A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
24 de Julho de 2017
Anuncie Aqui
8463

Funasa e Estado terão mais de R$ 8 milhões para saneamento

Pacote inclui perfuração de poços em 108 assentamentos

25 DEZ 2016 - 10h09min
Correio do Estado
Mais de 100 assentamentos em Mato Grosso do Sul devem receber melhorias, como perfuração de poços artesianos, a partir de 2017. A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) confirmou hoje a liberação de R$ 8.217.153,00 para obras de saneamento básico, perfuração de poços e projetos de educação ambiental no Estado.
 
Os valores estão divididos em projetos diferentes. Uma parte do investimento, R$ 2,8 milhões, precisa ser empregada na aquisição de caminhões e demais equipamentos para perfuração de poços. Serão 108 assentamentos atendidos nessa iniciativa.
 
Outros R$ 5.184.308,00 são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Saneamento Básico. Esse montante vai ser depositado na conta do governo do Estado para empreendimentos nesta área.
 
Há ainda uma fatia de R$ 232.845,00 que precisarão ser empenhados em projetos de educação ambiental em diversos municípios.
 
As destinações dos recursos foram confirmadas pelo senador Waldemir Moka (PMDB), que conversou com o superintendente da Funasa no Estado, Marco Aurélio Santullo.
 
"Temos nos esforçado para a liberação de recursos que favoreçam a população e o Estado", afirmou Moka.
 
O governo federal pretende liberar também outros recursos para o Estado até quinta-feira (30), garantiu o senador, que é do mesmo partido do presidente Michel Temer. "Outros recursos deverão estar sendo liberados pelo governo, obedecendo à nova política pública de atendimento às reivindicações mais legítimas das bases estaduais", informou o senador, via assessoria de imprensa.
 
CIDADES
 
O também senador Pedro Chaves (PSC) garantiu que recursos de R$ 2.245.410,75 serão encaminhados à Funasa para obras na área de saneamento em Ladário, Jateí, Figueirão e Jardim.
 
Cada município tem cota diferente nos repasses. Ladário tem parcela de R$ 900 mil para receber; R$ 655.410,75 irão para Jateí (segunda parcela); Figueirão receberá R$ 390 mil (última parcela) e Jardim, R$ 300 mil (segunda parcela). O dinheiro servirá para  implantação e ampliação de rede coletora de esgotos, sistema de tratamento e ligações.
 
?É importante salientar que essas obras estavam paralisadas e aguardavam essas liberações para serem retomadas pelo governo do Estado, sendo que Figueirão será concluída e as demais ainda terão liberados mais uma parcela de mesmo valor?, explicou o senador.
 
As obras custam R$ 5,2 milhões em Ladário; R$ 2,8 milhões em Jateí, R$ 1,5 milhão em Figueirão e R$ 1,8 milhão em Jardim.
 
É notório que o esgoto a céu aberto ou até mesmo as fossas podem causar diversas doenças, além do prejuízo ambiental que causam, pois muito desse esgoto não tratado vai parar diretamente nos córregos e rios?, afirmou Pedro Chaves.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Estuprador que matou Kauã se apresentava às vítimas como professor

2
Aquidauana

Mulher tem celular furtado do bolso traseiro do short em Aquidauana

3
Aquidauana

Bandidos arrombam casa em reforma e furtam fios pela segunda vez

4
Aquidauana

Embriagado, interno do semiaberto desobedece e ameaça agentes penitenciários

Vídeos

PRF põe fim a sequestro, vítima estava em poder de menores

Equipe aquidauanense se prepara para o Rally dos Sertões

Sepultamento de Sophia Rondon

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,74m
Miranda
2,35m
Paraguai
4,62m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

A...

Raquel Anderson

Autômatos (in) finitos

Rosildo Barcellos

Heróis Brasileiros

Ver Mais Colunas
481710683