A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
18 de Janeiro de 2018
Anuncie Aqui
8498

Queda de temperatura marca início do inverno em Aquidauana e Anastácio

21 JUN 2013 - 07h20min
redação / Aníbal Placêncio
Nesta sexta-feira (21), quando o relógio marcava 01h04 (horário de Mato Grosso do Sul), começou oficialmente o inverno. A estação, que tem duração de 93 dias, 15 horas e 40 minutos, será marcada por temperaturas mais amenas em todas as regiões do Estado, com noites frias e dias quentes, de acordo com o meteorologista da Universidade Anhanguera-Uniderp, Natálio Abrahão.
 
Logo no primeiro dia, as características típicas do inverno já são observadas nos municípios de Aquidauana e Anastácio. O dia começou com queda de temperatura e neblina na região do Portal do Pantanal, mas a tendência é que o sol apareça entre muitas nuvens, com períodos de céu totalmente nublado. Há possibilidade de chuva em áreas isoladas.
 
Segundo informações do boletim meteorológico do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), as cidades vizinhas amanheceram com temperatura de 15 graus, enquanto que, no período da tarde, a máxima deve atingir 25 graus.

Veja também

Mais Lidas

1
Nota de Falecimento

Amigo de todos, Manoel Alves da Cunha foi vítima de infarto na Capital

2
Policial

Mulheres são vítimas de estelionato em Aquidauana e Anastácio

3
Aquidauana

Chuva frequente transforma casas em verdadeiras lagoas na Vila 40 e São José

4
Anastácio

Prefeitura de Anastácio e parceiros oferecem cursos de qualificação profissional

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
5,18m
Miranda
7,00m
Paraguai
2,96m

Colunas e Blogs

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: CHEGADAS & PARTIDAS (OU PERDIDOS...

Robinson L Araujo

DIFICULDADES SE LEVANTAM PARA SEREM VENCIDAS

Pedro Puttini Mendes

Agenda Ambiental de 2017 e o que espera o agronegócio ...

Ver Mais Colunas
498110647