A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
28 de maio de 2018
Anuncie Aqui
8496

Nível do Rio Aquidauana fica abaixo de oito metros

Marca é a menor da última semana. Prainha segue encoberta pela água.

11 ABR 2013 - 14h35min
redação / Aníbal Placêncio
Na manhã desta quinta-feira (11), o nível do Rio Aquidauana apontava 7,82 metros, conforme a régua de medição instalada na Ponte Velha. A marca, a menor dos últimos sete dias, traz um pouco mais de alívio para aquidauanenses e anastacianos, que ainda contabilizam os estragos causados na região, depois das fortes chuvas que não deram trégua no começo do mês.
 
Na região da Ponte Velha, em Anastácio, a Prainha segue encoberta pela água. Na Rua Teodoro Rondon, uma das principais vias de entrada no município de Aquidauana, onde o trânsito chegou a ficar interditado para pedestres, ciclistas e carros pequenos, a situação vai se normalizando aos poucos. Atualmente, o trânsito está totalmente liberado nas duas principais pontes que ligam os municípios vizinhos.
 
Algumas famílias ribeirinhas já começam a voltar para suas residências, retirando os objetos domésticos que foram perdidos e a sujeira deixada pelo rio. Com a ajuda da população, estão sendo organizados mutirões de limpeza. O Corpo de Bombeiros e o 9º Batalhão de Engenharia de Combate prestam ajuda aos moradores afetados pelas chuvas.
 
No ginásio poliesportivo de Aquidauana, as famílias ribeirinhas alojadas no local recebem suporte da Gerência de Desenvolvimento Social e Economia Solidária.
 
Na região do Baixadão, em Aquidauana, algumas pessoas ainda precisam usar barco para se locomover. O cenário é parecido nas ruas Sete de Setembro e Cassimiro Brum, nos trechos que dão acesso às pontes sobre o Córrego João Dias.
 
Medidas emergenciais
 
Os prefeitos de Aquidauana, José Henrique, de Anastácio, Douglas Figueiredo, e de Porto Murtinho, Heitor Miranda, foram recebidos na tarde da última terça-feira (09) pela governadora em exercício de Mato Grosso do Sul, Simone Tebet. Na reunião, foram discutidas medidas emergenciais para atender os estragos causados nas cidades e na zona rural.
 
Simone ouviu os relatos e se colocou à disposição para dar suporte aos municípios. ?Em função das chuvas atípicas com índices acima da média, alguns municípios tiveram alagamentos e muitas famílias desalojadas. Entre eles Aquidauana, Anastácio, Miranda e Porto Murtinho, onde a situação é mais crítica. Colocamos à disposição as equipes da Defesa Civil e da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) para dar suporte à prefeitura", destacou a governadora em exercício, na ocasião.
 
A Cedec (Coordenadoria Estadual de Defesa Civil) informou que está oferecendo todo o suporte com a documentação e dados necessários para que os municípios possam obter recursos junto ao governo federal, além da ajuda humanitária e mobilização para apoio às famílias desabrigadas.
Após uma semana, nível do Rio Aquidauana volta a ficar abaixo de oito metros
Após uma semana, nível do Rio Aquidauana volta a ficar abaixo de oito metros / Rhobson T. Lima
Após uma semana, nível do Rio Aquidauana volta a ficar abaixo de oito metros

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

População se junta ao movimento e faz passeata a favor dos caminhoneiros

2
Anastácio

Inquilino alega que sofreu abuso de confiança e registra B.O. contra locador

3
Aquidauana

Cerca de 8 mil pessoas participam de evento em comemoração ao Mês do Trabalhador

4
Geral

Abastecimento de postos deve normalizar até segunda-feira em Campo Grande

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
5,14m
Miranda
4,99m
Aquidauana
3,69m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Pedro Puttini Mendes

Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural: E agora?

Robinson L Araujo

A QUAL JESUS EU QUERO SERVIR E ANUNCIAR?

Ver Mais Colunas
498110667