A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
16 de novembro de 2018
Anuncie Aqui
8500

Lideranças rurais se reúnem com Temer para tratar das demarcações de terras indígenas

Produtores alegam que os indígenas invadem suas terras com apoio da Funai. Órgão do governo diz que terras são indígenas.

16 MAI 2013 - 07h46min
redação
As demarcações de terras e a atuação da Funai (Fundação Nacional do Índio) frente a essa questão é o tema central da reunião que acontece na manhã desta quinta-feira (16), entre produtores, deputados da Frente Parlamentar de Agropecuária, o vice-presidente Michel Temer (PMDB), o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo e lideranças rurais de dez estados brasileiros. Marcada inicialmente para a terça-feira (15), no Palácio do Planalto, em Brasília, a reunião foi transferida por três vezes até ser agendada para as 10h de hoje.
 
O encontro é mais que necessário diante do conflito constante entre os indígenas e os produtores rurais. De um lado os produtores alegam que os indígenas invadem suas terras com apoio da Funai. Do outro o órgão do governo diz que os locais onde os índios ocupam são comprovadamente terras indígenas. Sem solução para a crise, os produtores pedem ação do governo.
 
Ontem mesmo, a Fazenda Buriti, localizada em Sidrolândia, de propriedade de Ricardo Bacha, foi invadida por volta das 4 horas da madrugada por índios Terena. A mulher dele e o filho foram mantidos reféns pelos Terenas. O produtor rural que estava em Brasília para a reunião precisou retornar a Campo Grande diante do problema. ?Eu vim prestar depoimento de quem vive o problema, embora não imaginasse que ele tomasse a proporção que tomou?, afirma Bacha, referindo-se ao fato da esposa e do filho estarem isolados devido ao cerco dos índios à propriedade invadida.
 
Na região onde fica a fazenda da família Bacha são 17 áreas ocupadas. O Mato Grosso do Sul tem atualmente 56 propriedades invadidas.
 
Para o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul), Eduardo Riedel o que aconteceu ontem é mais um episódio de uma situação anunciada. ?Viemos denunciando e alertando sobre a violência crescente. E nos deixa temerosos em relação ao que possa acontecer daqui pra frente?, finaliza.

Veja também

Mais Lidas

1
Nota de Falecimento

Faleceu a professora Soila Correa Azambuja

2
Policial

Empresário é executado ao estacionar caminhonete na garagem de casa; filho também é baleado

3
Policial

Colisão frontal entre carro e carreta mata vereador de Eldorado

4
Aquidauana

Professora Soila Correa Azambuja será sepultada às 10h desta sexta

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,59m
Miranda
6,13m
Aquidauana
3,76m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

“Deus! Ó Deus! Onde estás que não respondes!"

Valdemir Gomes

Aqui...

Robinson L Araujo

O FIM ESTÁ PRÓXIMO! AS EVIDÊNCIAS COMPROVAM

Ver Mais Colunas
498110590