A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
24 de abril de 2018
Anuncie Aqui
8490

Neymar diz que 'não tem como' ser o mesmo jogador do Santos na Seleção

Atacante justifica exibições com a camisa amarelinha e diz cumprir funções específicas. 'São jogadores diferentes. O entrosamento é diferente'

14 JUN 2013 - 10h45min
Globoesporte.com
Pela primeira vez nesta preparação para a Copa das Confederações, Neymar concedeu entrevista coletiva, em Brasília. Nesta quinta-feira, o jogador se mostrou feliz com o carinho dos companheiros de seleção brasileira, a quem chama de ?amigos de infância?, comentou a escolha da camisa 10 e da diferença de atuar pelo seu antigo clube, o Santos, e pela seleção brasileira.
 
Na opinião do jogador, as situações são diferentes. A começar pelo tempo de preparação e pelo costume de atuar ao lado dos companheiros.
 
- Todo jogador tem a sua função. Nós temos um treinador. O treinador pede que a gente faça algumas coisas dentro de campo, de marcar, de movimentações. Claro que não tem como ser o que eu era no Santos aqui na seleção brasileira. Até porque hoje eu sou do Barcelona. Tenho que jogar meu futebol normal, como sempre joguei. Nunca mudei meu jeito de jogar e nunca vou mudar, independentemente de onde eu esteja. Se cheguei à Seleção, o que eu fiz pelo Santos estava certo. Mas são lugares diferentes (Seleção e Santos). São jogadores diferentes. O entrosamento é diferente. No Santos, eu já conhecia todo mundo. Qualquer movimento que eu fazia, eu recebia a bola. Aqui, nós queremos achar um time, a forma de jogar. A partir daí, a qualidade de cada um vai aparecer naturalmente.
 
Mantido em uma redoma por todos os companheiros e, principalmente, pelo técnico Luiz Felipe Scolari, o atacante do Barcelona agradeceu pelo carinho.
 
- Esse é um grupo excelente, independentemente da qualidade. Fora de campo são pessoas que se dão muito bem. Não tem vaidade nenhuma nesse grupo. É maravilhoso de trabalhar. Todo mundo brinca. Parece que somos amigos desde criança. É por isso essa afinidade, esse carinho um pelo outro ? disse o craque.
 
Neymar está há 842 minutos sem marcar gols. Se chegar aos sete minutos do segundo tempo do confronto diante do Japão, no próximo sábado, no Mané Garrincha, sem balançar a rede, atingirá a pior marca da carreira. Questionado sobre o assunto, o jogador afirmou que a marca negativa não vai mudar em nada a sua carreira.
 
- Nada. Tenho que trabalhar para que os gols saiam a qualquer momento.
 
Dono da camisa 10 para a disputa da Copa das Confederações, Neymar explicou o motivo de ter pedido para usá-la no torneio.
 
- A 10 sempre foi muito bem representada no Brasil. Mas, independentemente do número, é a camisa da seleção brasileira. Os 10 que acompanhei foram Rivaldo, Ronaldinho, Kaká e Robinho, que também já usou essa camisa. É um número simbólico, assim como o 11 do Romário, o 9 do Ronaldo... ? completou Neymar.
 
O jogador também aproveitou para negar que esteja treinando e atuando pela seleção brasileira com dores no joelho.
 
- Não fiquei fora de nenhum treino. Não é nada que eu tenha dor. Nenhum jogador joga 100%. Todos têm uma dor aqui ou outra ali. Isso é normal. Pelo que estão falando, por tudo o que tem saído, não tem nada a ver. Estou bem para jogar, à disposição do treinador ? explicou o jogador.
 
O atacante comentou ainda sobre a perda de peso percebida pela comissão técnica da seleção brasileira logo após a apresentação do jogador ao Barcelona. Segundo Neymar, o emagrecimento aconteceu pela viagem corrida até a Catalunha para assinar contrato com o clube espanhol e ser apresentado no Camp Nou em apenas um dia.
 
- Os dois quilos que eu perdi não foram no final da transação (com o Barcelona). Foi a viagem que eu fiz. Foi corrida. Acabei não comendo direito, não me alimentando direito. Acabei perdendo peso. Mas já recuperei. A cabeça está tranquila. Não ligo muito para o que está acontecendo na minha vida. Já aconteceu tanta coisa. Tem gente que sobe a cabeça, mas comigo, não. Meus pais me deram uma boa educação para que isso não acontecesse. Sei que vou viver uma nova vida. É uma coisa nova. Já está definida na minha cabeça.
 
Questionado sobre a Espanha, Neymar foi só elogios à Fúria, atual campeão do mundo e bicampeã da Eurocopa.
 
- A seleção da Espanha é uma grande seleção. Tem jogadores que são fora de série. É uma das principais equipes, uma das favoritas para conquistar essa competição. Será um grande prazer, um grande sonho, e vou fazer de tudo para procurar vencer caso ocorra o confronto.
 
A seleção brasileira estreia na Copa das Confederações no próximo sábado, dia 15, contra o Japão, em Brasília. Depois, dia 19, pega o México em Fortaleza. E encerra a primeira fase jogando com a Itália, dia 22, em Salvador.

Veja também

Mais Lidas

1
Saúde

Campeiro de Camisão morre por influenza depois de uma semana internado no Regional

2
Policial

Resgatado o corpo do turista de Campo Grande que se afogou no rio Aquidauana

3
Policial

Homem é agredido pelo patrão em Aquidauana

4
Policial

Colisão entre moto e Kombi deixa duas pessoas feridas no Bairro Serraria

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
4,74m
Miranda
4,67m
Aquidauana
3,65m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Preciso...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: CONTRADIÇÕES

Robinson L Araujo

CASAMENTO: O Plano Perfeito de DEUS Para a Família - 1...

Ver Mais Colunas
498110516