercializado pelo estado no início deste ano. No mesmo período de 2017, os embarques foram de 65,1 mil toneladas. As vendas de soja no mercado externo renderam a Mato Grosso do Sul divisas de US$ 48 milhões.

Tecnologia voltada ao agronegócio

Explicação do secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, reforça o uso das tecnologias para a promoção do agronegócio. “Em termos de resultado para economia, a safra recorde mostra que o produtor rural novamente fez uma safra com elevada tecnologia. Nós tivemos aplicação de novas variedades (soja) em Mato Grosso do Sul, desenvolvidas com pesquisa e apoio do Estado”, diz.

Presidente da Fundação MS, Luciano Muzzi, destaca que para cada R$ 1,00 investido em tecnologia na área do agronegócio, R$ 10,00 são retornados à sociedade. “Isso é o que mostrou um estudo encomendado pela Fapesp [Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo]. Então, a participação do Governo em pesquisas é fundamental, pois o aumento da produção e da produtividade aumentam a geração de emprego, de renda e de consumo”, afirma.

Safra recorde

O crescimento estimado da safra de soja é de 2,5% quando comparada a 2017 (8,5 milhões de toneladas) e de 3,5% se equiparada a 2016 (8,4 milhões de toneladas). Até o momento, pouco mais de 2% da área de 2,6 milhões de hectares da oleaginosa foram colhidos em Mato Grosso do Sul. No Estado, os maiores produtores de soja são os municípios de Maracaju, Ponta Porã e Sidrolândia.

O presidente da Associação dos Produtores de Soja do Estado (Aprosoja/MS), Juliano Schmaedecke, acrescenta que a safra recorde é também “resultado do excelente trabalho do produtor rural que tem investido em tecnologia e, assim, obtido produtividade satisfatória. Associado a isso, o clima ajudou, uma vez que tivemos o melhor índice pluviométrico dos últimos anos”, destaca.

Agregando valor

A safra recorde, para o secretário Jaime Verruck, ativa a economia em todo o Mato Grosso do Sul. Com 8,7 milhões de toneladas de soja, o Estado passa a exportar e a industrializar mais soja. “É uma questão fundamental, pois temos percebido um aumento dos investimentos nessas áreas”, revela.

Os bons resultados no setor agrícola em Mato Grosso do Sul vêm atraindo olhares de investidores. Em Maracaju, a empresa chinesa BBCA investe R$ 1,21 bilhão na construção de uma fábrica de processamento de soja e milho. Financiada com recursos Banco de Desenvolvimento da China (China Development Bank – CDB), a indústria esmagadora de grãos deve entrar em operação em 2019.

Com perspectiva de geração de 400 empregos diretos após o funcionamento, a BBCA terá capacidade de processar toda a produção local de milho (1,25 milhão toneladas/ano) e de soja (1 milhão de toneladas/ano). O projeto prevê ainda o beneficiamento de produtos derivados desses grãos.

Em janeiro deste ano, a maior cooperativa agrícola da América Latina, a Coamo Agroindustrial, abriu unidades em Sidrolândia e Itaporã que somam mais de R$ 89 milhões em investimentos para Mato Grosso do Sul. A unidade da Coamo em Sidrolândia conta com capacidade para receber um milhão de sacas no seu complexo de armazenagem de 33 hectares. Já o entreposto de Itaporã foi instalado em uma área de 20 hectares. Em Dourados, estão em fase de construção duas fábricas da cooperativa.

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Em apoio, empresários de Aquidauana e Anastácio levam pão e leite a caminhoneiros

2
Economia

Falta combustível em Aquidauana e Anastácio e paralisação dos caminhoneiros aumenta em MS

3
Aquidauana

Por conta da greve, Prefeitura Municipal publica nota sobre novas medidas administrativas

4
Policial

Após perseguição, Polícia apreende 316 quilos de maconha dentro da cidade

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
5,14m
Miranda
4,99m
Aquidauana
3,69m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Vamos...

Pedro Puttini Mendes

Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural: E agora?

Robinson L Araujo

A QUAL JESUS EU QUERO SERVIR E ANUNCIAR?

Ver Mais Colunas
498110642