A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
28 de maio de 2018
Anuncie Aqui
8496

Simone reconhece importância do setor produtivo durante abertura da Expogrande 2013

12 ABR 2013 - 13h15min
Notícias MS
A governadora em exercício, Simone Tebet, participou nesta quinta-feira da abertura da 75ª edição da Expogrande, com a presença de autoridades, políticos e produtores rurais. Em seu discurso ela reconhece a importância do setor de produção. ?É verdade que hoje Mato Grosso do Sul tem a indústria como responsável por praticamente 25% do PIB, como o segundo setor em importância, perdendo apenas para o setor de comércio e serviços, e deixando para trás o setor da produção. Mas não haveria uma única indústria, um único frigorífico, nenhuma fábrica de celulose, ou usina de álcool neste Estado se não fosse a força do campo, se não fosse agricultura, se não fosse a pecuária?, afirma Simone.
 
Simone também frisou que embora Mato Grosso do Sul não seja mais o maior rebanho do Brasil, estando em quarto lugar no ranking, em compensação é campeão em exportação de carne. ?O mercado externo é muito exigente em relação à carne, então isto significa que nossa carne tem a melhor qualidade do Brasil, um motivo de muito orgulho?, garante a vice-governadora.
 
Mesmo assim, a governadora em exercício reconhece que ainda é preciso fazer mais para melhorar a agricultura e pecuária, e citou os quase 8 milhões de hectares de áreas de pastagens degradadas que precisam ser recuperadas. ?Precisamos dar condições ao homem do campo de melhorar sua produção, sob pena de não conseguirmos manter nossas indústrias, pelo fato de estarmos tão longe dos centros consumidores. E quando eu digo cadeia produtiva não podemos nos esquecer dos avanços de setores como suinocultura, ovinocultura, avicultura e piscicultura?, enfatizou Simone citando programas em parceria com o governo do Estado, como o Proape (Programa de Avanços da Pecuária) - que busca fortalecer as cadeias produtivas existentes no Estado.
 
O presidente da Acrissul, Francisco Maia, reafirmou a importância do evento e disse que os números mostram como os setores produtivos têm evoluído. ?Este ano houve recorde de expositores na feira, ao todo, serão 32 leilões e 45 palestras?, afirma o presidente. A expectativa é movimentar cerca de R$ 20 milhões em negócios nos 340 estandes.
 
Entre as novidades citadas pelo presidente está a fazenda do pequeno produtor, que deve ensinar as crianças da Rede Pública de onde vem o leite e a carne que eles comem. Segundo Maia, 2,6 mil alunos já estão inscritos para visitar o local. Outra característica que marca a 75ª Expogrande é a volta dos shows musicais, com a condição de que eles aconteçam até meia-noite nos dias de semana e até à 1 hora da madrugada nos finais de semana. São esperadas 300 mil pessoas. 

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

População se junta ao movimento e faz passeata a favor dos caminhoneiros

2
Anastácio

Inquilino alega que sofreu abuso de confiança e registra B.O. contra locador

3
Aquidauana

Cerca de 8 mil pessoas participam de evento em comemoração ao Mês do Trabalhador

4
Geral

Abastecimento de postos deve normalizar até segunda-feira em Campo Grande

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
5,14m
Miranda
4,99m
Aquidauana
3,69m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Pedro Puttini Mendes

Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural: E agora?

Robinson L Araujo

A QUAL JESUS EU QUERO SERVIR E ANUNCIAR?

Ver Mais Colunas
498110667