A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de Agosto de 2017
Anuncie Aqui
8459
Gente

Jovem tatua gemidão do WhatsApp e não liga para críticas: 'Respondo brincando'

31 JUL 2017 - 08h18min
extra

 

Depois que Charlize Mayla, de 27 anos, divulgou em suas redes sociais a imagem de seu braço com o 'gemidão do Whatsapp' tatuado, não esperava que sua façanha alcançasse a repercussão que tomou. A ideia de marcar o lado interno do braço veio a partir de uma brincadeira que viralizou no aplicativo que reproduz sons que deixam o receptor em uma situação constrangedora caso esteja em público. O que foi o caso dela.

— Eu estava no intervalo do curso à noite quando recebi o áudio. Um amigo meu que me mandou. A gente estava conversando. Eu nem desconfiei. Aumentei o volume e caí (na brincadeira). Comecei a rir — disse a estudante ao EXTRA.

E engana-se quem pense que Charlize demorou a tomar a decisão de fazer a tatuagem. Ela ouviu o áudio na última quarta-feira e, por volta de 18h30 da quinta-feira, os gemidos já estampavam sua pele.

Com o viral, porém, vieram as críticas, que Charlize disse não se deixar afetar.

— Algumas pessoas estão até me xingando. Teve um comentário que dizia "É por isso que o Brasil não vai para frente". Eu levo na brincancadeira e respondo brincando. Não vou entrar nessa onda dos comentários negativos, se não vai virar uma bola de neve — afirmou.

Para a jovem, a tatuagem foi uma grande brincadeira.

— Foi tipo uma zoeira. A ideia veio quando eu estava trabalhando. Falei para uma amiga minha que é tatuadora e ela começou a rir. Pegou e falou assim: "Vamos, né?". Depois postei a conversa com ela no Instagram e compartilhei no Facebook — contou Charlize, admitindo ter ficado bastante surpresa com a repercussão.

Charlize, que trabalha no setor administrativo de uma empresa em Londrina, no Paraná, disse que logo no dia seguinte, os colegas de profissão todos já comentavam a novidade.

— Menina, no outro dia todo mundo estava sabendo. As pessoas comentaram: "Olha ali, a menina da tatuagem. Aí fiquei com vergonha, né? Porque correu muito rápido na internet — exclamou, ainda rindo pelo fato de sua história ter viralizado.

Nem mesmo a opinião de sua mãe desanimou a jovem, que afirmou ainda ter espaço no corpo para mais desenhos e frases.

— Minha mãe ficou pistola (brava). No dia que eu fiz a tattoo ela me perguntou: "Charlize, você está fazendo tatuagem?", porque toda vez que vou na Aimê ela já imagina isso. Ela não sabia que eu faria até porque foi no impulso. Essa foi a que fiz mais na zoeira. Eu até que gosto dela. Ainda não tenho ideia para a próxima, mas espaço ainda tem um pouquinho — contou.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Jovem é assassinado com ao menos dois tiros em assentamento rural

2
Policial

Funcionários e empregada da família participaram do sequestro de garoto

3
Policial

Dois corpos são encontrados dentro de Corolla em rodovia na fronteira

4
Brasil

Termina segunda prazo para quem recebe auxílio-doença agendar perícia

Vídeos

Indígenas fecham BR-262, acesso a Taunay

3º Desafio Mountain Bike - Piraputanga MS

18 Festival de Inverno de Bonito

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,30m
Miranda
2,12m
Paraguai
4,24m

Colunas e Blogs

Raquel Anderson

Convexos

Valdemir Gomes

Fundo...

Pedro Puttini Mendes

Imposto Territorial Rural de 2017: muda o ano, os probl...

Ver Mais Colunas
481710516