10 de agosto de 2020
Anuncie Aqui
-->

'Inspirado' por manifestantes, Neymar dá vitória ao Brasil

Ele fez o gol da vitória, deu o passe para o segundo e comandou o time nacional no triunfo sobre o México por 2 a 0, em Fortaleza

19 JUN 2013 - 17h20min
ESPN
Os protestos que transformaram o Brasil e a Copa das Confederações em um caos despertaram Neymar.
 
Horas depois de postar numa rede social sua indignação com o que está acontecendo no seu país, e dizendo que isso faria ele entrar em campo "inspirado", o atacante teve sua melhor atuação com a camisa da seleção brasileira.
 
Ele fez o gol da vitória, deu o passe para o segundo e comandou o time nacional no triunfo sobre o México por 2 a 0, em Fortaleza, pela segunda rodada da Copa das Confederações.
 
"Também quero um Brasil mais seguro, mais saudável e mais HONESTO", escreveu Neymar, com a palavra honesto em letras maiúsculas mesmo.
 
A equipe nacional pode garantir ainda nesta quarta-feira sua vaga nas semifinais. Para isso, basta que o Japão não vença a Itália em Recife. Os mexicanos, com duas derrotas, estarão eliminados se os italianos somarem pelo menos um ponto.
 
Antes da bola rolar, o Castelão, que custou quase R$ 600 milhões, viu seu sistema de som falhar e tornar quase impossível ouvir os hinos dos dois países. Mas o público, para orgulho de Felipão, cantou o hino brasileiro a plenos pulmões.
 
Atmosfera perfeita para o Brasil começar bem. E foi o que aconteceu, com Neymar e Marcelo inspirados pelo lado esquerdo do ataque. Aos 4min, Oscar marcou, mas estava impedido e o gol foi anulado pelo juiz inglês Howard Webb.
 
O México só ameaçava no contra-ataque, e logo no seu primeiro chute Júlio César, como aconteceu contra o Japão, mostrou insegurança
 
Mas a pressão brasileira não demorou para dar resultado. Aos 9min, Daniel Alves avançou pela direita e cruzou. A zaga mexicana cortou, mas o rebote sobrou para Neymar, que de sem pulou bateu forte com a perna esquerda para abrir o placar. Foi o segundo gol do jogador do Barcelona na Copa das Confederações.
 
A seleção jogava a melhor partida da segunda era Felipão. O goleiro mexicano Corona sofria para não sofrer o segundo. Neymar dava show, como aos 23min, quando driblou dois e chutou forte: a bola passou só um pouco acima do travessão.
 
Mas o segundo gol não saia, e o calor da capital cearense parece ter cansado o Brasil, que depois dos 30min diminuiu o ritmo.
 
Se brilhava no ataque, o lateral esquerdo Marcelo era facilmente envolvido pelos mexicanos, e era por esse setor que o rival brasileiro criava suas melhores chances.
 
O Brasil ainda jogou boa parte dos minutos finais da primeira etapa com um homem a menos, já que David Luiz sofreu um corte no rosto e precisou de longos minutos até que os médicos conseguissem estancar o sangue.
 
E o que era um massacre no início se transformou em um jogo equilibrado. Segundo as estatísticas da Fifa, o Brasil teve 51% da posse de bola contra 49% do México.
 
O segundo tempo começou com o barulhos das bombas que a polícia lançava para brecar os manifestantes do lado de fora do Castelão. E com outro barulho que começa a virar rotina nesta Copa das Confederações: o pedido da torcida pela entrada de Lucas.
 
Neymar novamente começou de forma infernal, driblando, chutando e assumindo a responsabilidade de lever o time nas costas.
 
Com Oscar acontecia o contrário. Novamente apagado, ele foi o primeiro a ser substituído. Aos 17min, Hernanes entrou no seu lugar. Felipão ainda colocou Jô e Lucas, mas só Neymar jogava bem de verdade
 
E não foi fácil segurar a vitória até o apito final, com o México, que ganhou só um dos dez jogos que havia disputado em 2013, pressionando.
 
Mas a genialidade de Neymar apareceu antes do jogo terminar. Ele fez jogada espetacular pela esquerda, se livrou de dois zagueiros e tocou para Jô fazer o segundo.
 
O ex-santista foi ovacionado.
 
A seleção encerra sua participação na primeira fase no próximo sábado, em Salvador, contra a Itália. No mesmo dia, o México pega o Japão.
 
FICHA TÉCNICA:.
BRASIL 2 X 0 MÉXICO
 
Data: quarta-feira, 19 de junho de 2013
Local: Castelão, em Fortaleza 
Árbitro: Howard Webb (ING)
Público: 50.733
Cartões Amarelos: Guardado, Herrera e Rodríguez (MEX); Thiago Silva e Daniel Alves (BRA)
Gols: Neymar, aos 9min do primeiro tempo; Jô, aos 48min do segundo tempo
 
Brasil: Júlio César; Daniel Alves, Thiago SIlva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar (Hernanes); Neymar, Fred (Jô) e Hulk (Lucas)
Técnico: Luiz Felipe Scolari
 
México: Corona; Flores (Herrera), Moreno, Rodríguez e Salcido; Meier, Torrado (Jimenez), Guardado, Torres e Giovani dos Santos; Hernández 
Técnico: José Manuel de la Torre
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Motociclista perde controle de moto e passageiro morre na MS-450, curva do Rio Vermelho

2
Anastácio

Grávida se assusta com acidente, cai com barriga no chão e é socorrida em Anastácio

3
Aquidauana

Do médico da UTI ao idoso recuperado, o Dia dos Pais será diferente com a pandemia

4
Aquidauana

Moto colide em bicicleta e homem fica ferido na Vila Trindade em Aquidauana

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min18 max36

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min18 max36

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,15m
Miranda
1,74m
Paraguai
1,52m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"VOCÊ,MINHA LEITORA..."

Valdemir Gomes

A...

Raquel Anderson

pobre Pai pobre!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Telefones Úteis

Receita Federal

Rua Luis da Costa Gomes, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2640/1383
Advocacia

Sortica e Santos Advogados Associados S/C

Rua Augusto Mascarenhas, 506 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) - 3241-3122 / 3
Auto Elétrica/Oficinas

Auto elétrica Mato Grosso

Duque de Caxias, 953 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2179
Ver Mais