A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
06 de julho de 2020
Anuncie Aqui
-->
Corumbá

Mulheres ribeirinhas se reúnem com entidades para discutir produção sustentável no Pantanal

Representantes das comunidades tradicionais corumbaenses compartilharam suas experiências e apresentaram a dura realidade enfrentada

4 JUN 2019 - 15h07min
Redação

Com o objetivo de fortalecer as atividades das mulheres ribeirinhas que extraem da biodiversidade pantaneira os produtos para sua subsistência e apresentar à sociedade as dificuldades que elas enfrentam, o Ministério Público Federal (MPF) promoveu, nesta segunda-feira (3), uma conversa especial dedicada  à Semana do Meio Ambiente no município de Corumbá.

Representantes das comunidades tradicionais corumbaenses de Antônio Maria Coelho, Porto Esperança, Paraguai Mirim, Barra do São Lourenço e da Apa Baía Negra, além do assentamento rural Bandeirantes de Miranda (MS), compartilharam suas experiências e apresentaram a pesquisadores, políticos e empresários a dura realidade enfrentada diariamente, seja para ter acesso a direitos básicos como educação, saúde e saneamento, seja para garantir o escoamento dos produtos que extraem e manufaturam localmente.

São as dificuldades que aproximam a realidade de mulheres que moram a quilômetros de distância umas das outras, como a Edil de Antônio Maria Coelho, a Natalina de Porto Esperança, a Júlia da Apa Baía Negra, a Josi do Paraguai Mirim, a Catarina da Barra do São Lourenço. Umas produzem doces. Outras catam iscas ou trançam a fibra do aguapé para fazer cestos e bolsas. Mas a falta de acesso à água tratada, a inexistência de coleta de lixo, as condições precárias de moradia: tudo isso faz com que os esforços envidados na gestão de seus produtos artesanais fiquem em segundo plano.

“Por isso pensamos no colóquio. O foco não foi apenas expor e valorizar o trabalho dessas mulheres, mas permitir o diálogo entre vários atores da sociedade, estabelecer contatos para o protagonismo e autonomia das ribeirinhas, possibilitar a proximidade entre setores que até então não interagiam”, resumiu a procuradora da República Maria Olivia Pessoni Junqueira, responsável pela organização do evento.

Promovido com o apoio da Fundação do Meio Ambiente do Pantanal (FMAP) e da Ong Ecoa, o colóquio contou com a presença de representantes dos poderes executivo e legislativo municipal, da Embrapa, da UFMS, da Comissão Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais (CNPCT), do setor turístico e da mineradora Vale, que possui polos extrativistas próximos a algumas dessas comunidades. Ao final de três horas de reunião, em que todos puderam se manifestar, foi possível estabelecer vínculos e a necessidade de pensar em rede, de maneira integrada, a fim de garantir a existência e a manutenção das comunidades tradicionais pantaneiras.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Paciente de 42 anos é novo caso de coronavírus em Aquidauana

2
Policial

Fiscalização resulta em 12 veículos recolhidos em Aquidauana e Anastácio

3
Policial

Polícia investiga se jovem morta após sequestro foi vítima de facção criminosa

4
Policial

DOF apreende três caminhões boiadeiros carregados com mais de três toneladas de maconha

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min20 max33

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min20 max33

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,49m
Miranda
2,97m
Paraguai
1,93m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Uma...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"O QUE..."

Robinson L Araujo

A VIVÊNCIA FAMILIAR EM TEMPOS DE QUARENTENA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Vídeo Locadoras

Iterative - Cyber, Lan House e Vídeo Locadora

Estevão Alves Corrêas - sala 01, 1157 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-1312
Escritórios Contabilidade

Escritório Modelo

Rua 7 de Setembro, 493 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Escolas Municipais

Escola Municipal Indígena Pólo Lutuma Dias

Aldeia Limão Verde, Aldeia Limão Verde - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Ver Mais