A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
23 de Março de 2017
Anuncie Aqui
8210

Funasa e Estado terão mais de R$ 8 milhões para saneamento

Pacote inclui perfuração de poços em 108 assentamentos

25 DEZ 2016 - 10h09min
Correio do Estado
Mais de 100 assentamentos em Mato Grosso do Sul devem receber melhorias, como perfuração de poços artesianos, a partir de 2017. A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) confirmou hoje a liberação de R$ 8.217.153,00 para obras de saneamento básico, perfuração de poços e projetos de educação ambiental no Estado.
 
Os valores estão divididos em projetos diferentes. Uma parte do investimento, R$ 2,8 milhões, precisa ser empregada na aquisição de caminhões e demais equipamentos para perfuração de poços. Serão 108 assentamentos atendidos nessa iniciativa.
 
Outros R$ 5.184.308,00 são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Saneamento Básico. Esse montante vai ser depositado na conta do governo do Estado para empreendimentos nesta área.
 
Há ainda uma fatia de R$ 232.845,00 que precisarão ser empenhados em projetos de educação ambiental em diversos municípios.
 
As destinações dos recursos foram confirmadas pelo senador Waldemir Moka (PMDB), que conversou com o superintendente da Funasa no Estado, Marco Aurélio Santullo.
 
"Temos nos esforçado para a liberação de recursos que favoreçam a população e o Estado", afirmou Moka.
 
O governo federal pretende liberar também outros recursos para o Estado até quinta-feira (30), garantiu o senador, que é do mesmo partido do presidente Michel Temer. "Outros recursos deverão estar sendo liberados pelo governo, obedecendo à nova política pública de atendimento às reivindicações mais legítimas das bases estaduais", informou o senador, via assessoria de imprensa.
 
CIDADES
 
O também senador Pedro Chaves (PSC) garantiu que recursos de R$ 2.245.410,75 serão encaminhados à Funasa para obras na área de saneamento em Ladário, Jateí, Figueirão e Jardim.
 
Cada município tem cota diferente nos repasses. Ladário tem parcela de R$ 900 mil para receber; R$ 655.410,75 irão para Jateí (segunda parcela); Figueirão receberá R$ 390 mil (última parcela) e Jardim, R$ 300 mil (segunda parcela). O dinheiro servirá para  implantação e ampliação de rede coletora de esgotos, sistema de tratamento e ligações.
 
?É importante salientar que essas obras estavam paralisadas e aguardavam essas liberações para serem retomadas pelo governo do Estado, sendo que Figueirão será concluída e as demais ainda terão liberados mais uma parcela de mesmo valor?, explicou o senador.
 
As obras custam R$ 5,2 milhões em Ladário; R$ 2,8 milhões em Jateí, R$ 1,5 milhão em Figueirão e R$ 1,8 milhão em Jardim.
 
É notório que o esgoto a céu aberto ou até mesmo as fossas podem causar diversas doenças, além do prejuízo ambiental que causam, pois muito desse esgoto não tratado vai parar diretamente nos córregos e rios?, afirmou Pedro Chaves.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Equipes dos bombeiros e Exército vão trabalhar até sexta-feira e depois dependem de decisão do comando

2
Geral

Apresentadora deixa calcinha à vista em telejornal

3
Policial

Preso homem que pode estar ligado a vários furtos em Aquidauana e Anastácio

4
Entretenimento

Jiboia é capturada em tanque de combustível de moto no Pantanal

Vídeos

Criança ainda está desaparecida nas águas do Aquidauana

Incêndio em residência em Anastácio

Lançamento de Obras em Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,59m
Miranda
2,0m
Paraguai
1,10m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

A...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: MEIAS PALAVRAS

Raquel Anderson

Feminice!

Ver Mais Colunas
472810567